Fundação Cidade das Artes

Memória

Memória

A Fundação Cidade das Artes é um espaço concebido para abrigar múltiplas atividades artísticas, como exposições, apresentações de dança, teatro e música. Este complexo cultural também é utilizado para palestras, oficinas, congressos, conversas com autores, lançamentos de livros e outras atividades de formação cultural e artística.

Eventos Passados

Bate Papo com Roberto Menescal | A Bossa do Rio 01/03 Arte e Conhecimento No dia do aniversário da cidade do Rio de Janeiro, 1 de março, Roberto Menescal - um dos maiores ícones da Bossa Nova - fará um Bate Papo sobre “A Bossa do Rio”, aberto ao público e gratuito, na Sala de Leitura da Cidade das Artes, às 15h. O mestre, no auge dos seus 86 anos de idade e mais de 65 anos de profissão, está empolgado com a adesão do público ao seu show no Teatro de Câmera, do próximo dia 29 de fevereiro, também na Cidade das Artes, e aceitou o convite do espaço das Artes para se encontrar com fãs, jovens estudantes e apreciadores do movimento e falar sobre a Bossa Nova que começou no Rio e até hoje inspira todo o mundo. Com a mediação de sua empresária, Giselle Kfuri, Roberto Menescal vai falar sobre como o movimento começou no final da década de 50, a importância da cidade do Rio como inspiração das composições e revelar algumas histórias ainda não conhecidas pelo público. “Quero também contar como compus os meus clássicos e até hoje componho novas músicas inspiradas na cidade maravilhosa, e falar um pouco sobre o sucesso da bossa nova no exterior e a imagem do Rio que as composições levam para todos os cantos do mundo. Levarei meu violão também!”, revela bem empolgado Roberto Menescal. O bate papo dura uma hora e será aberto para perguntas da plateia. [+] saiba mais Felicidade Feminina | Bate-papo 29/02 Arte e Conhecimento Tema: Seja você líder da sua Felicidade: liderança feminina Será um evento com enfoque na Ciência da Felicidade, trazendo ferramentas e práticas para o autoconhecimento e desenvolvimento da felicidade feminina Maria Albuquerque Empresária, palestrante, treinadora de vendas e liderança, especialista em ciência da felicidade e psicologia positiva, seu lema: somos todos vendedores. Venda seus princípios e valores, suas ideias, seus sonhos lastreados na ciência da felicidade. Instagram: @mariaalbuquerque.oficial Marta Rossini Treinadora, mentora e coaching, esportista e especialista em comportamento e atitudes de alta performance e que nos levam para a felicidade. atitudes de alta performance e que nos levam para a felicidade. Instagram: @mmrossini           Erika Linhares Palestrante, executiva, autora e pedagoga especializada em comportamento dentro de organizações. Com mais de 25 anos de experiência no mercado corporativa, mais de 150 mil pessoas treinadas e mais de 200 empresas parceiras e treinadas. Instagram: @aerikalinhares   Pedrinho Salomão Palestrante, finalista do Prêmio Jabuti, autor de 4 livros, pensador e fundador da Radio Ibiza. Instagram: @pedrinhosalomao [+] saiba mais ISTO É BOSSA NOVA | Roberto Menescal e convidadas 29/02 Música Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura apresentam ISTO É BOSSA NOVA! Roberto Menescal recebe convidadas em show que celebra a Bossa Nova e o Rio de Janeiro “ISTO É BOSSA NOVA! Roberto Menescal e convidadas” comemoram os 459 anos da cidade do Rio de Janeiro, e os 65 da Bossa Nova. Roberto Menescal recebe Cris Delanno e Liah Soares na Cidade das Artes, no dia 29 de fevereiro (quinta-feira). “Bossa Nova e Rio de Janeiro são impossíveis de separar”, diz Menescal. “Grande parte das músicas desse show vai abordar a cidade”. Menescal tem parceria de quase 30 anos com Cris Delanno, fizeram discos, gravaram DVDs, viajaram juntos pelo Brasil e exterior, também com o Bossacucanova. “É uma cantora que amo. Tenho confiança total em qualquer das suas interpretações”, afirma Roberto. Já Liah Soares é uma descoberta recente de Menescal. “Conheci a Liah ano passado, produzi seu álbum em homenagem a Roberto Carlos. Ela é uma das melhores cantoras para trabalhar em estúdio de gravação.” A dupla ainda não se apresentou ao vivo; “E essa será a primeira de muitas outras vezes”, afirma Menescal. “É uma honra e imensa alegria estar num show onde celebramos o aniversário da cidade que escolhi pra viver e que me acolheu há mais de 17 anos,” diz a paraense Liah. “Celebrar a Bossa Nova, estilo musical que se mistura com a história da música brasileira e ainda estar ao lado de um dos seus pais, meu amigo e mestre que recentemente produziu meu álbum ‘De tanto amor’ com as canções emblemáticas do Roberto Carlos nessa onda de Bossa que amo tanto, é tudo de melhor! O Rio de Janeiro é a cidade que me resgatou para aquilo que sempre foi a minha vida, cantar. Descobri a poesia que mora aqui e estou muito feliz de fazer parte dessa grande festa, com certeza será uma noite memorável!”, revela Liah Soares. “Cantar com o Menescal é sempre maravilhoso! É certeza de que a música vai ser linda e com muito alto astral!”, fala sobre a apresentação, a empolgada Cris Delanno. [+] saiba mais A Mágica | Gabriel Montenegro 03/02 a 25/02 Outros Prepare-se para uma experiência única que desafia a imaginação e os limites da realidade! Já pensou em voar? Em se teletransportar? Em ler mentes? Agora é a sua chance de testemunhar o extraordinário no espetáculo mais esperado do ano: A Mágica! A Mágica, um espetáculo de ilusionismo inigualável, chega à América Latina para surpreender e encantar os espectadores. Este não é apenas um show, é uma jornada mágica criada pelo renomado ilusionista Gabriel Montenegro que a mais de 17 anos leva a mágica pelo mundo , após passar por séries de tv, novelas e programas de televisão Gabriel Montenegro se fez uma pergunta o 'que é a mágica? E a resposta está em seu novo espetáculo, que traz consigo mais de 30 Mágicas originais e inovadoras que desafiam a realidade. Em A Mágica, o público não é apenas um espectador, mas sim parte integrante do espetáculo criando uma experiência única e inesquecível. Um show intimista , A Mágica é mais do que um simples show, é a promessa de uma noite cheia de surpresas, emoções e, é claro, magia! Não perca a oportunidade de fazer parte desta experiência única. Venha assistir a Mágica e descubra um mundo onde tudo é possível. Reserve seu lugar e prepare-se para ser cativado por uma jornada mágica como nunca antes! [+] saiba mais Solidão | Roda de Conversa 24/02 Arte e Conhecimento Solidão nos dias de hoje: uma nova epidemia mundial Você sabia que, segundo a Organização Mundial da Saúde – OMS, estamos diante de uma epidemia silenciosa, que vem se alastrando? Estamos falando da SOLIDÃO. Diversos países já contam com Ministérios, Secretarias ou outros Órgãos específicos para a criação de medidas de combate ao isolamento social, que está atingindo pessoas de todas as idades, afetando significativamente o bem-estar e a saúde física e mental. Venha participar de uma Roda de Conversa que acontecerá no dia 24 de fevereiro às 14 horas, na Sala de Leitura da Cidade das Artes, que terá como anfitriã a psicóloga Andréa Cordoniz, para falarmos sobre a SOLIDÃO nos dias de hoje em que estamos cada vez mais conectados digitalmente e, muitas vezes, emocionalmente distantes. https://www.instagram.com/andreacordonizpalestrante/ [+] saiba mais Corpo Celeste Aquário | Yoga e Astrologia + Zenhood 18/02 Arte e Conhecimento   Tema: Aula de yoga com Astrologia Release das atividades com todas as informações: Aula de yoga com meditação e exercícios de respiração de em média uma hora e meia de duração onde as posturas de yoga estarão alinhadas com o movimento astrológico do mês de fevereiro   Abertura: Julyana Castro  Mini Bio: Professora de Vinyasa yoga formada pela escola MTVY, é estudante de astrologia pela escola URANTIAM.  Unindo essas duas paixões criou o projeto CORPO CELESTE, onde trará um aulão de yoga por mês em diferentes lugares do estado do Rio, em que as posturas e a energia da aula se conectem com o que está acontecendo no céu astrológico daquele mês. A comunicação sempre se dá de forma simples, com uma linguagem leiga e as posturas sempre com várias adaptações para que todos possam praticar. Dessa maneira, a meditação, as posturas, os chacras, as partes do corpo e órgãos trabalhados na aula se conectam entre esses dois universos do yoga e da astrologia e faz tudo ser ainda mais especial. No mês de fevereiro, será abordado o signo de aquário, tudo o que envolve esse signo e os trânsitos mais importantes do mês.    Instagram: @julyana.castro   Convidado:  Reila Amaral + Zenhood   Mini Bio: Reila é professora de Vinyasa e Yin yoga formada pela escola YYV. Acreditando que muitas das transformações que acontecem na nossa vida são consequências da conexão que criamos com o nosso corpo e mente, ela fundou a marca de produtos de yoga: zenhood. Unindo o amor pela pratica de yoga e produtos de qualidade, a zenhood tem como objetivo estar presente na vida dos praticantes proporcionando mais segurança, estabilidade, presença, conexão e inspiração. Em fevereiro o zenhood day faz um match perfeito com o projeto Corpo Celeste em uma experiência única!     Instagram: @reilaamaral @zenhood.br   [+] saiba mais Raízes da Crise Fiscal do Estado do Rio de Janeiro | Lançamento de livro 03/02 Arte e Conhecimento Neste livro, a autora traz importantes contribuições para o entendimento da configuração da crise fiscal do Estado do Rio de Janeiro por meio dos principais aspectos das finanças públicas que desencadearam a calamidade pública, no âmbito da administração financeira, fazendo o uso dos dados da arrecadação tributária e das receitas advindas de Royalties do Petróleo, e da trajetória do endividamento público apontando os inúmeros contratos de empréstimos, que apesar de serem utilizados em projetos de investimentos nas áreas de infraestrutura e de transporte, foram decisivos na expropriação de recursos para o funcionamento regular das políticas públicas. Assim, a autora elabora uma análise preliminar da crise fiscal por meio de fatores que balizam a estrutura das contas públicas. Este livro apresenta um estudo sobre as finanças públicas do estado do Rio de Janeiro focando a crise fiscal, a partir dos principais elementos que desencadearam os desequilíbrios financeiros que culminaram na impossibilidade de o estado ofertar os serviços essenciais à população fluminense. É desenvolvida uma análise da perspectiva histórica de modo a observar a trajetória da arrecadação e o nível de endividamento e como as flutuações da economia impactaram as finanças estaduais. [+] saiba mais Língua Viva 2024 | Onde está o pai: no social e no inconsciente? 31/01 Arte e Conhecimento O projeto Língua Viva busca ser um ponto convergente entre linguagem, psicanálise e processo criativo. A cada encontro os psicanalistas Marília Flores e Abílio Ribeiro desenvolvem um aspecto especifico da nossa língua.  A arte intriga, faz enigma e provoca.  À luz da psicanálise serão comentados ângulos e caminhos em torno do ato de criação e da experiência de fruição da arte, tanto para o artista quanto para o espectador/leitor. [+] saiba mais A Série B - Dihh Lopes e Marcio Donato 28/01 Outros SÉRIE B O que fazer quando você faz parte do maior grupo de Stand-up Comedy do Brasil, mas o seu show solo não faz o mesmo sucesso? Você une forças como estão fazendo Dihh Lopes e Márcio Donato com seu novo show, Série B. Os dois integrantes do 4 Amigos se juntam para contar histórias de suas vidas, bastidores do grupo e zoar ainda mais Afonso e Thiago, os denominados “série A”. Um show muito divertido com histórias nunca antes contadas no palco, em uma dinâmica que vai entreter a plateia durante a 1h de duração do espetáculo. [+] saiba mais Tereza, Caçadora de Tesouros | Contação de história 28/01 Arte e Conhecimento Venha curtir com a gente um domingo de contação de história:  papo sobre a criação do livro, a inspiração da autora, sua maternidade e sua filha Tereza.   SOBRE O LIVRO Uma menina autorizada na grande aventura de experimentar a vida integrada a natureza. Com o olhar ressignificante para o mundo, essa especie de pirata aventureira gira na descoberta do verdadeiro tesouro. Estar aqui a procura. Autora: Carol Machado Ilustrador: Maureen Miranda SOBRE A AUTORA Atriz e Bailarina licenciada em Dança pela Faculdade Angel Vianna. Preparadora e pesquisadora do corpo à mais de 25 anos, Carol é facilitadora de Acrobacia aérea, yoga e  terapia pelo movimento. A Comédia Del’ Art, o estudo da Dramaturgia Teatral Universal e de seus grandes autores, o Butoh, o jogo da máscara e sua ampla experiência no teatro, são vivências constantes e definidoras de sua principal formação como artista. Começou profissionalmente aos 12 anos no teatro com o "Menino Maluquinho" direção de Demétrio NiIcolau. De lá para cá esteve em vários espetáculos teatrais como: O Atheneo, direção Carlos Wilson, Confissões de Adolescente, direção Domingos de Oliveira e foi a Anne Frank em O Diário de Anne Frank em uma co-produção holandesa com a Anne Frank House. Escreveu e atuou em Duas Mãos com direção de Demétrio Nicolau, com o qual foi indicada como Atriz e Autora nos Prêmios Shell e Coca –Cola, foi a Esmeraldina de Arlequim servidor de dois patrões com direção de Luiz Arthur Nunes e o acrobático e intelectual macaco Alan da A Turma do Pererê com direção Tim Rescala. Ganhou o Prêmio Zilka Sallaberry de Melhor Atriz de 2007 com a personagem Branca Maluca de Êta Seu Bonequeiro com a Companhia de Acrobacia Aérea Nós Nos Nós . Atuou em O homem da Cabeça de Papelão de João do Rio com direção de João Batista e ainda Caidaça" em 2008. Entre 2009 e 2010 atuou em Mistério Bufo de Maiákovski com direção de Claudio Baltar e Fabio Ferreira, seguindo com os mesmos, o trabalho da Cia Bufo Mecânica que em 2011 apresentou o projeto “Ricardo III: Penso Ver o que Escuto” e em maio de 2012 esteve com “Two Roses for Richard” dentro do World Shakespeare Festival em Londres e Stratford-Upon-Ave, Inglaterra. Participou de muitas criações de textos literários para o teatro como o projeto “Na Praia” e o espetáculo “Casa 27”. Em 2013 apresentou a criação coletiva “Zumbi, um sonho de revolução” para o Leicester Dance Festival também na Inglaterra. Em 2014 participou do processo de criação e atuou no espetáculo "Ana, Ensaios sobre o tempo e o Vento, espetáculo esse com Música, Dança e Teatro. Viajou com o  espetáculo “ Antes que tudo acabe “ com direção de Renato Rocha para o Festival Home Away 2016 produzido e encomendado pelo Teatro Nacional da Escócia, onde apresentam essa criação em Glasgow, Escócia. 2017 esteve em “Passional” com direção de Renato Livera. E de la pra cá protagonizou “Ouvi Dizer que a vida é Boa” de João Batista entre 2018 e 2020. Recentemente esteve em “ Ah se la Fontaine estivesse aqui, a Cigarra e a Formiga”, e “ Suspeitos”, de Denise Crispum, em versões online e presenciais pós pandemia. Carol Machado é conhecida por trabalhos expressivos na tv, entre eles: Top Model, direção Roberto Talma, Vamp, direção Jorge Fernando, Perdidos de amor, direção Ivan Zettel e ainda a croata Vitza de  A lua me disse de Miguel Fallabela. Participações: A vida como ela é direção de Daniel Filho, O Sítio do Pica Pau amarelo, direção de Cininha de Paula, Sob nova Direção direção Mauro Farias, A Grande Família; direção Maurício Farias e nos programas de Casos e Acasos com direção de Carlos Milani. Integrou o elenco das temporadas da série Aline com direção de Maurício Farias. Recentemente esteve no seriado para o GNT e co produção Conspiracão filmes “Odeio Segundas” . No Cinema, os principais trabalhos são: Quem matou Pixote? direção José Joffily e o curta " A solidão dos dias difíceis, direção de Eduardo Ramos. [+] saiba mais Trilogia Grande Sertão: Veredas 13/01 a 27/01 Teatro  Trilogia Grande Sertão: Veredas chega à Cidade das Artes A obra-prima "Grande Sertão: Veredas" de João Guimarães Rosa ganha vida nos palcos da Cidade das Artes - Sala Eletroacústica, em Janeiro de 2024,  pelas mãos do diretor e ator Gilson de Barros. Este projeto, indicado Prêmio Shell Rio 2023 nas categorias de Melhor Dramaturgia e Melhor Ator. Gilson de Barros apresentará as duas primeiras peças da trilogia, começando com "Riobaldo" nos dias 13, 20 e 21 de janeiro, às 20h, seguido por "O Diabo na Rua, no Meio do Redemunho" nos dias 14, 21 e 28 de janeiro, às 19h, na Sala Eletroacústica da Cidade das Artes. A direção, a cargo do premiado Amir Haddad.  Publicado em 1956, "Grande Sertão: Veredas" revolucionou a literatura brasileira ao explorar a linguagem popular e oferecer uma perspectiva única do sertão. João Guimarães Rosa mergulha nas profundezas da alma humana, utilizando a riqueza e ousadia da língua para discutir aspectos metafísicos do homem de forma universal.  A "Trilogia Grande Sertão: Veredas" teve sua estreia com a peça Riobaldo em março de 2020, no Espaço Cultural Sérgio Porto, mas teve sua temporada cancelada uma semana depois devido à pandemia. Apesar disso, manteve uma conexão com o público por meio de lives entre ator e diretor, tornando-se pioneira nas apresentações virtuais. Em 2021, retomou suas temporadas presenciais em locais como a Casa de Cultura Laura, em Ipanema, a Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, e o Teatro Gláucio Gil, em Copacabana.  No ano seguinte, em 2022, iniciou uma turnê pelo país, passando por São Paulo, Belo Horizonte (na Biblioteca Pública do Estado) e cidades mineiras do Circuito Guimarães Rosa, além de percorrer bairros da cidade de São Paulo e 18 cidades do interior, encerrando o ano em Brasília. Em 2023, a trilogia retornou a Belo Horizonte (no Palácio das Artes) e realizou novas temporadas em São Paulo, Porto Alegre e Florianópolis, sempre muito bem recebido pelo público.  Em abril de 2023, estreou no Rio de Janeiro a segunda parte da Trilogia, intitulada "O Diabo na Rua, no Meio do Redemunho". Em maio, a peça teve uma temporada em São Paulo, passando por Campinas e outras cidades do interior paulista, assim como Porto Alegre, Belo Horizonte e Florianópolis. O espetáculo continuou a receber uma excelente recepção do público ao longo dessas apresentações. Para 2024, o projeto embarcara nos países da Europa, Portugual, França e Alemanha. SINOPSE  Riobaldo Personagem central do romance Grande Sertão: Veredas, de João Guimarães Rosa, o ex-jagunço Riobaldo relembra seus três grandes amores: Diadorim, Nhorinhá e Otacília. O incompreendido amor por Diadorim, o amigo que lhe apresentou a vida de jagunço e lhe abriu as portas do conhecimento da natureza e do humano, levando-o ao pacto fáustico; o amor carnal e sem julgamentos pela prostituta Nhorinhá; e o amor purificador por Otacília, a esposa, que o resgatou do pacto fáustico e o converteu em ‘homem de bem’. O Diabo na Rua, no meio do Redemunho  Riobaldo, um ex-jagunço, hoje um velho fazendeiro, conversa com um interlocutor (o público). Nesse encontro, cheio de filosofia, ele conta passagens de sua vida e reflete sobre a dialética: bem e mal, Deus/diabo.  Na juventude, por amor a Diadorim, e para conseguir coragem e força, fez o que julga ser um pacto fáustico. Durante a narrativa, o personagem se vale de várias histórias populares, para questionar: “o diabo existe?”. [+] saiba mais A Ponte de Juca | Lançamento de livro 27/01 Arte e Conhecimento SOBRE O LIVRO Juca é um jabuti simpático e amigável. Ele adora passear na floresta e admira o talento dos outros animais. No entanto, Juca não se acha talentoso e se sente triste por não ter nenhuma habilidade. Com ajuda de Nino, seu amigo sapo, Juca explora a floresta em busca do seu próprio talento. O lançamento do livro “A ponte de Juca” da Autora Amanda Carlou será realizado em comemoração à inclusão. Esse é o quinto livro infantil da autora e o evento está recheado de atividades e surpresas para divertir as crianças nas férias escolares. SOBRE Amanda Carlou - Professora e Pedagoga - Doutora em Educação e Especialista em Atendimento Educacional Especializado. - Idealizadora do projeto “Autismo: rodas de conversas” [+] saiba mais Black Chamas | Roda de Conversa 27/01 Arte e Conhecimento Tema: Black Chamas - Nós existimos, nos vemos, nos ouvimos, nos admiramos, somos potência e a transformação pelo afeto e representatividade O Black Chamas é um movimento que exalta e honra a força da ancestralidade de pessoas negras, buscando avançar de maneira estruturada no combate ao racismo. O evento será destinado a empoderamento e acolhimento do nosso povo. O coletivo já foi realizado diversas vezes em São Paulo e inicia suas atividades no Rio de Janeiro a partir deste sábado (02/9). Faremos uma roda de conversa e acolhimento. Somos um movimento que se interessa em ouvir e abraçar uns aos outros, porque a luta é coletiva. Juntos somos capazes de ressignificar as dores, transformando-as em oportunidades para um avanço mais rápido e consistente. Palestrantes Diego Rita - Consultor de Empresas e Negócios Denner Silva - Filmaker, Fotógrafo e Designer Contatos do grupo Black Chamas Claudia Paula (11) 94548-8286 Fernanda Adão (11) 97045-4259 Philippe Bernardo (21) 98257-5988 Cleber (21) 99059-9992 Lielton (21) 998721-4078 Matheus (21) 98161-1476 Ernandes (21) 98586-0749 Hellen (21) 97019-9009 Stephanie (21) 96488-1470 Amanda (21) 96576-6757 clebmatos0@gmail.com mbaziliopereira@gmail.com Rede Social Instagram: @black_chamas [+] saiba mais Colônia de Férias Literária | 23 a 25 janeiro 23/01 a 25/01 Arte e Conhecimento 23/01 | Jacks Jacaré e o destino do Rio Paraíso Autor: Patricia Bahiense / Ilustrações: Patricia Bahiense  Jacks Jacaré vivia no Rio Paraíso, tranquilamente, com os seus amigos. Até que pela ação humana, foi lançado um feitiço contra ele, que então busca ajuda com a Fada do Rio Paraíso e com as crianças ao redor. Oficina: Contação de história com fantoches 24/01 | Confusões no Museu Autor: Silvia Castro / Ilustrações: Jac Azulita / Editora: Ogro Confusões no Museu homenageia o Museu Nacional cujo incêndio impactou a cidade do Rio de Janeiro, o Brasil e o mundo, no ano de 2018. Muitas peças se foram, mas as histórias permaneceram e são apresentadas neste livro de forma lúdica e surpreendente para que permaneçam para sempre. Uma forma de nos unirmos ao projeto museunacionalvive.org.br para que o Museu Nacional retorne em toda a sua potência. Oficina Literária: Conhecendo a cidade do Rio de Janeiro e produção textual. 25/01 | Cinco Fábulas da África Autor: Júlio Emílio Braz / Ilustrações: Gustavo Damiani / Editora: Ogro CINCO FÁBULAS DA ÁFRICA de Júlio Emílio Braz, publicado pela editora OGRO, uma avó conta aos seus netos cinco fábulas inspiradas em personagens tradicionais africanos. Cada história traz um ensinamento, numa verdadeira ode aos nossos ancestrais, uma homenagem que resgata personagens, narrativas e valores universais. Oficina: produção de Bonecas Abayomi. SOBRE OS AUTORES Patricia Bahiense Autora carioca, 47 anos, casada, com uma filha. Neste ano de 2023, comemora os 15 anos de seu primeiro personagem, Jacks Jacaré e para isso, resolveu lançar o volume 2, Jacks Jacaré e o Tesouro Perdido. Além do Jacks, ainda possui “Uma Historinha Torta”, que faz 7 anos no Dia das Crianças e “O segredo do teatro abandonado, lançado na Bienal do Livro em 2021. Seu 5° livro, “Histórias de uma tricolor de coração” chegou para confirmar o seu amor pelo tricolor carioca. Silvia Castro Silvia Castro é atriz, contadora de histórias, educadora, escritora. Formada em Letras pela UERJ, pós graduada em Literatura infanto juvenil pela UCAM, desenvolve atividades diversas nas áreas da leitura e produção de textos há mais de vinte anos. Ganhou moção honrosa na Câmara dos Deputados do RJ, quando Supervisora Pedagógica do Projeto Educativo do CCBB - Rio. Representou o Brasil em Cuba, México e Colômbia, narrando contos. Durante a pandemia, participou do festival Palabras ao Viento (online) - Colômbia (Santa Marta). Seu Programa SALA DE LEITURA DE PORTAS ABERTAS - Contação de Histórias, Mediação de Leitura, Entrevista com Autores, Música e Poesia ganhou o selo da Cátedra da UNESCO. Participou de festivais de Contação de histórias e feiras literárias dentro e fora do Brasil, a saber: FLIPS - Feira Literária de Paraíba do Sul; FLIR - Feira Literária de Resende; FLITI - Feira Literária de Tiradentes; Feira de Livros de Porto Alegre, com apresentação de atividades de contação de histórias, Oficinas Literárias e Seminário sobre o contar; FLIS - Feira Literária de Saquarema; FLIP - Feira Literária de Paraty; FLIQUA - Feira Literária de Quatis; Projeto LER - em todas as suas edições, entre outros. Também contou histórias e fez lançamento de seu livro A SEREIA DE COPACABANA, em alemão, na I-LIT, presencialmente, em Frankfurt, no ano de 2023. Participou do FECONTI - Festival de Contadores de Histórias do Balneário de Camboriú; do 12 ECOH - encontro de contadores de histórias em Londrina; do projeto "Mãos que tecem história" - encontro de contadores de histórias em Santa Catarina; do CARAVANA DA LEITURA e RECONTO - CADA UM NO SEU RECANTO projeto de contação de histórias idealizado por José Mauro Brant e Benita Prieto. Publicou seu primeiro livro: HISTÓRIAS DE HARMATÃ pela Editora Kimera, em 2019. O segundo livro - A SEREIA DE COPACABANA, editado pela editora OGRO (Editora do premiado autor Júlio Emílio Braz) traz à cena o protagonismo do meio ambiente, através da personagem que resolve cuidar do lixo que polui a bela praia de Copacabana. O livro já esteve em feiras literárias no Rio e fora da cidade. Em novembro de 2021, recebeu enorme destaque no PROJETO PÓLEM na Semana dos Contadores de Histórias, em Santos - SP. O terceiro livro CONFUSÕES NO MUSEU, que fala sobre o incêndio no MUSEU NACIONAL, em 2018 foi lançado pelo próprio museu em 2022. Ainda lançou o livro PERDIDINHO em parceria com o autor Júlio Emilio Braz, também pela OGRO. Silvia é ainda integrante do grupo MAMI - movimento artístico de música para a infância RJ. Seu projeto "IPIRUNGAUA - NO PRINCÍPIO" foi premiado no Edital Cultura Presente nas Redes - Sesec - RJ (2020). Participa de atividades diversificadas da REDE SESC há mais de vinte anos. No ano de 2023 recebeu o prêmio BAOBÁ, no Ceará por seu destaque em ações de contação de histórias e formação do leitor de mundos. A artista acredita no poder transformador das palavras. Júlio Emílio Braz Autor de livros infantis e juvenis há mais de quarenta anos, tendo quase duzentos livros publicados. Tornou-se Escritor profissional por acaso: desempregado, por intermédio de um amigo do irmão, foi parar na antiga editora Vecchi onde estreiou como roteirista de histórias em quadrinhos das publicações de terror da editora. Posteriormente, escreveria quadrinhos também para editores em São Paulo e para a editora Rio Grafica (hoje Globo), e em países como Estados Unidos, Bélgica, França, Portugal e Holanda. Mais adiante escreveria livros de bolso de bang bang para as editoras Monterrey, Cedibra e Nova Leitura num total de 412 títulos sob 39 pseudônimos. A estreia na literatura infanto-juvenil se deu com o livro “Saguairu “, publicado pela Atual Editora Ltda em 1988 e ganhador do Prêmio Jabuti de Autor Revelação em 1989. Outras premiações importantes do autor ocorreram no ano de 1997, quando a tradução de seu livro “Crianças na Escuridão “ para o alemão ganhou prêmios na Alemanha (menção honrosa no Prêmio de Literatura Infanto-juvenil do Escritório de Assuntos Estrangeiros no Senado Alemão em Berlin), Na Áustria (Austrian Children Books Award) e Suíça ( Blaue Brillenschlangue). Atualmente tem livros puxem português, alemão, italiano, espanhol, inglês, dinamarquês e vlamish. [+] saiba mais Arte Alerta VII | Exposição e Oficina 04/01 a 23/01 Artes Visuais Cidade das Artes abre o calendário de exposições de 2024 Projeto Arte Alerta chega à sétima edição com obras de 19 artistas plásticos sobre a degradação ao meio ambiente A Cidade das Artes Bibi Ferreira, na Barra da Tijuca, abre o calendário de exposições de 2024 com o projeto Arte Alerta VII que reúne obras de 19 artistas plásticos do Atelier Baluarte (RJ). Criada com o intuito de reunir vários talentos da arte na nobre causa de alertar as pessoas sobre a degradação provocada pelo ser humano ao meio ambiente, a exposição fica aberta ao público, de 4 a 23 de janeiro, na Galeria II deste espaço cultural, vinculado à Secretaria Municipal de Cultura. Desenvolvido pela artista plástica Lesiane Lazzarotti Ogg, o projeto exibe pinturas com diferentes mensagens sobre a sensível questão da preservação do nosso entorno, questionando nossa postura em relação a natureza e a vida. A proposta é plantar uma semente nas novas gerações e conscientizar sobre a preservação do planeta e de nossas próprias ações predatórias. Os artistas Além das pinturas, serão oferecidas ações de arte-educação para inserir o público na mostra, convidando os visitantes a produzirem arte e a interagirem a partir dos trabalhos manuais orientados pelos monitores. A exposição se completa com o videoarte “Alma da Mata”, assinado pelo curador Luiz Badia, onde a pintura, filmagem e música são mesclados de uma forma lúdica e a natureza se torna a protagonista. A iniciativa tem como diferencial a comunicação e integração com o público, principalmente com as crianças, para promover a reflexão, a fim de que surjam novas atitudes, engajamentos e movimentos positivos para uma convivência saudável do ser humano com a natureza e a sociedade. O Arte Alerta é uma manifestação de amor e carinho com o planeta Terra tão ameaçado pela ação irresponsável do ser humano. [+] saiba mais Yoga com Piquenique 20/01 Arte e Conhecimento Aula de Yoga gratuita nos Jardins da Cidade das Artes com Piquenique opcional na sequência. Quem ficar para o Piquenique, deve trazer algo para comer e beber para o café da manhã colaborativo. Marcela Muniz é instrutora de Yoga desde 2019, formada pela Yin Yang Vinyasa School, com especializações em Yin Yoga e Oss Yoga. Também é instrutora de Budokon Yoga, certificada pela Budokon University. [+] saiba mais Leitura do Julgamento do Zé Bebelo, Grande Sertão: Veredas | Roda de Conversa 20/01 Arte e Conhecimento Leitura do “Julgamento de Zé Bebelo” e roda de conversa sobre Guimarães Rosa " Com o julgamento de Zé Bebelo, os jagunços deixam de obedecer as leis do sertão, distanciando-se, assim, das suas práticas habituais de justiça privada - que é pautada em uma lógica instintiva de solução de conflitos, ou seja, na lei do mais forte (é matar ou morrer)..." Gilson de Barros é um ator, diretor e gestor, bacharelado em artes cênicas pela UNIRIO. Vencedor do prêmio de Melhor Ator no Festival Interregional de Teatro do Rio – 1982 e do Festival de Teatro – SATED/RJ – 1980. Com diversas atuações no teatro, participações em TV’s, longa metragens e séries, além de dirigir diversas peças e atuar na gestão de grandes complexos culturais. Gilson estará em cartaz na Cidade das Artes em Janeiro, com a trilogia "Grande Sertão: Veredas" e, no dia 20, antes de sua apresentação com “Riobaldo”, fará a leitura do maior julgamento literário da história: “O julgamento de Zé Bebelo”, seguindo para uma roda de conversa sobre o poeta João Guimarães Rosa. [+] saiba mais Colônia de Férias Literária | 16 a 19 janeiro 16/01 a 19/01 Arte e Conhecimento Formação do leitor de mundos A proposta é apresentar a cada dia uma contação de histórias e/ou mediação de leitura da obra do autor Júlio Emílio Braz e Silvia Castro e depois potencializar nos participantes a sua criatividade, através de oficinas literárias ligadas ao tema do livro. [+] saiba mais Boa Noite, Moço! As Marias 06/01 a 07/01 Teatro Espetáculo “Boa noite, moço! As Marias” estreia na Cidade das Artes em janeiro Peça teatral reconstrói experiências passadas por meio da ancestralidade de três pombagiras e seus enfrentamentos à violência e intolerância Este projeto recebe o fomento da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e da Secretaria Municipal de Cultura, por meio do Programa de Fomento à Cultura Carioca - FOCA. Personagens transmutadas a partir da imagem mitológica, muitas vezes demonizada, as pombagiras nos ritos afro-brasileiros trazem a ancestralidade de mulheres que romperam padrões impostos pela sociedade, sempre em busca do que acreditavam e desejavam viver. No espetáculo musical “Boa noite, moço! As Marias”, a pesquisa histórica de três mulheres é trazida pela singularidade de suas ações e persistência diante dos julgamentos sociais sofridos, além de motivar a busca pela liberdade. Será por meio do aconselhamento dado a um homem, repleto de conflitos emocionais e indecisões, que elas demonstrarão suas experiências de vida e capacidade de superação. A peça, com únicas apresentações nos dias 6 de janeiro, às 20h; e 7 de janeiro, às 19h, na Sala Eletroacústica, na Cidade das Artes, reúne em seu elenco nomes como o da atriz, cantora e compositora Luellem de Castro, com trabalhos em Malhação - Vidas Brasileiras (TV Globo), Reality Z (Netflix) e Encantados (Globoplay). E também do ator, cenógrafo e artista plástico Társo Gentìl; da atriz, cantora, compositora e dubladora, Mariam; da cantora e atriz Priscila Araújo; e da atriz, escritora, diretora de teatro, roteirista, professora e pesquisadora em Artes Cênicas, Débora Almeida. O espetáculo tem a direção do dramaturgo Hudson Batista e da Direção Geral de Emanuele Sanuto. Na trama são encenados, coreografados e cantados momentos representativos das histórias vividas por estas mulheres que marcaram suas épocas em vida. Uma abordagem que vai além dos cultos nos terreiros e manifestações religiosas. Dividido em três atos, o enredo se passa com a trajetória da vida de Cristina que um dia, ao acordar, percebe que foi abandonada por seu marido, Joaquim. Desde então ela passa por diversas dificuldades, como a descoberta de fraudes nos negócios do marido e até uma amante. É quando encontra na Tenda Espírita Pedra de Oxum uma oportunidade de recomeçar sua vida. Naquela mesma noite, Joaquim sofre um acidente de carro. A partir daí, uma nova vida se inicia. [+] saiba mais Ciranda de Mamutes | Lançamento de livro 06/01 Arte e Conhecimento SOBRE O LIVRO Um pai machista e opressor, uma mãe submissa e fiel, refém de uma dívida de gratidão. Um irmão caçula dividido entre o peso de atender às expectativas paternas de masculinidade e seus próprios anseios. Um segredo devastador escondido no passado. No centro desse rodamoinho, Amanda Júlia, uma adolescente curiosa, intensa, mística e criativa, lutando pelo direito de existir-se mulher. Esse é o tecido no qual se desenha a trama de “Ciranda de mamutes”. O resultado é um bordado feito de labirintos existenciais, descobertas, implosões e reinvenções. Um livro sobre os desafios e malabarismos necessários para se habitar as brechas dos padrões instituídos. Conflitos familiares e geracionais. Tensões, angústias, crises e anseios da adolescência. Violência doméstica, opressão machista, enfrentamento, resistência e superação são temas que dançam nessa ciranda de mamutes. SOBRE A AUTORA Soraya Jordão é psicóloga e escritora. Nasceu no Rio de Janeiro em 1968, sob o signo de Virgem. Durante a pandemia, descobriu seu interesse pela escrita. É autora do e-book de contos “Histórias que contei pra Lua”, publicado pela Amazon, em 2022. No mesmo ano, publicou o livro infantil “O plano do tomate Tomé”, pela editora Itapuca. Foi finalista do concurso Poeta Saia da Gaveta do Verso Falado (2021) e do concurso de crônicas do Instituto Fome Zero (2022). Recebeu menção honrosa no Concurso Literário Relâmpago Virtual, da FALARJ, em 2023. Escreve para os sites Crônicas Cariocas e Crônica do Dia. [+] saiba mais
123456