Fundação Cidade das Artes

Programação » O Dia Seguinte | Exposição

Evento Encerrado

O Dia Seguinte | Exposição



RIO DE JANEIRO RECEBERÁ EXPOSIÇÃO INTERATIVA SOBRE EMERGÊNCIA CLIMÁTICA E FUTURO DAS CIDADES

Objetivo da exposição é mostrar as possibilidades de futuro para as cidades e a importância do combate ao aquecimento global e seus efeitos.

Em cartaz de 10 de outubro a 10 de novembro na Cidade das Artes, a exposição O DIA SEGUINTE oferece ao público uma experiência imersiva nos efeitos das mudanças do clima e nas consequências e oportunidades que elas oferecem para as cidades. Visitantes de todas as idades são conduzidos por um conjunto de espaços lúdicos, sensoriais e interativos que contam a história dos centros urbanos, as características da emergência climática e a necessidade de construir um novo futuro, com cidades mais inclusivas e sustentáveis. Inteiramente gratuita, a mostra é uma produção da empresa carioca Na Boca do Lobo e tem patrocínio Master da Uber e Prata das Lojas Americanas, captados com recursos da Lei de Incentivo à Cultura.

A exposição ocupa mais de 700 metros quadrados da Cidade das Artes, divididos em dois pavimentos. O DIA SEGUINTE é resultado de dois anos de pesquisa e mapeamento dos cenários possíveis, e leva o público a vislumbrar todas as possibilidades de futuro para as cidades. O foco nos centros urbanos se justifica pelos números: apesar de ocuparem apenas 2% da superfície terrestre, elas concentram 80% do PIB Global e são responsáveis por cerca de 70% dos gases de efeito estufa global, consomem mais de 60% da energia gerada e produzem 2/3 do lixo do planeta. Projeções das Nações Unidas mostram que, em 2050, 7 bilhões de pessoas viverão nesses espaços, o que demandará 35% mais alimentos, 40% mais água e 50% mais energia. O futuro do planeta depende das soluções que as cidades encontrarem para estes problemas.

As Cidades Possíveis

O DIA SEGUINTE é uma experiência de imersão nos impactos das mudanças do clima nas cidades e na vida das pessoas, além de uma reflexão sobre oportunidades para um futuro de baixo carbono e de uma vida mais justa e equilibrada, com cidades sustentáveis e inclusivas para todos.

A exposição conecta temas aparentemente distintos, mas sempre relacionados à crise climática. A palavra “crise”, por sinal, ficou ultrapassada: a expressão mais usada por cientistas em todo o mundo passou a ser emergência climática. Em outubro de 2018, o IPCC (Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas) fez o alerta: a janela de tempo para limitarmos o aquecimento global em 1,5ºC, nos termos do Acordo de Paris, é de apenas 12 anos.

E qual o papel das cidades nessa história? “As cidades são causa, sofrem as consequências e podem ser a solução para o enfrentamento realista e urgente das mudanças do clima. A ciência nos mostra que os eventos extremos podem se tornar frequentes. Como o assunto é complexo, desenvolvemos uma exposição sensorial e de imersão para demonstrar que o clima se relaciona diretamente a tudo o que nos importa: saúde, educação, igualdade de gênero, redução da desigualdade social, construção civil, infraestrutura e saúde. A palavra de ordem deve ser transformação, para cidades justas, inclusivas e sustentáveis”, diz Felipe Lobo, co-criador da exposição.

A mostra tem um efeito mobilizador. "Nós entendemos o impacto que a Uber tem na vida das pessoas e também na vida das cidades. Só no Brasil, são mais de 600 mil motoristas parceiros que usam a Uber como opção de geração de renda e 22 milhões de usuários que escolhem a Uber para se movimentar. Para nós, apoiar projetos como O DIA SEGUINTE significa usar essa força da nossa plataforma para trazer uma contribuição relevante às cidades por meio da tecnologia", afirma Silvia Penna, Gerente de Operações da Uber. "Nossa visão de futuro para as cidades é que o negócio da Uber será muito mais do que conectar pessoas apenas a carros. Queremos que o app se torne uma plataforma onde o usuário possa escolher o melhor modal para seu deslocamento, incluindo transporte público, bikes ou patinetes", complementa Silvia.

O DIA SEGUINTE é uma grande reflexão sobre os impactos da ação humana no meio ambiente. A exposição traz para o presente as consequências do desenvolvimento insustentável e explora alternativas para o combate à mudança climática global, Objetivo do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU. Com o patrocínio ao evento, a Lojas Americanas e Americanas.com acreditam estar dando mais um passo importante na sensibilização para o tema e seus efeitos para as gerações atuais e futuras”, comemora Carlos Padilha, diretor de sustentabilidade das Lojas Americanas.

As cartas estão na mesa. Qual futuro queremos construir?

Como é a Exposição

O DIA SEGUINTE conduz o público por um caminho de mais de 700 metros quadrados, divididos em dois andares na Cidade das Artes. São seis módulos, com propósitos interligados:

[Bem-Vindos AO Dia Seguinte] – Espaço de boas vindas do público, no qual será possível passear por um piso interativo que mostra o acúmulo de plástico nas cidades e calcular a pegada de carbono durante um ano, e o que isso significa em número de árvores maduras para o planeta.

[Des]Ordem - Uma sala escura cerca o público com projeções em painéis de LED de imagens reais e sensações chocantes e até desconfortáveis dos efeitos dos eventos climáticos extremos - ondas de frio, calor, furacões, inundações, destruição. Tudo o que já acontece, mas pode vir a se tornar um novo e desastroso “normal” nas cidades do mundo.  

[Des]Humanidades - Quem são as vítimas de tanta destruição? Neste módulo, feito para sensibilizar, o público “conhece” pessoas reais que sofreram com a crise climática ao redor do globo. Um painel gigante e telas verticais ajudarão a contar as histórias dessas pessoas - que poderiam ser qualquer um de nós moradores de centros urbanos.

[Trans]Formação - Mas como chegamos a esse ponto? Animações combinadas em 2D e 3D contam a história da Terra, desde a Pangeia até hoje, e apresenta os impactos da ação humana sobre o planeta, até chegar às redes complexas que são as cidades atuais e as ameaças que pairam sobre elas com a emergência climática – além das oportunidades.

[In]Formativo - Para ajudar na compreensão, entre as salas do [Des]Humanidades e [Trans]Formação haverá um módulo de imersão, com painéis touch repletos de infografias interativas e jogos divertidos para que os visitantes se aprofundem mais no tema e possam antever tanto as previsões mais pessimistas dos cientistas para o futuro como visualizar os benefícios de adotarmos caminhos mais sustentáveis, além de soluções possíveis rumo a uma economia de baixo carbono. Cidades atuais que já são bons exemplos também ganham espaço, para mostrar que a transformação é viável. 

[R]Evolução - O último módulo da exposição traz uma mensagem de esperança. Como será a cidade do futuro com que todos sonhamos? Torres de LED mostrarão espaços muito mais organizados, limpos e habitáveis (como, aliás, algumas cidades do mundo já são), com prédios de jardins verticais, telhados verdes, energias renováveis, transportes públicos eficientes e compartilhados, saneamento básico universal, microclima equilibrado e tecnologias. Bons exemplos existem para ser compartilhados.

Holografias, óculos de realidade virtual, telas touch, um grande painel interativo de colorir e brinquedos, como dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, complementam a experiência educativa e lúdica da exposição O DIA SEGUINTE, que é aberta para toda a família e terá todas as emissões de gases de efeito estufa compensadas pelo Amigo do Clima, desde sua concepção até a desmontagem.

Festival

Informações Gerais

Datas

10/10 a 10/11

Horários

3ª a 6ª feira
(14h a 20h)
Sábados, Domingos e Feriados
(10h a 20h)

ENTRADA GRATUITA

Instagram
@odiaseguinte

Local

Cidade das Artes

Sala

Diversos Espaços

Site

ciadeborahcolker

Classificação Etária

Livre

Redes Sociais

ciadeborahcolker

Demais Eventos da Programação

Acompanhe nossa Programação On-line 17/04 a 28/12 Projetos CDA Você #ficaemcasa e a gente te entrega ao vivo: CULTURA, EMPREENDENDORISMO, CONHECIMENTO, ARTE, GASTRONOMIA, MÚSICA E MUITO MAIS.   Acompanhe a programação online que preparamos para você em nossas redes sociais: Facebook: cidadedasartes Instagram: cidadedasartes_ Twitter: fundcda Youtube: CidadedasArtes   Você é nosso convidado! Vem com a gente! [+] saiba mais FAÇA SUA DOAÇÃO - Drive Thru Social 22/04 a 30/06 Projetos CDA SUA CONTRIBUIÇÃO É UM PRATO CHEIO. A Cidade das Artes está realizando uma ação especial durante o período da quarentena: o DRIVE THRU SOCIAL. Você pode trazer as suas doações, e entregá-las sem sair do carro, todos os dias, próximo ao ponto de embarque e desembarque, das 10h às 18h. Participe doando: - Alimentos não perecíveis, - Água mineral, - Itens de higiene pessoal e, - Produtos de limpeza. As doações serão entregues às famílias do projeto Arte Vida Arte, da Cidade de Deus, que forma jovens de 7 a 14 anos por meio da educação pela arte.   Espalhe solidariedade! Não é por um, é por todos!   Para mais informações ligue 3325-0102.   [+] saiba mais Mart´nália Canta Vinicius de Moraes 15/08 Música NOVA DATA: Devido às medidas de prevenção e contenção ao contágio do novo CORONAVÍRUS, a Fundação Cidade das Artes, informa que o show “MART´NÁLIA CANTA VINÍCIUS DE MORAES”, que aconteceria no sábado, dia 16 de maio, tem nova data, dia 15 de agosto.   A partir de 21/03/2020 a Bilheteria da Cidade das Artes fecha por tempo indeterminado devido às medidas de prevenção e contenção ao contágio do novo CORONAVÍRUS. Dúvidas e informações relacionadas a ingressos, favor entrar em contato diretamente com a Ingresso Rápido.   SAC apenas whatsapp (11) 94925-7737 e-mail: sac@ingressorapido.com.br         Show homenageia o poeta, em única apresentação no dia 15 de agosto   Nada poderia representar melhor o coração inflamado do carioca do que unir Vinicius e Mart’nália. A cantora já gravou e interpretou nos seus shows muitas coisas lindas. E sempre cantou Vinicius de Moraes, sua paixão e eterno “poetinha”, que tem uma obra vasta e surpreendente. Sua mãe Anália, quando ficava brava mandava logo um vai pra “Tonga da Mironga”... E Martinho, seu pai, assovia canções dele o tempo todo. E foi assim que ela cresceu! Por isso mesmo, o CD escolhido e o show prazerosamente cantado é VINICIUS DE MORAES. O álbum foi produzido musicalmente por Arthur Maia (6 faixas) e Celso Fonseca (6 faixas), e acaba de ganhar o GRAMMY LATINO de 2019 de melhor disco de samba. O show tem direção geral de Marcia Alvarez e Mart’nália, e arranjos de Jorjão Barreto, que também participou do CD. A luz será assinada por Daniela Sanchez. No repertório, a cantora traz ainda outras canções já gravadas por ela, como: “Para que Chorar”, “Mulata do Sapateado”, “Tempo Feliz”, “Sei Lá - a Vida Tem Sempre Razão”, e outras mais... Enquanto isso, na plateia, o público poderá cantar e se emocionar!   “Mart’nália cantando VINICIUS na Lapa salva o BRASIL. Sabe Você, Chega de Saudade, Você e Eu, Canto de Ossanha, Eu Sei Que Vou Te Amar, Tarde em Itapuã, tudo em intensa beleza. Tão delicado e tão contundente! Música. Aconchego com a banda. Saudade de Arthur Maia transformada em felicidade eterna. Martina sambando! Sua irmã sambando! Cada fração de segundo é uma vivência de suingue e paixão. O Circo voou. O Rio se redimiu. O Brasil vai rolar. Grande artista é isso: refaz a realidade em suas profundezas. Mart’nália faz. Ela é. Carlos Lyra, Tom Jobim, Baden, Toquinho, todos os parceiros de Vinicius tiveram seu talento iluminado pela musicalidade natural, impensada, libertadora de Martina. Nós todos que pudemos estar lá reaprendemos a viver”. Caetano Veloso em seu Instagram, sobre o show do Circo Voador - Rio, realizado em 23 de agosto de 2019.   A BANDA: Mart’nália – voz e percussão; Jorjão Barreto – vocal e teclados; Humberto Mirabelli – violão e guitarra; Rodrigo Villa – contrabaixo; Flavio Santos – bateria; Macaco Branco – percussão; Analimar Ventapane – vocal.   [+] saiba mais