Fundação Cidade das Artes

Programação » Leréias | Teatro

Leréias | Teatro



“Se não fosse Valdomiro Silveira, não existiria Guimarães Rosa.” -Guimarães Rosa-

 

O espetáculo 

 

Jandir Ferrari se encontra com textos de Valdomiro Silveira, acompanhado de perto pela trilha composta pelo instrumentista, compositor e diretor musical Antonio Porto, emoldurados pela luz de Adriana Ortiz, sob a direção de Caio de Andrade.


Pedaço de Cumbersa, Força Escondida, Na Folha-Larga e Do Pala Aberto foram os quatro contos colhidos do livro Leréias – Histórias Contadas por Eles Mesmos, editado em 1945, onde sentimos a genialidade de Valdomiro Silveira através de histórias aparentemente confinadas ao universo regionalista que resultam numa literatura cosmopolita, contemporânea, repleta de elementos inusitados.  


Oferecer ao público um momento de encontro com a obra Valdomiriana, onde o ator balizado por quatro personagens do escritor recria uma atmosfera intimista, interiorana, para contar histórias extremamente fortes e surpreendentes. Antonio Porto também está em cena, ao lado de Jandir Ferrari, pontuando de forma integrada as inéditas composições que criou especialmente para a peça e que são tocadas ao vivo, pelos inúmeros instrumentos que o músico domina.


Caio de Andrade

 

O autor Valdomiro Silveira

 

No dia 11 de novembro de 1873, nascia em Senhor Bom Jesus da Cachoeira, Termo de Lorena, na então Província de São Paulo, Valdomiro Silveira ou Valdóro, como ficaria conhecido entre amigos e familiares.

 

Jornalista e escritor publicou quatro livros: Os Caboclos, Nas Serras e nas Furnas, Mixuangos e Leréias – Histórias Contadas por Eles Mesmos, o preferido de Valdóro, todo ele narrado saborosamente pelo próprio caipira.

 

Foi desse homem do campo, humilde, recolhido em sua roça distante e incompreendida, de fala própria, de comportamento e costumes surpreendentes que o grande homem de letras se ocupou. Tornou-se um grande nome da literatura nacional vinculada ao estudo do regionalismo paulista, entre outros destaques de peso como Monteiro Lobato e Cornélio Pires.

 

O autor Valdomiro Silveira

 

“VALDOMIRO é considerado um dos fundadores do regionalismo brasileiro. Notabiliza-se pelo fato de ter, nos contos sobre o mundo rural, o foco dirigido para o homem caipira. A natureza, os costumes, os valores, tudo o que compõe o universo cultural caipira emerge em sua inteireza através das emoções que sensibilizam a alma de um homem comum, só que pobre e habitante daquele mundo particular. Por isso como qualquer outro, recebe do autor um olhar que, em nenhuma circunstância, o ridiculariza ou o diminui, como acontece quando o personagem é o caboclo.“

Enid Yatsuda Frederico

 

“... VALDOMIRO optou pelo caminho mais áspero, que só um temperamento portador de desambição caipira podia tomar, utilizou o espírito da linguagem dialetal, de uma forma homogênea e global, não só quando falam as personagens regionais, mas quando a narrativa é feita pelo próprio escritor. Seus contos, pela estrutura, pelo ritmo, pelo tipo de construção frasal, pelas palavras, pela expressão, espírito e estilo, são elaborados e construídos com observância cuidadosa de estrutura de pensamento na cultura do homem-regional-rural, ou seja, do caipira.”

Bernardo Elis

 

Diretor Caio de Andrade


Dramaturgo, diretor e produtor, Caio de Andrade criou o Projeto História em Cena, no Centro Cultural Banco do Brasil (RJ), que levou milhares de estudantes ao teatro.

 

Na Inglaterra, teve encontros com instituições a área de teatro-educação e participou de festivais no Brasil, Áustria, Espanha, Argentina, entre outros.

 

Um dos profissionais mais atuantes e premiados da sua geração. Ganhador dos Prêmios Maria Clara Machado, Governo do Estado do Rio de Janeiro e indicado três anos consecutivos ao Prêmio Shell.

www.caiodeandrade.com.br

 

Ator Jandir Ferrari


Nascido em Presidente Prudente, interior de São Paulo , começou a trabalhar em teatro no ano de 1983 com a peça “O Guarani” de José de Alencar com direção de Carlos Wilson (Damião). A partir daí foram várias peças com direção do próprio Carlos Wilson e também Bernardo Jablonsky, Maria Clara Machado, João Bittencourt, Fernando Peixoto, Roberto Lage, Marcos Caruso, Luiz Artur Nunes, Guilherme Leme, Diogo Vilela, Paulo Biscaia entre outros. Seu mais recente trabalho em teatro, ainda em cartaz, é a peça “Cássia Eller – o musical” com direção de João Fonseca.

 

Ingressou na televisão em 1987 na novela “Mandala”, com direção de Ricardo Waddington, a partir daí foram vários trabalhos em novelas , minisséries e especiais. Destacam-se os sucessos “Rainha da Sucata” e “Deus Nos Acuda” como Gino (filho de D. Armênia) e ainda “A Padroeira”; “O Profeta” e  “Éramos Seis”.

 

Direção Musical Antonio Porto


Natural de Campo Grande (MS), Antonio Porto é instrumentista, cantor, compositor, arranjador e produtor musical.


Trabalhou e gravou no Brasil com artistas como Almir Sater, Renato Teixeira, Pena Branca e Xavantinho, Tetê Espíndola, Alzira Espíndola, Renato Braz, Paulo Simões, Bianca Gismonti e outros. No exterior com artistas como Alegre Correa, Hubert von Goisern, Timna Brauer, Eli Meire, Mohamed Mounir, Willy Sucher, Rubén Goldin e outros.


Tocou em Festivais de Jazz como Moutreaux, Wienner Jazz Festival, Red See Jazz Festival, Hildesheim, Paris, Saalfeldner Jazz Festival. Se apresentou em cerca de 40 países, entre eles: Áustria (onde viveu por 13 anos), Alemanha, Itália, França, Suíça, Espanha, Inglaterra, Senegal, Egito, Israel, Marrocos, Burkina Faso, Estados Unidos, Paraguai, Bolívia e Argentina.


Produz e compõe trilhas sonoras para filmes, propagandas e espetáculos teatrais.

 

 


Ficha técnica

 

Texto

Valdomiro Silveira

 

Direção

Caio De Andrade

 

Ator

Jandir Ferrari


Músico

Antonio Porto

 

Iluminação

Adriana Ortiz


Cenário

Polyana Zappa


Figurinos

Karine Andrade

 

Foto  e Projeto Gráfico

Juliana Vinagre


Produção

Vitor Zenezi e Alexandre Farias

Teatro

Informações Gerais

Datas

24/11 a 02/12

Horários

Sábado - 20h

Domingo - 19h

Local

Cidade das Artes

Sala

Eletroacústica

Classificação Etária

13 Anos

Preços

Inteira : R$ 30,00

Meia : R$ 15,00

Em caso de compra de ingresso pelo call center ou pelo site é possível escolher somente o setor que você deseja. O próprio sistema identifica as cadeiras livres no setor escolhido e emite os ingressos referentes aos lugares vagos. Comprando o ingresso diretamente na bilheteria da Cidade das Artes é possível escolher setor e cadeira.
Comprar Ingresso

Demais Eventos da Programação

Cursos 01/07 a 31/12 Cursos e Workshops TEATRO   O TABLADO | CURSO DE IMPROVISAÇÃO TEATRAL  Data:  05/03 a 19/12 Horário:  Segundas, Terças e Quartas Classificação Etária:  10 Anos Local:  Eletroacústica Para mais informações:  curso@otablado.com.br  -  secretaria@otablado.com.br  -  Fone: 2294-7847 ou 2259-7857 Saiba Mais   OFICINA DE TEATRO E VÍDEO Data:  05/05 a 06/10 Horários:  Sábado - 10h às 13h Classificação Etária:  9 Anos Local:  Cidade das Artes PREÇOS:  Valor Mensal: R$ 250,00 Saiba Mais DANÇA   CURSO DE DANÇA DE SALÃO Data:  06/09 a 13/12 Horário:  Quinta - 15h Classificação Etária:  Livre Local:  Sala de Dança Para mais informações e inscrições:  TL: 992626639 ou E mail: Eversoncosta@yahoo.com Saiba Mais MÚSICA   ESCOLA DE MÚSICA DA CIDADE DAS ARTES Data:  01/09 a 15/12 Horários:  Os horários dependem do curso desejado. Classificação Etária:  Livre Local:  Cidade das Artes Saiba Mais     OFICINA DE PERCUSSÃO DU RIO  Data:  02/08 a 13/12 Horário:  Quinta-feira  -  19h45 às 21h45  Classificação Etária:  12 Anos Local:   Sala de Ensaio 1 VALOR MENSAL: R$225,00 Saiba Mais   FOTOGRAFIA   CURSO DE FOTOGRAFIA Data:  14/08 a 30/10 Horário:  19h Classificação Etária:  Livre Local:  Sala de Leitura Fotógrafo:  Ariel Subira Inscrições para nova turma:  oficinadefotografiacda@gmail.com PREÇOS: Mensal: R$ 180,00 Saiba Mais     ESPORTE   PURA VIDA TRAINING - BY NIKE RIO  Data:  31/07 a 20/12 Horário:  Segunda a Quinta  -  Manhã 7h às 8h  |  Noite 19h30 às 20h30 Local:  Cidade das Artes GARANTA JÁ A SUA VAGA, CLIQUE AQUI Saiba Mais   [+] saiba mais Atividades gratuitas 01/07 a 31/12 Arte e Educação LIVRO E LEITURA   INTERLOCUÇÕES | PSICANÁLISE E LITERATURA Data:  02/02 a 28/12 Horário:  Sextas à 16h Classificação Etária:  16 Anos Local:  Sala de Leitura Saiba Mais     EDUCAÇÃO AMBIENTAL   EDUCAÇÃO AMBIENTAL | DESPERTAR AGROECOLÓGICO  Data:  01/08 a 20/12 Horário:   ** Data e Horário a definir no agendamento. ** Classificação Etária:  Livre Local:  Jardim Grupos interessados, favor entrar em contato para agendamento: saladeleitura.fca@gmail.com  ou pelo telefone 3325-044 Saiba Mais     CURSOS, OFICINAS E WORKSHOPS   AULAS DE YOGA Data:  06/06 a 12/12 Horário:  Quartas às 7h30 Classificação Etária:  Livre Local:  Praça Saiba Mais     PROJETO JOVENS MÚSICOS | NOVAS VAGAS Data:  14/08 a 15/12 Horários:   *Turmas às Terças: de 9h às 11h  *Turmas às Quintas: de 9h às 11h Classificação Etária:  10 a 17 anos LOCAL:  Cidade das Artes Para fazer sua inscrição acesse o link: https://goo.gl/forms/KmS6hQamAoRMwN4N2  Informações através do telefone: 3325-0448  Saiba Mais OFICINAS DE ARTE E INCLUSÃO Data:  03/10 a 14/12 Horários: Quarta  –  10h às 13h  10h às 11h20 – Jazz Musical  11h30 às 12h50 - Percussão Sexta  –  10h às 13h  10h às 10h50 – Pedagogia e Psicologia Laboral  11h às 11h50 – Iniciação Musical e Canto Coral 12h às 13h – Dança Cigana Classificação Etária:  14 Anos Local:  Cidade das Artes Para fazer sua inscrição acesse o formulário    Saiba Mais MEDITAÇÃO E DEEKSHA Data:  10/01 a 19/12 Horário:  Quarta às 20h Classificação Etária:  Livre Local:  Cidade das Artes Saiba Mais      OFICINA COLORINDO O ELEFANTE Data:  24/11 Horário:  Sábado às 15h Classificação Etária:  Livre Local:  Cidade das Artes Saiba Mais [+] saiba mais Reflexos | Exposição 17/10 a 10/12 Artes Visuais Quem somos nós além dos rótulos? Em um dos países onde mais se mata por motivos de discriminação social, racial e de gênero, a quebra de preconceitos é pauta na exposição “Reflexos”, do fotógrafo Eurivaldo Bezerra. Em cartaz do dia 17 de outubro a 10 de dezembro, na Cidade das Artes, na Barra, a mostra gratuita vai contar com 40 fotografias de 20 personagens, trabalhando questões como libertação de estereótipos e exercício de empatia. Uma nova visão sobre o tema. “Cor da pele, estatura, religião, orientação sexual, entre tantos outros, são fatores de exclusão social e violência praticados diariamente. Assim, decidi criar uma exposição onde provoco o questionamento sobre esses pré conceitos, e nada melhor do que a fotografia para emocionar e inspirar”, explica Eurivaldo. A mostra “Reflexos” vai oferecer na abertura em 17 de outubro, às 19:30h na Cidade das Artes, uma palestra com um novo olhar sobre o tema preconceito. Dinâmicas de grupo também serão ministradas para crianças de escolas públicas e abrigos da região, trabalhando a empatia como agente transformador da sociedade. “A intenção é incentivar a criação do conceito antes do pré-conceito”, finaliza o Eurivaldo. Sobre Eurivaldo Bezerra: Voltado para a fotografia de transformação social, Eurivaldo Bezerra é criador da editora EB Studio Brasil, estimulando projetos que unem livro, exposição e debate. Seu primeiro livro, “Filhos”, que fala sobre adoção, obteve a apresentação de um Projeto de Lei Federal em apenas dois dias após seu lançamento. Outros trabalhos incluem “Esperança”, um livro sobre idosos institucionalizados, “Crack e Ayahuasca”, “Autismo” e, atualmente, “Reflexos”, que fica em cartaz na Cidade das Artes, de 17 de outubro a 10 de dezembro. Existem muitas idéias boas e pessoas fazendo belíssimos trabalhos sociais, mas que não conseguem mostrar isto para o mundo. Com isto, dependem totalmente de doações e não conseguem uma auto-sustentabilidade. A fotografia entra como propulsor destas histórias, criando acervo, exposições, eventos, livros e inspirando mais pessoas a enxergar o próximo. É no trabalho Fineart que viabilizo os trabalhos sociais. Ter um de meus trabalhos é permitir que continue tentando mudar o mundo. MOSTRAR o belo, mesmo que o assunto seja difícil; INSPIRAR as pessoas para que pensem fora da caixa e TRANSFORMAR o mundo que vivemos em algo melhor. Apoio e Coordenação Social: Instituto Novo Humano: A exposição Reflexos surge como disparador da reflexão sobre o tema: preconceito. Como combatê-lo? Como lidar com isso de forma transformadora? Nossa proposta será de dinamizar com os adolescentes atividades que despertem a Empatia, pois acreditamos ser o melhor antidoto contra o preconceito. O desenvolvimento de atividades com foco na temática: # quero te conhecer melhor tem a intenção de promover a empatia e gerar manifestações artísticas que serão apresentadas em uma futura exposição, inspirando um novo olhar. [+] saiba mais Rio WebFest 2018 | Festival 15/11 a 18/11 Festival Rio WebFest 2018 Vai começar o maior encontro de webséries do mundo   Com programação gratuita a quarta edição do Rio WebFest vai acontecer de 15 a 18 de Novembro na Cidade das Artes. Seriados digitais, vídeos, dança, vídeoclipes, vídeos publicitários, projetos para coprodução e ideias para webpilotos concorrem em diversas categoria.   Festival da categoria com a maior quantidade de prêmios do mundo, o Rio WebFest vai distribuir troféus personalizados, premiações em dinheiro, contratos de coprodução, viagens internacionais para Itália, França e Los Angeles, além da seleção oficial direta para muitos festivais internacionais parceiros.   O diferencial do RIOWF é dar oportunidades reais aos criadores de conteúdo. Assistindo às masterclasses, keynotes, oficinas e mesas redondas com convidados internacionais e profissionais do mercado audiovisual, os participantes aprendem gratuitamente como podem melhorar o seu modo de produzir. As viagens internacionais e seleções diretas para festivais parceiros internacionais dão a chance de promover o produto audiovisual brasileiro no exterior, onde é mais exótico e por isso a possibilidade de ser monetizado  é maior que no mercado nacional. Foi assim que aconteceu com nossa própria websérie, Oposto do Sexo, que foi vendida duas vezes pra França e uma pra Coreia do Sul, explica o fundador do festival Leandro Silva.   Os seriados digitais não são o futuro, são o presente. Hoje os webfests proliferam ao redor do mundo e os festivais tradicionais de TV e Cinema com o Emmy e Cannes já abriram novas categorias visando as webséries. Plataformas de vídeo online apostam cada vez mais no conteúdo exclusivo sob demanda, dado o sucesso mundial do Netflix. serviços como o YouTube Red, Amazon Prime e Facebook para Criadores são bons exemplos deste movimento, comenta Silva.   Durante o Rio WebFest 2018, a organização vai exibir gratuitamente ao público mais de 200 seriados digitais. Também serão ministradas palestras, workshops, masterclasses, keynotes, mesas redondas e painéis. O festival ainda oferece eventos de gala com performance de bandas musicais, coquetéis de networking e a festa de premiação com direito ao blue carpet transmitido ao vivo pela internet para todo o mundo.   O que nós observamos ao longo dos anos de festival é o amadurecimento de uma linguagem de criação para web. Os conteúdos que chegam para nós vão ganhando características particulares que potencializam a comunicação através da tecnologia mobile. Por isso, é tão importante o encontro e a troca de experiências entre os criadores. Quanto mais o mercado se aquece para esse modelo de produção, mais a linguagem se desenvolve, aponta Archangelo.   Mais sobre o Rio Webfest   O Rio WebFest teve sua edição inaugural realizada em 2015, na Ação da Cidadania e Casa Porto, centros culturais localizados na Zona Portuária do Rio de Janeiro, onde 185 trabalhos, 65 séries nacionais e 120 internacionais concorreram a mais de 30 prêmios. A edição de 2016, sediada pela primeira vez na Cidade das Artes, foi um salto exponencial que consolidou o sucesso da iniciativa. Finalmente, a edição de 2017 tornou o Rio WebFest um dos mais importantes eventos da categoria no mundo, com mais de 500 séries inscritas, das quais 206 concorreram a 54 troféus, prêmios em dinheiro, contratos de coprodução e três viagens internacionais. Mais sobre o Super Project O Super Project coloca os criadores independentes cara a cara com produtores audiovisuais brasileiros e estrangeiros para venderem seus projetos de coprodução em sessões de pitching. Dez projetos serão selecionados para cada sessão de pitching, e os projetos vencedores deixarão a cerimônia de premiação do festival tendo conquistado um contrato de coprodução.              Mais sobre o Web Piloto             O Web Piloto é a chance de criadores provarem que são capazes de executar seus projetos de pilotos sozinhos, durante o período do festival, com a possibilidade de premiação em dinheiro. É uma maneira de patrocínio inovadora, sendo o RIOWF o primeiro festival do mundo a abarcar tal modalidade. Seis equipes serão pré-selecionadas para gravarem durante os dias de eventos na Cidade das Artes e uma delas será escolhida vencedora.       Programação:   15/11   10:00 - 16:40 - Exibição (Sala 1), Hall da Fama (Galeria2), Paines (Eletro), Palestras (Eletro), masterclass (Eletro), Oficinas (Sala de Leitura) e Centro de Convivência (Restaurante). Todos estes com entrada franca e controle de acesso feito pela equipe do RioWF   18:00 - 20:00 - Abertura Oficial (Teatro de Câmara), R$40 inteira - Comprar Ingresso   20:00 - 22:00 - Coquetel de Networking (Restaurante), apenas para o público da Abertura Oficial.       16/11   10:00 - 20:00 - Exibição (Sala 1), Hall da Fama (Galeria2), Paines (Eletro), Palestras (Eletro), masterclass (Eletro), Keynotes (Eletro), Oficinas (Sala de Leitura) e Centro de Convivência (Restaurante). Todos estes com entrada franca e controle de acesso feito pela equipe do RioWF   16:00 - 19:00 - Super Projeto (Teatro de Câmara), Evento fechado ao público. Controle de acesso feito pela equipe do RioWF.       17/11 10:00 - 20:00 - Exibição (Sala 1), Hall da Fama (Galeria2), Paines (Eletro), Palestras (Eletro), masterclass (Eletro), Keynotes (Eletro), Oficinas (Sala de Leitura) e Centro de Convivência (Restaurante). Todos estes com entrada franca e controle de acesso feito pela equipe do RioWF       18/11   10:00 - 15:00 - Exibição (Sala 1), Hall da Fama (Galeria2), Paines (Eletro), Palestras (Eletro), e Centro de Convivência (Restaurante). Todos estes com entrada franca e controle de acesso feito pela equipe do RioWF   16:30 - 18:00 - Tapete Azul (foyer da Grande Sala). Apenas para o público do RioWebFest Awards.   18:00 - 22:00 - Rio WebFest Awards (Grande Sala), R$60 inteira - Comprar Ingresso     COMIDA, DIVERSÃO E ARTE & RIO WEBFEST   Quinta 15/11 1ª Palestra: Tema: Direção de Arte Convidado: Carlos Augusto campos  Horário: 10h  Local: Sala de Leitura Atividade Gratuita   2ª Palestra: Tema: Pitching Workshop Convidado: Prof. Rich  Horário: 13h  Local: Sala de Leitura Atividade Gratuita Saiba Mais     Sexta  16/11 1ª Palestra: Tema: Projetos para Produção de Conteúdo Digital Convidado: José Brito  Horário: 10h  Local: Sala de Leitura Atividade Gratuita   2ª Palestra: Tema: Digital Series Convidado: Prof. Rich     Horário: 13h Local: Sala de Leitura Atividade Gratuita Saiba Mais     Sábado  17/11 1ª Palestra: Tema: O avanço da tecnologia nos equipamentos de filmagem Convidado: André Scucato    Horário: 10h Local: Sala de Leitura Atividade Gratuita   2ª Palestra: Tema: Workshop de roteiro Convidado: Vivian Schiller   Horário: 13h Local: Sala de Leitura Atividade Gratuita Saiba Mais       Rio Webfest 2018 Realização: Charlotte Produções e Dendrobates Cultura Fundadores: Leandro Silva e Daniel Archangelo   Imperdível!       [+] saiba mais Encontro de Corais do Maestro Luiz Lima 20/11 Música O maestro Luiz Lima, arranjador, pianista, cantor lírico e regente de importantes corais do Rio de Janeiro, já tendo se apresentando em vários locais do Brasil e do exterior, reúne todos os seus corais, para uma única apresentação. Este ano, apresentará músicas ligadas à óperas, operetas e temas de filmes, reunindo composições de renomados autores, tais como: Mascagni, Haendel, Bizet, Verdi, Andrew Lloyd Webber, entre outros. O espetáculo será apresentado em 4 atos, compreendendo 25 minutos casa, sem intervalo, conforme a seguir:   1º Ato Câmara Comunitária da  Barra da Tijuca Grupo Vocal Clave de Sol Coral Ramatis     2º Ato Grupo de Canto e Dança Rosa de Fogo   3º Ato Clube de Regatas do Flamengo Coral Caminhando e Cantando do Hospital Salgado Filho Coral Encanta Rio 2   4º Ato Corais N.a Sra. De Loreto Mater Nostra Júlio Chevalier Zaccaria   [+] saiba mais Abstrai Ensemble | Temporada de Câmara 24/11 Música   O ABSTRAI ensemble é um grupo de música de câmara contemporânea, integrado por instrumentistas e compositores de renomada carreira, todos residentes no Rio de Janeiro. O grupo trabalha principalmente em colaborações com compositores vivos (brasileiros e estrangeiros). Além de peças musicais instrumentais e vocais, o grupo utiliza regularmente nos seus concertos e atividades as últimas tecnologias digitais (eletroacústica e música mista). O grupo também realiza atividades pedagógicas como encontros de composição e práticas interpretativas, oficinas e master-classes, além de concertos comentados para a formação de público. O ABSTRAI ensemble lançou o seu primeiro CD “Experiência” em 2018 pelo selo A Casa, e tem se apresentado nos principais festivais e salas de concerto brasileiras. O ABSTRAI ensemble apresenta no Teatro de Câmara da Cidade das Artes uma estreia mundial do premiado compositor brasileiro residente em Nova Iorque Arthur Kampela, além de uma seleção especial do seu repertório, com obras dos compositores brasileiros Silvio Ferraz, Pauxy Gentil-Nunes, Martin Herraiz e do francês Phillipe Leroux. O ABSTRAI ensemble pode ser visto como um instrumento não só de difusão de cultura, mas também da sua produção, contribuindo pela diversidade musical no Brasil. O ABSTRAI ensemble faz música do século XXI para quem vive no século XXI!   Abstrai Ensemble Saxes e direção – Pedro Bittencourt Voz – Doriana Mendes Flautas – Andrea Ernest Dias Violino – Mariana Salles Violoncelo – Marcus Ribeiro Violão e guitarra– Fabio Adour Percussão – Zeca Lacerda Produção executiva – José Schiller [+] saiba mais BBQ & Beer Festival | 2ª Edição 24/11 Festival   BBQ & Beer Festival | 2° Edição      Após estrear em grande estilo na sua última edição, o BBQ & Beer Festival voltará ainda maior e melhor para a sua segunda edição, no dia 24 de novembro, novamente na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca. Agora, o evento contará com 10h de Open BBQ e mais de 30 estações de cortes premium, além de Open Bar Premium, Open Beer e estrutura reforçada.   O primeiro lote de ingressos está à venda no site oficial do evento (www.bbqbeerfestival.com.br). Com preço único de R$ 220 (unissex).   A primeira edição do BBQ & Beer Festival levou quase 2 mil pessoas à Cidade das Artes no início de julho, oferecendo uma experiência churrasqueira até então inédita na cidade. Diante do sucesso e do feedback do público, a organização decidiu ampliar o evento: aumentou sua duração de 9h para 10h, incluiu mais de dez novas estações e reforçou a estrutura para garantir o conforto de todos.   A segunda edição do BBQ & Beer Festival terá ainda outros atrativos, como shows e DJs, Espaço Kids e mais novidades que serão anunciadas até a data do evento. A relação de chefs e assadores, todos entre os principais nomes do país, também será divulgada em breve.   O local   A Cidade das Artes é uma atração à parte: além de ser um marco arquitetônico do Rio, é ampla, coberta, sempre com temperatura agradável, cercada por por jardins e com espelhos d’água internos.   O espaço pode ser facilmente acessado por transporte público (está localizado ao lado do Terminal Alvorada) com táxis e veículos chamados por aplicativos, além de oferecer estacionamento pago para 750 veículos.   Confira as estações já confirmadas:   American BBQ . Brisket . Pulled Pork . Turkey legs . Pork Ribs   Fogo de chão . Costela fogo de chão . Cordeiro patagônico . Porco espalmado . Varal de cupim . Varal de aves . Varal de linguiças . Salmão pranchado   Parrilla & Grelha . Picanha . Ancho . Chorizo . Short Ribs . Fraldinha . Pão de alho . Maminha   Outros . Porco no rolete   INGRESSOS ONLINE . 1º lote à venda: R$ 220  (unissex); . Crianças de até 12 anos acompanhadas dos responsáveis não pagam; . Compre online: bbqbeerfestival.com.br/ingressos       *** BEBA COM MODERAÇÃO *** [+] saiba mais Colorindo o Elefante I Atividade de Arte e Educação 24/11 Arte e Educação O Setor de Arte e Educação da Cidade das Artes convida todos a participar, do dia 24 de novembro, da oficina de pintura e colagem "Colorindo o Elefante". A atividade é lúdica e educativa e tem como principal objetivo aguçar o olhar das crianças para alguns elementos das artes plásticas. Serão abordados os processos criativos e a estética de oito artistas plásticos de modo didático e em forma de brincadeira.   SOBRE A CAMPANHA "CIDADE DAS ARTES, COLORIDA DE ATRAÇÕES". A Cidade das Artes, que um dia foi a Cidade da Música, ficou conhecida pelos cariocas por muito tempo como Elefante Branco. Mas desde 2017, mais de 1.500 atrações passaram por aqui, entre produções artísticas e eventos abertos a todas as pessoas. O elefante se levantou e passou a exibir um colorido cada vez mais vibrante. Em termos de público, ultrapassamos a marca de 1 milhão de espectadores. Em 2018, mais 400 mil visitantes passaram pela casa, transformando-se num dos polos culturais do Rio. A agência de publicidade Mullenlowe Brasil @mullenlowebrasil percebeu a oportunidade de, através de uma parceria, criar uma campanha criativa utilizando a imagem do elefante agora colorido, como forma de se apropriar de um elemento outrora negativo. O resultado é que temos agora não mais um elefante branco, e sim colorido. Por isso, convidamos a todos para que venham colorir ainda mais este elefante.   SOBRE A ATIVIDADE: Serão separados até oito grupos de quatro a cinco pessoas.   Cada grupo receberá: - Um molde de elefante em madeira. - Os materiais necessários para realizar a releitura do artista correspondente (canetas, tinta, papéis, cola) - Um cartão explicativo com as características do artista, dicas para estimular a reflexão sobre a estética específica e alguns exemplos de obras daquele artista. Os grupos serão orientados sobre como deverão proceder em relação aos materiais e a atividade.  O olhar sobre o artista e sobre a imagem de colorir um elefante branco será estimulada. Cada grupo produzirá um elefante em madeira colorido conforme o artista correspondente. Composição dos grupos: mesclar famílias diversas. Cada grupo será orientado por um membro da equipe do educativo. Depois da produção os grupos irão apresentar o resultado. Artistas que serão abordados: Beatriz Milhazes Arthur Bispo do Rosário Antonio Dias Piet Mondrian Tarsila do Amaral Jackson Pollock Pablo Picasso Tomie Ohtake No fim das apresentações dos grupos todos os participantes terão entrado em contato com oito estéticas plásticas diferentes e estimulados a produzir ao menos uma delas. Os mediadores de cada grupo poderão sanar dúvidas sobre os artistas e refletir sobre a metáfora de se colorir um "elefante branco". Inscrições: saladeleitura.fca@gmail.com ou 3325.0448 Classificação: Livre  [+] saiba mais Concerto Academia Juvenil da Orquestra Petrobras Sinfônica 25/11 Música A Cidade das Artes recebe no dia 25 de novembro a Academia Juvenil da Orquestra Petrobras Sinfônica!     No domingo, dia 25 de novembro, às 11h, a Academia Juvenil da Orquestra Petrobras Sinfônica realizará um Concerto no nosso Teatro de Câmara. Com a regência do maestro Felipe Prazeres o projeto reúne alunos de escolas de música e orquestras comunitárias do Rio de Janeiro. o concerto será gratuito e apresentará obras de  Beethoven, Mahle, Piazzolla e circulando pela música popular com Paulinho da Viola, Falamansa, entre outros.      SOBRE O PROJETO      A Academia Juvenil, iniciada em 2012, reúne jovens estudantes de inúmeras escolas de música e orquestras comunitárias de toda a Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Durante dois anos de programa, jovens na faixa etária de 14 a 21 anos tem aulas individuais de seus instrumentos com músicos especialistas da orquestra, além de prática de conjunto e disciplinas teóricas. O objetivo do projeto é criar um laboratório de aperfeiçoamento técnico e artístico para jovens artistas constituindo uma rede de contribuição entre os projetos musicais existentes na Região Metropolitana do estado, e entre esses projetos e a Orquestra Petrobras Sinfônica.     Não perca a oportunidade de ver o talento dos nossos jovens musicistas tocando o melhor da música clássica!             [+] saiba mais Rodrigo Vila & Pedro Bittencourt | Saxofones | Temporada de Câmara 01/12 Música Os saxofonistas Pedro Bittencourt (Brasil, 1975) e Rodrigo Vila (Espanha, 1977) se juntaram para oferecer um concerto para sax solo, duo com repertório internacional e a participação especial do Conjunto de Sax da UFRJ num trio. No programa de tirar o fôlego, teremos obras do espanhol Mauricio Sotelo, dos brasileiros Alexandre Lunsqui e Martin Herraiz, além do coreano Ysang Yung.   PROGRAMA:   Muros de dolor (2005) 5’ Mauricio Sotelo (Espanha, 1961) Sax tenor solo   Liebeslied (1997) 11’ Mauricio Sotelo (Espanha, 1961) Sax tenor solo   After Telluris II (2018) 5’ Alexandre Lunsqui (Brasil, 1969) Sax barítono solo   Duas elegias para a democracia (2017) 8’ * Martin Herraiz (Brasil, 1980) Sax soprano, sax alto sax barítono   Inventionen (1983-1984) 14’ Ysang Yung (Coréia, 1917-1995) Duo de saxes soprano   Participação de Paulo Vinícius Felix/Conjunto de Sax da UFRJ.   Rodrigo Vila (1977, Vigo, Espanha) começou os estudos de música no Conservatório da sua cidade aos 8 anos. Continuou os estudos com bolsas do Ministério da Educação Francês e do Conselho de Província Pontevedra, no Conservatório Nacional de Bordeaux, França, onde estudou na renomada classe internacional de saxofones com Jean-Marie Londeix e Marie-Bernadette Charrier. Ao mesmo tempo, fez cursos de musicologia e filosofia. Em 2001 ele recebeu por unanimidade a medalla de ouro da cidade de Bordeaux na categoria saxofone, e no ano seguinte em música de câmara contemporânea, com menção especial do juri. Ganhou o segundo prêmio na Competição internacional do Mediterrâneo em Cartagena (Espanha), e o primeiro prêmio na competição de música de câmara de Montserrat Alavedra em Terrassa, Espanha. Desde 2004 é professor do Conservatório Superior de Música e Dança das Ilhas Balneares, Espanha. Seus estudantes têm se destacado individualmente e em diversas formações de câmara nas mais renomadas competições internacionais. Desde que o Estúdio de Mallorca foi fundado, o seu projeto pedagógico ganhou mais de 45 prêmios, se tornando um dos modelos no ensino do saxofone. Já se apresentou como solista e conferencista em diversas classes, como nos Conservatórios de Vienna, Bordeaux, Zurich, Basel, Colônia, Frankfurt, Rochester, Osaka, Pequim, Sidney, Rio de Janeiro, Bankok, Kuala Lumpur, Singapure, Buenos Aires, Lima, Havana, La Paz, Calgary, Natchitoches, Marquette, Conway, Changde, Osnabrück, Aveiro, Vigo, Alicante, Oviedo, Bilbao, Ibiza, Burgos e Santiago de Compostela. A sua influência internacional é reconhecida pela sua participação como membro do júri do 5° Concurso Internacional de Saxofone de Nantes (França) e no 4° Concurso Internacional Jean-Marie Londeix em Bankok.       Pedro Bittencourt (Rio de Janeiro, 1975) é saxofonista, professor e pesquisador dedicado à música de concerto e contemporânea. Se apresentou em diversos festivais no Brasil, México, Chile, Cuba, Canadá, França, Alemanha, Suíça, Portugal, Espanha, Grécia, Eslovênia e China. Professor adjunto de saxofone do Departamento de Sopros da UFRJ. Professor/pesquisador do Mestrado Acadêmico (PPGM) e do Mestrado Profissional (PROMUS). Líder do Grupo de Pesquisa Performance Hoje. Coordenador da Linha de Práticas Interpretativas e seus Processos Reflexivos do PPGM da Escola de Música da UFRJ. Diretor do Conjunto de Sax da UFRJ. Doutor em Estéticas, Ciências e Tecnologias das Artes/Música pelo CICM (Centro de Informática e Criação Musical), na Universidade de Paris 8, França. Sua pesquisa sobre músicas mistas para saxofones teve a orientação do compositor argentino Horacio Vaggione e contou com uma bolsa de estudos da Fundação para a Ciência e a Tecnologia de Portugal. Mestrado (DEA Arts et Societés Actuelles/Musique) na Universidade de Bordeaux 3, França, sobre o Orestes de Iannis Xenakis. Fundador, diretor e saxofonista do ABSTRAI ensemble (música de câmara contemporânea). Artista residente no ZKM, Instituto de Música e Acústica em Karlsruhe, Alemanha, onde criou o projeto multimídia Ondas Segundo Poetas e gravou o CD ENLARGE YOUR SAX pelo selo alemão Wergo. Estudos de saxofone e música de câmara contemporânea no Conservatório Nacional de Bordeaux, França, classe de Marie-Bernadette Charrier (Diplôme d’Etudes Musicales e Perfectionnement). Segundo Grau no Colégio de São Bento, Rio de Janeiro. Iniciou os estudos de saxofone com Mecenas Magno aos 10 anos de idade. Pedro Bittencourt toca saxofones Selmer (sopranino, soprano, alto, tenor, barítono e baixo) com boquilhas e palhetas Vandoren. [+] saiba mais Tributo a Cartola | Orquestra Petrobras Sinfônica 02/12 Música   Orquestra Petrobras Sinfônica homenageia os 110 anos do nascimento de Cartola no lançamento da série Tributos   Projeto inclui o lançamento de um disco e apresentação na Cidade das Artes, em 2/12.    Um dos maiores sambistas da história da música brasileira será o primeiro homenageado da série Tributos, novo projeto da Orquestra Petrobras Sinfônica. Os sucessos de Cartola ganharam arranjos sinfônicos de Marcelo Caldi para o disco que chegará às lojas físicas no dia 2 de dezembro, celebrando os 110 anos do nascimento do cantor e compositor. O concerto acontece no mesmo dia, na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, e as vendas começam em 06 de novembro, pelo site Ingresso Rápido, com preço único R$30 (R$15 - meia entrada). O álbum já disponível nas plataformas digitais.   O repertório será apresentado por um octeto de sopros e percussão, e terá clássicos como “As Rosas Não Falam”, “O Mundo é um Moinho”, “O Sol Nascerá” e “Alvorada”, além de “Minha”, “Peito Vazio”, “Preciso Me Encontrar”, “Que Sejas Bem Feliz”, “Disfarça e Chora”, “Tive Sim” e “Ensaboa”.   Sobre a Orquestra Petrobras Sinfônica   Aos 46 anos, a Orquestra Petrobras Sinfônica se consolida como uma das mais conceituadas do país e ocupa um lugar de prestígio entre os maiores conjuntos musicais da América Latina. Criada pelo maestro Armando Prazeres, a orquestra conta com uma formação de mais de 80 instrumentistas e tem como Diretor Artístico e Regente Titular o maestro Isaac Karabtchevsky, o mais respeitado regente brasileiro e um nome consagrado no panorama internacional.   Modelo de gestão: A Associação Orquestra Pró Música do Rio de Janeiro, entidade que administra a orquestra, possui uma proposta administrativa inovadora, sendo a única orquestra do país gerida por seus próprios músicos.      Sobre a PETROBRAS: A Petrobras completa 31 anos de patrocínio da Orquestra Petrobras Sinfônica em 2018. Através do Petrobras Cultural, a companhia busca contribuir para o fortalecimento das oportunidades de criação, produção, difusão e fruição da cultura brasileira, para a ampliação do acesso dos cidadãos aos bens culturais e para a formação de novas plateias. Esta parceria é essencial para manter a Orquestra Petrobras Sinfônica entre os principais conjuntos da América Latina, sempre desenvolvendo um importante trabalho de democratização da música clássica e de renovação do público do gênero.   Outros apoios e patrocínios: A Petrobras Sinfônica conta ainda com os apoios culturais de: UCI, Consulado da Argentina, Windsor Hotéis, Rádio MEC FM e JLT Brasil.       Octeto de Sopros e Percussão da Orquestra Petrobras Sinfônica Sammy Fuks (flauta) Francisco Gonçalves (oboé) Igor Carvalho (clarineta) Ariane Petri (fagote) Josué Soares (trompa) Nelson Oliveira (trompete) João Luiz Areias (trombone) Eliezer Rodrigues (tuba) Pedro Moita (percussão)       Repertório O Sol Nascerá Alvorada Tive Sim As Rosas Não Falam Ensaboa Preciso Me Encontrar Peito Vazio Disfarça E Chora Que Sejas Bem Feliz O Mundo É Um Moinho Minha [+] saiba mais OPES | Petrobras Sinfônica visita Tim Burton 08/12 Música Orquestra Petrobras Sinfônica apresenta concerto com trilhas sonoras de filmes do diretor Tim Burton com regência de Isaac Karabtchevsky.    Vencedor no Prêmio Profissionais da Música em 2018 como ‘melhor projeto de trilha de cinema e fruto de uma parceria com o Festival do Rio com sessão esgotada, a "Orquestra Petrobras Sinfônica visita Tim Burton" volta aos palcos cariocas no dia 8 de dezembro, sábado, às 20h, na Cidade das Artes.   Um encontro entre cinema e música, com versões orquestradas de trilhas sonoras de filmes do cultuado diretor americano, como “A Noiva Cadáver”, “Alice no País das Maravilhas”, “Edward Mãos de Tesoura” e “O Estranho Mundo de Jack”. A regência será do maestro Isaac Karabtchevsky, Diretor Artístico e Regente Titular do conjunto.   A Temporada 2018 da Petrobras Sinfônica se divide em três mundos: Clássico, Pop e Urbano. As séries Djanira, Portinari, Armando Prazeres e Na Sala, além do Festival de Câmara, compõem a programação clássica, enquanto projetos como Em Família, que apresenta versões de clássicos infantis (Prêmio da Música Brasileira 2017 - Saltimbancos Sinfônico), e #ConcertoSecreto (Prêmio Profissionais da Música 2016) fazem parte das ações que buscam reforçar o perfil agregador, democrático e desbravador do grupo de 80 músicos.   Sobre a Orquestra Petrobras Sinfônica Aos 46 anos, a Orquestra Petrobras Sinfônica se consolida como uma das mais conceituadas do país e ocupa um lugar de prestígio entre os maiores conjuntos musicais da América Latina. Criada pelo maestro Armando Prazeres, a orquestra conta com uma formação de mais de 80 instrumentistas e tem como Diretor Artístico e Regente Titular o maestro Isaac Karabtchevsky, o mais respeitado regente brasileiro e um nome consagrado no panorama internacional.   Modelo de gestão: A Associação Orquestra Pró Música do Rio de Janeiro, entidade que administra a orquestra, possui uma proposta administrativa inovadora, sendo a única orquestra do país gerida por seus próprios músicos.     Sobre a PETROBRAS: A Petrobras completa 31 anos de patrocínio da Orquestra Petrobras Sinfônica em 2018. Através do Petrobras Cultural, a companhia busca contribuir para o fortalecimento das oportunidades de criação, produção, difusão e fruição da cultura brasileira, para a ampliação do acesso dos cidadãos aos bens culturais e para a formação de novas plateias. Esta parceria é essencial para manter a Orquestra Petrobras Sinfônica entre os principais conjuntos da América Latina, sempre desenvolvendo um importante trabalho de democratização da música clássica e de renovação do público do gênero.   Outros apoios e patrocínios: A Petrobras Sinfônica conta ainda com os apoios culturais de: UCI, Consulado da Argentina, Windsor Hotéis, Rádio MEC FM e JLT Brasil.   Repertório A Noiva Cadáver Alice no País das Maravilhas Batman Medley Edward Mãos de Tesoura O Estranho Mundo de Jack Os Fantasmas se Divertem (BeetleJuice Theme) As Grandes Aventuras de Pee-Wee Banana Song (Os Fantasmas se Divertem)     Informações para a imprensa MNiemeyer Assessoria de Comunicação - http://www.mniemeyer.com.br Marina Avellar – marina@mniemyer.com.br (21) 2178-2599  /  (21) 98229-8542 Andrea Pessoa - andrea@mniemeyer.com.br - (21) 2178-2112  /  99155-1222 [+] saiba mais O Pequeno Príncipe no Planeta da Música | Espetáculo 15/12 a 16/12 Música Espetáculo infantil livremente adaptado na famosa obra de Antoine de Saint-Exupéry.   O Pequeno Príncipe, durante sua jornada, cai em um planeta muito interessante, o Planeta da Música. Lá ele encontra alguns seres nativos como o violino, a viola, o violoncelo e também a Rainha Doroteia, uma majestosa cantora que o apresenta a esse mundo mágico e encantador, porém, há anos não visitado. Entretanto, a chegada do Pequeno Príncipe ao Planeta da Música traz a alegria de volta à Rainha, mudando a vida de todos os habitantes e do Pequeno Príncipe para sempre.       Ficha Técnica   Arranjos e Direção Musical: Evandro Rodriguese Assistente de Direção Musical: Guilherme Cendretti Adaptação e Direção Cênica: Manuel Thomas Iluminação: Júlia Requião   Soprano: Loren Vandal Ator: Leonardo Nogueira   Sapucaia Ensemble: Violino 1: Diogo Gauziski Violino 2: Guilherme Cendretti Viola: João Reis Violoncelo: Liana Meirelles   Produção: Kether Arts Fotos: Léo Nogueira [+] saiba mais Bem Sertanejo - O Musical (Estreia em Janeiro de 2019) 04/01 a 20/01 Musical MICHEL TELÓ ESTÁ DE VOLTA COM A TERCEIRA TEMPORADA DE “BEM SERTANEJO – O MUSICAL” Superprodução é apresentada pelo Circuito Cultural Bradesco Seguros, com patrocínio master da PagSeguro. O espetáculo “Bem Sertanejo – O Musical” foi sucesso de público por onde passou durante as duas primeiras temporadas, com mais de 60 apresentações esgotadas. Agora Michel Teló está de volta com o projeto que será novamente apresentado em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba, além de passar por Florianópolis e Maringá. Apresentada pelo Circuito Cultural Bradesco Seguros, a montagem conta a história da música sertaneja, desde a sua origem caipira, no século 17, até os dias mais recentes e traz no repertório cerca de 56 sucessos de nomes consagrados, como Tonico e Tinoco, Sérgio Reis, Almir Sater, Renato Teixeira, Chitãozinho e Xororó, Leandro e Leonardo, Zezé Di Camargo e Luciano, Gustavo Lima, Henrique e Juliano, Jorge e Mateus, entre outros. O musical é uma verdadeira viagem por todas as fases da música sertaneja e pela história do Brasil, mostrando as mudanças que o gênero sofreu, acompanhando a saída do homem do campo para a cidade grande. A estrutura do musical é gigante. São três carretas só para transportar cenário e equipamentos, 100 pessoas trabalhando diretamente e mais de 1000 indiretamente durante toda a turnê. Para o elenco, o musical terá algumas mudanças. Claudio Lins e José Mauro Brant entram no lugar de Cris Gualda e Luiz Nicolau, respectivamente. Lilian Menezes, Alan Rocha, Daniel Carneiro, Gabriel Manita, Jonas Hammar, Pedro Lima, Rodrigo Lima e Sergio Dalcin seguem no projeto. “Bem Sertanejo - O Musical” traz na assinatura do texto e da direção o nome de Gustavo Gasparani e de profissionais consagrados no ramo, como Gringo Cardia (cenografia), Maneco Quinderé (iluminação), Marcelo Olinto (figurinos), Renato Vieira (coreografias), Marcelo Neves (direção musical), Mauricio Detoni (arranjos e preparação vocal) e André Piunti (pesquisador musical). O projeto é apresentado pelo Ministério da Cultura, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, e pelo Circuito Cultural Bradesco Seguros e com patrocínio master da PagSeguro.   Sucesso na TV, nos palcos e no teatro O projeto Bem Sertanejo era um sonho antigo de Michel Teló de contar um pouco da história da música sertaneja. A primeira etapa foi o quadro no programa “Fantástico”, exibido pela TV Globo, em quatro temporadas. Um livro com histórias de bastidores e um DVD com cenas que não foram para o ar também foram lançados. O sucesso do quadro foi para os palcos e Teló criou o “Bem Sertanejo – O Show”, que foi gravado em DVD, e se transformou em uma turnê por todo o Brasil. E o sonho de Michel Teló também virou um musical. O cantor fez sua estreia como ator, em abril de 2017, com o “Bem Sertanejo – O Musical”, depois de muitos dias e horas de ensaio. O resultado você pode conferir nessa turnê. “O espetáculo é um projeto totalmente diferenciado, um musical teatral caipira que por onde tem passado, emociona. Ele traz uma memória afetiva do público que não imaginei o quanto era forte”, conta Michel Teló. “Ver a emoção e alegria das pessoas vale toda a dedicação e amor que colocamos nesse projeto. Estou animado demais em voltar nessa terceira temporada. É um dos projetos que tive mais prazer e honra em participar na minha vida. Quem gosta de música sertaneja e caipira tem que assistir”, completa.     Resumo do roteiro “Bem Sertanejo – O Musical” conta a trajetória e a formação da música caipira e da cultura interiorana do nosso país de forma poética e não cronológica. A peça propõe uma viagem pelos nossos interiores – memórias, infância, descobertas – resgatando, assim, o sertão que há em cada um de nós, e ao mesmo tempo, um contato direto com as nossas raízes culturais.   Ficha Técnica ELENCO: Michel Teló Lilian Menezes Alan Rocha Claudio Lins Daniel Carneiro Gabriel Manita Jonas Hammar José Mauro Brant Pedro Lima Rodrigo Lima Sergio Dalcin   EQUIPE CRIATIVA Texto e direção – Gustavo Gasparani Direção Musical – Marcelo Alonso Neves Arranjos e Preparação vocal – Mauricio Detoni Coreografia – Renato Vieira Cenografia – Gringo Cardia Figurino – Marcelo Olinto   REDES SOCIAIS Facebook: https://www.facebook.com/Bem-Sertanejo-O-Musical Instagram: @bemsertanejoomusical Twitter: https://twitter.com/BemSertanejoMus Site: www.bemsertanejoomusical.com.br   APRESENTAÇÃO Bradesco Seguros   PATROCÍNIO MASTER PagSeguro   Circuito Cultural Bradesco Seguros Manter uma política de incentivo à cultura faz parte do compromisso do Grupo Bradesco Seguros com a conquista da longevidade com qualidade de vida, considerando a cultura como ativo para o desenvolvimento dos capitais do conhecimento e do convívio social. Nesse sentido, o Circuito Cultural Bradesco Seguros se orgulha de ter patrocinado e apoiado, nos últimos anos, em diversas regiões do Brasil, projetos nas áreas de música, dança, artes plásticas, teatro, literatura e exposições, além de outras manifestações artísticas. Dentre as atrações realizadas recentemente, destacam-se os musicais “Bibi – uma vida em musical”, “Bem Sertanejo”, “Les Misérables”, “60 – Década de Arromba”, “Cinderella”,“Chacrinha, O Musical”, “Elis - A Musical”, “A Família Addams”, “O Rei Leão” e “Wicked”, além da “Série Dell'Arte Concertos Internacionais”, “Ballet Zorba, O Grego” e a exposição inaugural da Japan House, “Bambu – histórias de um Japão”. Para conhecer o calendário 2019 do Circuito Cultural Bradesco Seguros, acesse www.bradescoseguros.com.br, clique na opção “Circuito Cultural”. [+] saiba mais Maquete de LEGO® do Rio de Janeiro I Exposição Permanente 01/03 a 31/12 Artes Visuais LEGO® doa ao Rio de Janeiro a maquete feita com 947 mil peças A maquete do Rio de Janeiro feita totalmente em LEGO foi construída para homenagear de forma criativa e inusitada a cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2016 e ficará exposta permanentemente na Fundação Cidade das Artes como legado cultural.   A construção destaca os 25 importantes ícones da cidade como o Pão de Açúcar, o Cristo Redentor, os Arcos da Lapa, o Maracanã, entre outros   SOBRE A MAQUETE Com quase 1 metro de altura, cerca de 30 m², mais de uma tonelada e meia e com 947 mil peças, a LEGO® montou a sua maior construção já realizada para a América Latina, reproduzindo em blocos 25 ícones do Rio de Janeiro, escolhidos em conjunto com a Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Empresa Olímpica Municipal (EOM) em 2016.   Foi a primeira vez que uma construção desse tipo demandou esforços de três equipes de diferentes fábricas da LEGO de forma simultânea, localizadas nos Estados Unidos, Dinamarca e República Tcheca. Foram necessárias mais de 50 pessoas no projeto, comandado pelos Master Builders, designers especializados na criação de esculturas com os blocos da marca.   Durante os Jogos de 2016, a maquete recebeu mais de 85 mil pessoas de diversas nacionalidades e idades, com uma grande presença de famílias inteiras, que a visitaram no Boulevard Olímpico, local onde ficou exposta.   Os 25 ícones representados na maquete de LEGO da cidade do Rio de Janeiro: 1. Cristo Redentor 2. Pão de Açúcar 3. Copacabana Palace 4. Calçadão de Copacabana 5. Arpoador 6. Calçadão de Ipanema 7. Lagoa Rodrigo de Freitas 8. Jardim Botânico 9. Floresta da Tijuca 10. Morro Dois Irmãos 11. Pedra da Gávea 12. Parque Olímpico do Rio 13. Parque Radical 14. Parque Madureira 15. Estádio Olímpico Nilton Santos (conhecido popularmente por Engenhão) 16. Igreja da Penha 17. Avenida Brasil / BRT 18. Estádio do Maracanã 19.  Sambódromo da Marquês de Sapucaí 20. Praça Mauá 21. Arcos da Lapa 22. VLT 23. Aterro do Flamengo 24. Comunidade Dona Marta 25. Catedral Metropolitana   Sobre o Grupo LEGO® O Grupo LEGO® é uma empresa privada com sede em Billund, na Dinamarca, e tem atuação em mais de 140 países. Fundada em 1932, a empresa é de propriedade da família Kirk Kristiansen e, baseada nos blocos da marca, é uma das principais fabricantes mundiais em brinquedos de montar.   AGENDAMENTO ESCOLAR: Favor entrar em contato pelo e-mail saladeleitura.fca@gmail ou pelo telefone 3325-0448 ENTRADA GRATUITA   [+] saiba mais Temporada de Música de Câmara - Segundo Semestre 27/07 a 17/12 Música Dando continuidade a primeira Temporada que iniciamos em janeiro de 2018, a série de concertos de Música de Câmara, volta em agosto e vai até dezembro. Reiniciamos no dia 11 de agosto com os concertos acontecendo sempre aos sábados e domingos.     Setembro Dia 29/09 - Dia da Música Colonial Brasileira | José Maurício Nunes Garcia  (Saiba Mais) Dia 30/09  - Duo Interarte  (Saiba Mais)     Outubro Dia 06/10 - Duo Debret | Mariana Gomes  (Saiba Mais) Dia 13/10 - O Elixir do Amor, ópera de Gaetano Donizetti  (Saiba Mais) Dia 20/10 - Duo AMA   (Saiba Mais) Dia 28/10 - American Songbook  (Saiba Mais)  Novembro Dia 24/11 - Abstrai Ensemble  (Saiba Mais)     Dezembro 01/12 - Rodrigo Vila & Pedro Bittencourt - Saxofones   (Saiba Mais) 15 e 16/12 - Ópera Gianni Schischi  (Em Breve)       Eventos Passados Dia 11/08 - Quarteto Françaix Dia 19/08 - Sapucaia Ensemble Dia 25/08 - Duo Croma Dia 01/09 - Trio Mignone  Dia 02/09 - Duba Vocal - Petálas  Dia 15/09 - Nadja Daltro   Dia 16/09 - Sapucaia Ensemble | Michael Pradelli    [+] saiba mais