Fundação Cidade das Artes

Programação » Contação de Histórias e Jogos Pedagógicos

Evento Encerrado

Contação de Histórias e Jogos Pedagógicos



Sim os tempos mudaram...e as pessoas mudaram também?


Estamos em 2018  e quem sabe conviver em grupo? Sabemos nos relacionar? Quais são os exemplos que as crianças veem todos os dias? Sabemos escutar, entender ou nos colocar no lugar do outro?

Sheyla Baumworcel é psicopedagoga e vai estimular as crianças a interagirem com o livro “Dicionário Amoroso”, o jogo “baralho da convivência”, o tapete de conversa e a história da caixinha da vovó, trabalhando suas vivências e a forma de se relacionar.

O dicionário expõe de forma amorosa o que são "Valores" tão importantes como a amizade, a autonomia, a beleza, a esperança, a honestidade, a justiça e outros...uma breve explicação do verbete, uma ilustração e uma história  para ser contada por adultos para as crianças com depoimentos das crianças que participaram das rodas de conversa sobre esse tema tão atual. Frases curtas e objetivas facilitam a interpretação.

O jogo baralho da convivência não é só um jogo...  É um tesouro que nasceu da necessidade das crianças entenderem que emoção, ação e expressão são uma trilogia. Cada um de nos sente as emoções do seu próprio jeito, age e reage ao seu próprio jeito porque cada um de nós é único. As chaves que ilustram as cartas são o segredo para o acesso as nossas emoções. Precisamos entender a empatia e nos colocarmos uns no lugar dos outros... E se fosse eu? O que eu faria? E se fosse comigo?

O tapete da conversa é uma extensão do jogo do baralho da convivência. Será que o tesouro é o diálogo? Sim, é um momento precioso para ouvirmos uns aos outros e precisamos contar nossas ideias e pensamentos...contar, ouvir, pensar, repensar, avaliar isso é dialogar sobre as questões do nosso cotidiano para amplificarmos as nossas ideias e pensamentos. Assim então, seremos capazes juntos de transformar o mundo num lugar mais amoroso para vivermos e para nossos filhos e futuras gerações.

A história da caixinha da vovó relembra um momento ternura, valorizando as nossas memorias ...quem não guarda um objeto da infância? Uma cartinha, uma foto, aquela folha do trevo que da sorte. Algum objeto de valor pessoal...Ah, e como  é bom sentar e  revisitar as nossas memórias...

Aproveitem o momento!

 

Convidada: Sheyla Baumworcel

 

ENTRADA GRATUITA

Projetos CDA

Informações Gerais

Datas

16/06

Horários

Sábado - 15h 

Local

Cidade das Artes

Sala

Sala de Leitura

Classificação Etária

6 Anos

Programação Gratuita

Demais Eventos da Programação

Acompanhe nossa Programação On-line 17/04 a 28/12 Projetos CDA Você #ficaemcasa e a gente te entrega ao vivo: CULTURA, EMPREENDENDORISMO, CONHECIMENTO, ARTE, GASTRONOMIA, MÚSICA E MUITO MAIS.   Acompanhe a programação online que preparamos para você em nossas redes sociais: Facebook: cidadedasartes Instagram: cidadedasartes_ Twitter: fundcda Youtube: CidadedasArtes   Você é nosso convidado! Vem com a gente! [+] saiba mais Drive-in das Artes | Vendas Abertas 18/06 a 30/11 Outros Cine Drive-in das Artes é a mais nova opção de diversão para os cariocas A tela de mais de 200m² foi montada no estacionamento da Cidade das Artes e o local pode receber até 100 automóveis simultaneamente, com duas pessoas para sessões adultas e quatro, sendo duas crianças, para os filmes infantis. Todas as regras de segurança e higiene por causa da pandemia da Covid-19 serão seguidas e as vendas só acontecerão online. "A Palonvitas se uniu à Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Cidade das Artes para oferecer ao carioca mais uma opção de lazer em meio a esse momento delicado que vivemos. Queremos trazer de volta o prazer das pessoas verem um filme sem ser em casa. E tudo com a máxima segurança", explicou Felipe Palermo, um dos idealizadores do projeto e sócio da Palonvitas.  Para a prevenção de riscos à saúde de visitantes e funcionários, a novidade que se tornou símbolo da retomada das atividades culturais da pasta conta com um planejamento elaborado a partir de normas higiênico-sanitárias, como as Regras de Ouro e o protocolo específico para eventos criados pela Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses. "Desde o início das restrições nós refletimos com outros órgãos da Prefeitura, setor cultural e a sociedade civil, as formas de oferecer entretenimento e arte à população. Durante esse tempo, a secretaria realizou atividades online com um empenho incrível de nossas equipes. Só nas nossas redes, cerca de 370 mil pessoas curtiram projetos de sucesso como o Vira Rio Cultural no Dia do Trabalhador, ou o Cinema nas Janelas da RioFilme. A Cultura nunca parou, mas agora o Drive-In simboliza a retomada com todo o charme do cinema dos anos 70, em um momento que discutimos protocolos sanitários para a reabertura dos equipamentos com segurança", explicou o secretário municipal de Cultura, Adolfo Konder. A venda exclusiva de ingresso online é uma das medidas de prevenção e combate ao novo coronavírus. Na entrada do drive-in, um funcionário usando equipamentos de proteção individual (EPIs) vai orientar o público sobre a localização da vaga comprada pela internet. Os lanches serão entregues através da janela do carro e somente com a utilização das máscaras. E para ir ao banheiro, o visitante será transportado em um carrinho de golfe. Não haverá filas e os sanitários serão higienizados a cada uso. "Assim que saiu o decreto em março, nós pensamos que o Drive-In seria uma alternativa realmente viável porque o contato pessoal é zero, você não sai do carro. Começamos a buscar parcerias e hoje temos muita alegria de realizar esse projeto para a cidade do Rio de Janeiro. Idealizamos todos os detalhes para trazer o charme do drive-in dos anos 70, e agora a ideia é expandir e pensar em novas atrações ao ar livre, considerando o excelente espaço que temos", resume a presidente da Cidade das Artes, Renata Monteiro. [+] saiba mais