Fundação Cidade das Artes

Programação » Espetáculo Libertador | Performance

Evento Encerrado

Espetáculo Libertador | Performance



Espetáculo Libertador  |  Performance - Ritual  | A partir do poema "Padê de Exú" de Abdias Nascimento.

 

Sobre o espetáculo “Libertador”


POESIA DE ABDIAS NO ESPETÁCULO LIBERTADOR

 

Os finais de semana, do mês de julho, na Cidade das Artes – A sala eletroacústica, serão aquecidos pelo Projeto Libertador.

Inspirado no Poema Padê de Exu, de Abdias Nascimento, é um monólogo que fala da criação do mundo através da cosmogonia africana até alcançar a força do poesia de Abdias.

O Projeto é uma concepção de Thiago Viana. Realização da Cena Portuária Produções Culturais.

 

Sinopse


No espetáculo, o contador de histórias percorre por lembranças de tempos imemoriais, quando através da Cosmogonia Africana, nos conta aspectos da criação do mundo e inicia a caminhada até alcançar os dias atuais. Apesar da apresentação, de momentos próprios da ritualística da herança africana, o monólogo não caminha apenas no território do sagrado, mas, o que ele propõe é reverenciar o sagrado até chegar a um tempo atual, onde o poema de Abdias ecoa no ator como um misto de denúncia e apelo.

 

Release

No Poema, de Abdias Nascimento, "Padê de Exu, Libertador", são preciosos os signos entre o material e o espiritual; a liberdade e a intolerância; e a opressão e a injustiça, que estabelecem atravessamentos à alienação para a formação da gênese brasileira, corroborando à urgência da construção de novas possibilidades na contemporaneidade, dentro de uma sociedade, essencialmente, multicultural. Totalmente particular, "Libertador" é uma performance inspirada a partir da poesia de Abdias e da experiência de intolerância religiosa do autor/ator. Com uma sonoridade afro brasileira, que permite uma corporeidade entre a dança e um movimento ritualístico, que conferem singularidade à presença cênica do ator Thiago Viana. Entre a história da criação do mundo e a obra de Abdias Nascimento, o espetáculo suscita ao público, a seguinte questão: Que sociedade buscamos, se não entendermos as diferenças como traços da nossa identidade?

Teatro

Informações Gerais

Datas

07/07 a 15/07

Horários

Sabados - 20h

Domingos - 19h

Local

Cidade das Artes

Sala

Eletroacústica

Classificação Etária

Livre

Preços

Meia: R$ 20,00

Inteira: R$ 40,00

Em caso de compra de ingresso pelo call center ou pelo site é possível escolher somente o setor que você deseja. O próprio sistema identifica as cadeiras livres no setor escolhido e emite os ingressos referentes aos lugares vagos. Comprando o ingresso diretamente na bilheteria da Cidade das Artes é possível escolher setor e cadeira.

Demais Eventos da Programação

Maquete de LEGO® do Rio de Janeiro I Exposição Permanente 01/01 a 31/12 Artes Visuais LEGO® doa ao Rio de Janeiro a maquete feita com 947 mil peças A maquete do Rio de Janeiro feita totalmente em LEGO foi construída para homenagear de forma criativa e inusitada a cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2016 e ficará exposta permanentemente na Cidade das Artes como legado cultural.   A construção destaca os 25 importantes ícones da cidade como o Pão de Açúcar, o Cristo Redentor, os Arcos da Lapa, o Maracanã, entre outros   SOBRE A MAQUETE Com quase 1 metro de altura, cerca de 30 m², mais de uma tonelada e meia e com 947 mil peças, a LEGO® montou a sua maior construção já realizada para a América Latina, reproduzindo em blocos 25 ícones do Rio de Janeiro, escolhidos em conjunto com a Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Empresa Olímpica Municipal (EOM) em 2016.   Foi a primeira vez que uma construção desse tipo demandou esforços de três equipes de diferentes fábricas da LEGO de forma simultânea, localizadas nos Estados Unidos, Dinamarca e República Tcheca. Foram necessárias mais de 50 pessoas no projeto, comandado pelos Master Builders, designers especializados na criação de esculturas com os blocos da marca.   Durante os Jogos de 2016, a maquete recebeu mais de 85 mil pessoas de diversas nacionalidades e idades, com uma grande presença de famílias inteiras, que a visitaram no Boulevard Olímpico, local onde ficou exposta.   Os 25 ícones representados na maquete de LEGO da cidade do Rio de Janeiro: 1. Cristo Redentor 2. Pão de Açúcar 3. Copacabana Palace 4. Calçadão de Copacabana 5. Arpoador 6. Calçadão de Ipanema 7. Lagoa Rodrigo de Freitas 8. Jardim Botânico 9. Floresta da Tijuca 10. Morro Dois Irmãos 11. Pedra da Gávea 12. Parque Olímpico do Rio 13. Parque Radical 14. Parque Madureira 15. Estádio Olímpico Nilton Santos (conhecido popularmente por Engenhão) 16. Igreja da Penha 17. Avenida Brasil / BRT 18. Estádio do Maracanã 19.  Sambódromo da Marquês de Sapucaí 20. Praça Mauá 21. Arcos da Lapa 22. VLT 23. Aterro do Flamengo 24. Comunidade Dona Marta 25. Catedral Metropolitana   Sobre o Grupo LEGO® O Grupo LEGO® é uma empresa privada com sede em Billund, na Dinamarca, e tem atuação em mais de 140 países. Fundada em 1932, a empresa é de propriedade da família Kirk Kristiansen e, baseada nos blocos da marca, é uma das principais fabricantes mundiais em brinquedos de montar.   AGENDAMENTO ESCOLAR: Favor entrar em contato pelo e-mail saladeleitura.fca@gmail.com  ou pelo telefone 3325-0448 ENTRADA GRATUITA   [+] saiba mais Cursos 01/01 a 31/12 Cursos e Workshops MEDITAÇÃO   MEDITAÇÃO E DEEKSHA | Janeiro a Dezembro Data: 09/01 a 18/12 Horário: Quarta - 19h30 Classificação Etária: Livre Local: Sala de Ensaio 1 Saiba Mais         MÚSICA   IN CONCERT | ESCOLA DE MÚSICA DA ASSOCIAÇÃO DE AMIGOS DA CIDADE DAS ARTES  Data: 07/01 a 20/12 Horário: Instrumentos | Segunda a Sexta - 10h às 19h  |  Canto Coral | Terças - 19h às 21h Classificação Etária: Livre Local: Sala de Música Saiba Mais         TEATRO   CURSO DE TEATRO MUSICAL M&B | Abril a Junho Data: 01/04 a 26/06 Horário: Segundas, Terças e Quartas - 17h às 20h  Classificação Etária: 16 Anos Local: Sala de Ensaio 3 Saiba Mais         OFICINA   OFICINA DE PERCUSSÃO DU RIO Data: 02/05 a 19/12 Horário: Quintas - 19h45 às 21h45  Classificação Etária: 12 Anos Local: Sala de Ensaio 1 Saiba Mais         FOTOGRAFIA   CURSO BÁSICO DE FOTOGRAFIA COM ARIEL SUBIRÁ | NOVA TURMA Data: 14/05 a 30/07 Horário: Terças - 19 às 21h Classificação Etária: 14 Anos Local: Sala de Leitura Saiba Mais [+] saiba mais Atividades gratuitas 02/01 a 31/12 Arte e Conhecimento   OFICINA   OFICINA DE TEATRO PARA NÃO ATORES E CURIOSOS  Data: 04/05, 11/05 E 25/05 Horário: Sábados: 10h às 11h30 Classificação Etária: 17 anos Local: Sala de Leitura Saiba Mais           PALESTRA     AMOR-TE | CIÚME E TRAIÇÃO NA OBRA DE NELSON RODRIGUES Data: 29/05 Horário: Quarta: 18h às 19h30 Classificação Etária: 18 anos Local: Sala de Leitura Saiba Mais         RODA DE CONVERSA   RODA DE CONVERSA TRICONTANDO | ESPERANÇA - A FORÇA QUE MOVE NOSSAS VIDAS Data: 30/05 Horário: Quinta: 19h Classificação Etária: Livre Local: Sala de Leitura Saiba Mais       RODA DE CONVERSA | VIOLETA CONVIDADA | OFICINA DE CRIATIVIDADE E SESSÃO DE AUTÓGRAFOS Data: 25/05 Horário: Sábado: 15h Classificação Etária: Livre Local: Sala de Leitura Saiba Mais         LANÇAMENTO DE LIVRO   LANÇAMENTO DO LIVRO RETICÊNCIAS DE AMANDA WEAVER 6º EDIÇÃO DO SHOW MÚSICA & LITERATURA  Data: 29/06 Horário: Sábado: 18h15 - Bate-papo com Amanda Weaver | 19h - Show voz e piano “Divas do Pop” | 20h - Sessão de autógrafos Classificação Etária: Livre Local: Sala de Leitura Saiba Mais   [+] saiba mais Curso de Teatro Musical M&B 01/04 a 26/06 Cursos e Workshops Curso Prático para Teatro Musical com os diretores Charles Möeller, Claudio Botelho e o Maestro Marcelo Castro Prática de montagem de O Despertar da Primavera e de Broadway Baby! A partir de abril de 2019, os diretores Charles Möeller, Claudio Botelho e o maestro Marcelo Castro irão ministrar, em parceria com a Cidade das Artes, um curso prático de Teatro Musical voltado para estudantes de teatro, atores e cantores. O curso irá oferecer informações privilegiadas sobre o processo de criação dos premiados e consagrados Charles Möeller, Claudio Botelho e Marcelo Castro, assim como sobre o método desenvolvido pela Möeller & Botelho nos mais de 20 anos de trabalho da dupla. O workshop contará com a prática de montagem do musical O Despertar da Primavera - que será remontado ainda em 2019 por Möeller&Botelho e de Broadway Baby!   Prática de Montagem: O DESPERTAR DA PRIMAVERA Alunos com idade a partir de 16 anos. Professores: Charles Möeller, Claudio Botelho e Marcelo Castro Duração: 3 meses (de 01 de abril à 26 de junho) Local: Cidade das Artes – Barra da Tijuca Aulas: segundas, terças e quartas de 17h às 20h Apresentação final: 29/30 de junho Obs.: Não haverá aulas nos dias: 22, 23, 24 de abril e 01 de maio. Teremos eventuais aulas/ensaios aos sábados, à tarde, para reposição e preparação da apresentação final.   INVESTIMENTO: Taxa de matrícula: R$ 100,00 (cem reais) Valor do curso: 03 (três) parcelas de R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais)   * Para detalhes de condições e forma de pagamento, entrar em contato com a coordenação do curso conforme abaixo:   INFORMAÇÕES: Tel. (21) 99569-6851 de segunda à sexta, de 10h às 17h e cursos@moellerbotelho.com.br   Redes sociais M&B: Facebook: @moellerebotelho Instagram: @moellerbotelho [+] saiba mais Encontro com Eduardo WOTZIK 40 anos investigando o Teatro | Wotzik in Cena 03/05 a 26/05 Festival PROGRAMAÇÃO    Missa Para Clarice – Um Espetáculo Sobre o Homem e Seu Deus  Local: Sala Eletroacústica | Data: 03 a 26 de maio Horário: sextas e sábados às 20h e domingos às 18h | Excepcionalmente Domingo, dia 26 às 17h Duração: 1h40  Valores: 60 (inteira)  |  30 (meia) Comprar Ingresso     Hannah Arendt – Uma Aula Magna (Work in Progress) Local: Teatro de Câmara Data: 24 e 25 de maio (sexta e sábado) Horário: 17h | Duração: 40 min Valores: 30 (inteira) / 15 (meia) Comprar Ingresso     GRATUITO Mim, Chita  Leitura dramatizada – apresentação ao público do texto inédito do próximo espetáculo de Wotzik Local: Teatro de Câmara Data: 26 de maio (domingo) Horário: 19h30 Gratuito     Leituras de peças teatrais | GRÁTIS   Investigando Lear Local: Sala de Leitura Data: 22 de maio (quarta-feira) Horário: 17h às 20h Gratuito     Encontros com Wotzik | Caosos Cênicos | GRÁTIS Grandes nomes da cena, atores, técnicos, assistentes, atrizes, produtores e dramaturgos de peças dirigidas por Eduardo Wotzik nessas quatro décadas participam de uma grande roda de conversa que vai contar um pouco da história do Teatro Brasileiro através de seus divertidos “causos” ocorridos nos palcos e nas coxias.Participantes: Priscila Rozembaun, José Dias, Ronaldo Gama e Carla Ribas Local: Sala de Leitura Dias: 09, 16 e 23 de maio (quintas-feiras) Horário: 17h às 20h Gratuito      Exposição Eduardo Wotzik - 40 anos de teatro Local: Galeria 2 Data: 03 a 26 de maio Horário: quarta a domingo de 16h às 20h      Exposição Local: Galeria 2 Data: 03 (abertura) a 26 de maio (encerramento) Horário: quarta a domingo de 16h às 20h     Prefeitura do Rio e Wotzik Produções Artísticas apresentam:   Encontro com Eduardo Wotzik – 40 anos investigando o Teatro  - Abertura: 03 de maio na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca   Ocupação contempla quatro espaços do centro cultural; programação oferece ao público exposição que sintetiza trajetória do artista, temporada da consagrada “Missa para Clarice – Um espetáculo sobre o Homem e Seu Deus”, apresentação única do work in progress da inédita “Hannah Arendt – Uma Aula Magna”, além de leituras dramatizadas, bate-papos e oficinas gratuitas   Vem aí a maior temporada da carreira do premiado ator, diretor, autor e professor Eduardo Wotzik. A Cidade das Artes, na Barra, inaugura dia 03 de maio, às 20h, o Encontro com Eduardo Wotzik – 40 anos investigando o Teatro, panorama que dá corpo à obra do artista ao longo de quatro salas do monumental centro cultural do Rio. A programação destaca momentos pontuais do fazer teatral do artista e acaba por também homenagear o teatro brasileiro de 1979 – ano da profissionalização de Wotzik – até os dias atuais. Na abertura, será inaugurado um perfil com fotos, programas e objetos de cena que jogam luz em montagens  como “Tróia”, de Eurípedes, “Yerma”, de Garcia Lorca (montada no CCBB em 1995, ambas com Camila Amado e Clarice Niskier), “Um equilíbrio delicado”, de Edward Albee (que marcou os 50 anos de Tonia Carrero, com Walmor Chagas e grande elenco, em 1999), “Édipo Rei” (com Amir Haddad, Eliane Giardini, Gustavo Gasparani e Rogério Fróes, para citar alguns), entre outras.   À breve retrospectiva afetiva somam-se encenações: a celebrada Missa para Clarice – Um espetáculo sobre o Homem e seu Deus, que faz sua primeira temporada na Barra, além do inédito  Hannah Arendt – Uma Aula Magna, autoria e direção dele, e a leitura dramatizada da comédia Mim, Chita, livre adaptação de Wotzik para a biografia da macaca Chita, escrita pelo inglês James Lever e indicada ao Booker Prize – que será a próxima montagem de Wotzik. São 40 anos dentro da cena, 40 anos de ensaios, ministrando aulas, oficinas e workshops em todo o Brasil. Só na Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema, foram dez anos. “Tudo que eu sei aprendi com o Teatro”, diz. Por isso, estará à frente de três oficinas, sobre direção, movimento e som (inscrições mediante envio de carta e/ou vídeo de 1 minuto pelo email oficinaswotzik@gmail.com). Grátis.   Lançamento - O Encontro marca também o lançamento do Manifesto do Teatro da Diversidade, síntese da filosofia que o artista aplica no desenvolvimento de seu trabalho. Cofundador do Grupo Tapa, que integrou  entre 1979 (ano da criação) e 1989, desde os anos 1990 dirigiu e atuou em mais de 40 espetáculos; parte deles dramaturgia original, outros, livres adaptações. Em conjunto, suas montagens conquistaram prêmios Mambembe, Molière, Shell, e milhares de espectadores Brasil adentro e mundo afora. A Cidade das Artes receberá também as leituras de Trilogia Lorca (formada por “Yerma”, “Bodas de Sangue” e “Dona Rosita, a solteira”), a peça “Estilhaços II” (texto novo do autor) e “Rei Lear”, o clássico de William Shakespeare que Wotzik protagoniza na próxima década. “Cada leitura tem um propósito. Por exemplo, o entrelaçamento das três peças de Lorca revela um importante painel do feminino ao longo do século XX”, explica.   Permanente estudioso, além de Lorca, Wotzik montou Sófocles, Eurípedes,  Noel Coward, Molière, Martins Penna, Lima Barreto, Nelson Rodrigues, Albee, Millôr Fernandes, Molière, Emily Dickinson e Domingos Oliveira.Dirigiu  lendas como Tonia Carrero, Walmor Chagas, Luís de Lima, Camila Amado, Amir Haddad, Eliane Giardini, Gustavo Gasparani, Ittala Nandi, Analu Prestes numa lista imensa de companheiros. Da convivência com seus pares retirou material para Caosos Cênicos, encontro que acontecerá às quintas-feiras, e reunirá o público junto a consagrados artistas contando histórias – e causos – do teatro brasileiro. “Vamos dividir com o público divertidas e inesquecíveis histórias que ocorreram nas coxias do teatro”, pontua.   Diretora artística da Cidade das Artes, a atriz Bel Kutner destaca a importância do público ter contato com a obra de Wotzik. “O convite para a realização desta mostra evidencia a pluralidade que marca um centro cultural único no Brasil. Estou há dois anos dirigindo a Cidade das Artes e minha porta de entrada para a Cultura é o Teatro, do qual Wotzik é um dos mais importantes representantes contemporâneos”, destaca.   É o próprio artista quem está à frente de toda a coordenação do projeto. “O teatro é a arte do encontro. Será sempre o lugar onde nos encontraremos para nos lembrarmos uns aos outros de que somos humanos. E nesses últimos 40 anos é isso que tenho feito. Sigo encontrando gentes da melhor qualidade. Entes extraordinários”, ele define. Nascido em Copacabana, Wotzik tirou seu registro em 17 de maio de 1979. Formado em Psicologia pela UFRJ, Wotzik construiu um repertório elencando teatro brasileiro, alemão, francês, autores de todos os tempos, contemplando conteúdos diferentes e buscando sempre novas linguagens. Sua trajetória tem se pautado pela diversidade de gêneros, proporcionando ao público que o acompanha, espetáculos absolutamente diferentes a cada obra realizada.   Criador de montagens que foram divisores de água no teatro brasileiro, como “Sonata Kreutzer”, de Leon Tolstói, com Luís Melo, “O interrogatório!”, adaptação da peça de Peter Weiss, montada no formato inédito ao longo de 24 horas na Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema, e no Teatro Tom Jobim, no Jardim Botânico, para falar sobre o horror do nazismo, “A Geração Trianon” considerada pela crítica especializada como “Uma aula de Teatro”; a antológica montagem de “Bonitinha Mas Ordinária”, que representou o Brasil em Portugal por ocasião do centenário de Nelson Rodrigues; ainda despontam na sua trajetória o Festival de Teatro Brasileiro, criado por ele, e que durante cinco anos dedicou à pesquisa e montagem de autores nacionais, iniciativa que conquistou o Prêmio Ministério da Cultura Especial de Contribuição ao Teatro Brasileiro. Em Encontro com Eduardo Wotzik – 40 anos investigando o Teatro o público poderá conhecer de perto um pouco mais do ontem, do hoje e do amanhã deste premiado e tão original artista nascido há 59 anos em Copacabana e que viveu sempre cercado de boa companhia. “Cada um a seu modo, atingiu zonas assustadoramente inesperadas em mim. Provavelmente, sou o resultado do que consegui extrair de cada encontro com essas inteligências cênicas que me vaticinaram a mim mesmo a ponto de eu nesse instante poder estar aqui celebrando, conclui.     Ficha técnica: Idealização e direção geral – Eduardo Wotzik Produção: Fernanda Avellar l Michele Fontaine l Fabiano Xavier Assessoria de Imprensa: Mônica Riani + Cláudia Miranda Iluminação: Fernanda Mantovani Projeto Gráfico: Clarice Pamplona Realização: Wotzik Produções Artísticas, Trestada Produções e Cidade das Artes   [+] saiba mais Missa Para Clarice | Um Espetáculo Sobre o Homem e Seu Deus 03/05 a 26/05 Teatro Missa para Clarice – Um Espetáculo sobre o Homem e seu Deus   Espetáculo consagrado, Missa para Clarice – Um Espetáculo sobre o Homem e seu Deus, é um dos destaques da programação de Encontro com Eduardo Wotzik – 40 anos investigando o Teatro – em comemoração aos 40 anos de carreira do diretor, autor e ator.  A mostra toma conta da Cidade das Artes durante todo o mês de maio com espetáculos, palestras, leituras, exposições, oficinas, encontros e bate-papos com profissionais da área. Considerado um fenômeno, visto por mais de 45 mil expectadores em todo o Brasil, Missa para Clarice – Um Espetáculo sobre o Homem e seu Deus será encenada pela primeira vez na Barra da Tijuca. A peça foi desenvolvida em torno da obra de Clarice Lispector. Os textos que compõem o espetáculo foram extraídos e editados a partir de sua notável produção literária. “Selecionei aqueles que tinham como temática o Sagrado. Por isso, um espetáculo sobre o Homem e seu Deus”, explica Eduardo Wotzik.    Ficha Técnica Fragmentos da obra de Clarice Lispector | Texto final, criação e direção: Eduardo Wotzik | Direção de Arte: Analu Prestes | Iluminação: Fernanda Mantovani | Música: Henryk Górecki | Com: Cristina Rudolph, Natally do Ó e Eduardo Wotzik | Direção de Produção: Fernanda Avellar, Michele Fontaine, e Fabiano Xavier| Uma realização da Wotzik Produções Artísticas   Serviço: Missa para Clarice – Um espetáculo sobre o Homem e seu Deus Com Eduardo Wotzik, Cristina Rudolph e Natally do Ó.   Sinopse: A partir de aspectos do Sagrado na obra de Clarice Lispector, um culto cênico parte da ideia inteligente que o ser humano teve de criar dois sistemas extraordinários para suportar a realidade, o sistema religioso e a arte   Assessoria de Imprensa: Mônica Riani 55 21 99698-5575 | monica.riani@uol.com.br Claudia Miranda 55 21 9605-4706 | chagasmiranda@uol.com.br   [+] saiba mais Hannah Arendt | Uma Aula Magna (Work in Progress) 24/05 a 25/05 Teatro “Hannah Arendt – Uma Aula Magna", o Work in Progress  da peça  inédita faz baixar em plena Cidade das Artes uma das filósofas  políticas mais influentes do século XX, a judia Hannah Arendt, morta em 1975, e  imortalizada com sua teoria sobre o totalitarismo. Na Cidade das Artes, Hannah vai dar uma aula sobre educação, cidadania  e ética. A peça, criada e dirigida por Eduardo Wotzik, integra a programação de comemoração dos 40 anos de carreira do artista. No Teatro de Câmara, dias 24 e 25 de maio, às 17h,  Valor: R$30 | R$15. [+] saiba mais Transfor (A)mar | Evento social sobre Adoção 25/05 Festival No Dia Nacional da Adoção, Ibmec RJ faz evento social na Cidade das Artes. Aberta ao público, ação social acontece no dia 25 de maio e conta com atividades culturais e pedagógicas para crianças. O Ibmec RJ realiza no dia 25 de maio, Dia Nacional da Adoção, uma grande ação de amor e solidariedade. Em parceria com a Rede Abrigo, alunos do Centro Universitário Ibmec RJ promovem uma grande ação social na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca (RJ). O evento, que acontece das 10h às 14h e é aberto ao público, vai envolver crianças de abrigos da cidade, além de empresas apoiadoras, influenciadores digitais e cariocas que quiserem se somar à iniciativa. A atividade é pensada e organizada pelos estudantes do Ibmec RJ, com apoio da coordenação do curso de Comunicação Social, e faz parte da produção acadêmica dos alunos matriculados na disciplina eletiva “Produção de Eventos”. Batizado de “Transfor (A)mar”, o projeto, que já está na terceira edição, envolve cerca de 30 alunos do Centro Universitário. “Produzir um evento como o Transfor (A)mar é uma maneira de colocar em prática tudo que foi discutido durante o semestre. Além disso, é uma oportunidade de ajudar, de fazer um trabalho comprometido com a questão social. E a faculdade pode também ter esse papel”, afirma a orientadora do projeto, a professora do Ibmec RJ Aline Novaes. Este ano, a iniciativa desenvolvida pelos estudantes visa assistir crianças em situação de vulnerabilidade social. Na programação, estão previstas atividades culturais e pedagógicas, voltadas às crianças de abrigos da cidade, além de palestras e ações de adoção e apadrinhamento. Psicóloga da 1º Vara da Infância, da Juventude e do Idoso do Estado do Rio de Janeiro, Erika Piedade é uma das palestrantes. Ela vai falar sobre “Acolhimento e o Judiciário: Desafios da Garantia de Direitos”. Já o diretor da Rede Abrigo, Douglas Lopes, trará para o debate a questão das “Articulações para o Acolhimento e Adoção”. Para as crianças, a programação prevê oficinas de “contação de histórias”; pintura, oferecida por Diego Moura do ‘Um Dedo na Arte’; e de Jiu-Jitsu, ministrada por Bernardo Cavalcanti, instrutor da ‘Gracie Barra’; além de serigrafia, dança e slime (massa de modelar). Também está prevista a realização de um bazar de roupas e utensílios com influenciadores digitais. O evento é aberto a todas as crianças e adultos da cidade. Para entrar na brincadeira, basta levar um brinquedo, um quilo de alimento não perecível ou uma peça de roupa para doação. Parte da renda será revertida para os abrigos participantes. Os organizadores estimam que a iniciativa vá beneficiar mais de 300 crianças. PROGRAMAÇÃO A ideia é que as crianças façam um circuito e participem de todas as atividades, que acontecerão durante todo o evento.  Oficinas Crianças  - Pintura (Um Dedo de Arte) - Serigrafia (Rucked) - Estêncil (Rucked) - Artes Marciais (Gracie Barra Santa Rosa) - Dança (Vladimir Santos) - Slime (Criativoteca) - Atividades Recreativas (Lekolé)  - Caixa Mágica (Vaca Amarela) - Live Painting (Um Dedo de Arte; Ommep; Gabriel Bader; Grank; Luis Corum) Atividades Adultos  Palestras e rodas de conversas: 11h - Minha história de adoção (adoção monoparental de adolescente) Pai adotivo Carlos Renato 11h30 - Nossa história de adoção Pais adotivos Tatiana Romanuik e Rogério Passos 12h - Nossa história de adoção e engajamento Pais adotivos Saulo Amorim e Renan Sanandres 12h30 - Situação do Acolhimento no Rio de Janeiro Carlos Laudelino, Diretor de Instituição de Acolhimento e Conselheiro da Criança na cidade do Rio 13h00 - Acolhimento e o Judiciário: Desafios da Garantia de Direitos Erika Piedade, Psicóloga da 1a Vara da Infância 13h30 - Articulações para o Acolhimento e Adoção Douglas Lopes, Diretor da Rede Abrigo Bazar com influenciadoras - Aninha Bonilha - Fernanda dibiase - Bárbara Maronn [+] saiba mais Concertos de Inverno edição #camarapop 30/05 Música   Orquestra Petrobras Sinfônica lança a série ‘Concertos de Inverno’ em maio, na Cidade das Artes   Em parceria com a JB FM, a primeira apresentação do projeto contará com a cantora Vanessa da Mata   Buscando sempre inovar e atrair diferentes públicos para as salas de concerto, a Orquestra Petrobras Sinfônica, em parceria com a JB FM, lança em maio a série ‘Concertos de Inverno’. O projeto leva para o Teatro de Câmara da Cidade das Artes 3 apresentações, cada uma com um convidado diferente. A estreia acontece no dia 30/05, às 20h30, com participação de Vanessa da Mata.  Primeira convidada, Vanessa da Mata Cantora e compositora mato-grossense, Vanessa possui em sua discografia seis álbuns e um CD/DVD ao vivo. Entre os seus maiores sucessos, músicas que estão na ponta da língua do público, como "Não me deixe só", "Ainda bem", "Ai, ai, ai" e "As palavras". No concerto com o grupo de câmara da OPES, formado por 10 músicos, a artista vai interpretar essas e outras que fazem parte da sua trajetória, como “Amado” e “A força que nunca seca”.   Sobre a Orquestra Petrobras Sinfônica Aos 47 anos, a Orquestra Petrobras Sinfônica se consolida como uma das mais conceituadas do país e ocupa lugar de prestígio entre os maiores conjuntos musicais da América Latina. Criada pelo maestro Armando Prazeres, a orquestra é formada por mais de 80 instrumentistas e tem como diretor artístico e regente titular o maestro Isaac Karabtchevsky, nome mais respeitado no Brasil e consagrado internacionalmente.   Modelo de gestão: A Associação Orquestra Pró Música do Rio de Janeiro, entidade que administra o conjunto, apresenta uma proposta administrativa inovadora, sendo a única orquestra do país gerida por seus próprios músicos.      Sobre a PETROBRAS: A Petrobras completa 33 anos de patrocínio da Orquestra Petrobras Sinfônica em 2018. Através do Petrobras Cultural, a companhia busca contribuir para o fortalecimento das oportunidades de criação, produção, difusão e fruição da cultura brasileira, para a ampliação do acesso dos cidadãos aos bens culturais e formação de novas plateias. A parceria é essencial para manter a Orquestra Petrobras Sinfônica entre os principais conjuntos da América Latina, sempre desenvolvendo um importante trabalho de democratização da música clássica e de renovação do público do gênero.     Repertório   Não me deixe só Ai ai ai Amado As palavras A força q nunca seca Ainda bem         Informações para a imprensa MNiemeyer Assessoria de Comunicação http://www.mniemeyer.com.br Marina Avellar (21) 2178-2599 / (21) 98229-8542 marina@mniemyer.com.br Andrea Pessôa  (21) 2178-2112/ 99155-1222 andrea@mniemeyer.com.br     [+] saiba mais Músicos Sem Fronteiras | Harmonitango e Marcelo Madureira 01/06 Música  “MÚSICOS SEM FRONTEIRAS” HARMONITANGO & MARCELO MADUREIRA   José Staneck (gaita), Ricardo Santoro (violoncelo) e Sheila Zagury (piano) – que formam o consagrado Harmonitango - se uniram ao Casseta Marcelo Madureira num espetáculo muito bem-humorado e provocador. Este quarteto improvável interpreta músicas bregas com arranjos de música erudita entremeadas por textos, diálogos e performances humorísticas. Interpretando sucessos de Odair José, Jane e Herondy, Waldick Soriano, Sidney Magal, Evaldo Braga entre outros grandes nomes do cancioneiro brega-popular, Marcelo Madureira & Harmonitango proporcionam um espetáculo divertido e instigante. Afinal, onde fica a fronteira entre o “brega” e o “erudito”? O que é “clássico”? O que é “popular”? Inspirados pela ideia da ONG Médicos Sem Fronteiras, Marcelo Madureira e Harmonitango criaram os Músicos Sem Fronteiras. Eles vão até o Terceiro Mundo musical para dar vida, conforto, sustento e saúde ao popular enfermiço. O espetáculo estreou em novembro passado na Pró Arte em Teresópolis com estrondoso sucesso de crítica e público, o que encorajou o quarteto a prosseguir em vitoriosa turnê.       Programa ODAIR JOSÉ - Eu Vou Tirar Você Deste Lugar AGNALDO TIMÓTEO - Os Brutos Também Amam ZEZÉ DE CAMARGO e LUCIANO - É o Amor ALMIR ROGÉRIO - Fuscão Preto JANE e HERONDY - Não Se Vá WALDICK SORIANO - Eu Não Sou Cachorro Não WANDO - Fogo e Paixão SIDNEY MAGAL - Sandra Rosa Madalena EVALDO BRAGA - Sorria, Sorria [+] saiba mais Festival Portugal 360 06/06 a 09/06 Festival Rio de Janeiro recebe segunda edição do Portugal 360 Turismo |Arte urbana I Negócio I Cultura I Gastronomia I Música I Estudar I Viver I Investir I Esporte I Literatura I Vinhos I Cinema I Grafittis I Compras I Luxo I Surf   Após o sucesso do ano passado no Rio de Janeiro, a Cidade das Artes volta a receber entre 6 e 9 de junho, o Portugal 360, um dos maiores eventos de promoção do país mais ocidental da Europa. Durante quatro dias, quem visitar a Barra da Tijuca, vai viver uma experiência completa do país eleito melhor destino do mundo pelo World Travel Awards, pelo segundo ano consecutivo.   Como Portugal tem uma gastronomia tão rica e variada, este ano, a organização quer surpreender a todos com a criação de uma réplica dos mercados e das tascas portuguesas, onde vários chefs cozinharão ao lado de brasileiros para criar deliciosas cumbucas e petiscos. Na área da gastronomia, vamos ter ainda um espaço dedicado aos vinhos do país.   Outra novidade é a realização, pela primeira vez no Brasil, do Festival Iminente. Com curadoria de Alexandre Farto aka Vhils e da Galeria Underdogs, o evento reúne o que de melhor se faz ao nível da música e arte pública, estabelecendo a ligação entre os talentos da comunidade lusófona e apostando no fortalecimento de laços entre artistas portugueses e os seus congéneres brasileiros, bem como na sua projeção a nível mundial. Depois de Lisboa, Londres e Xangai, o festival que se realiza desde 2016 atravessa agora o Atlântico.   Nos dias 7 e 8 de junho desenrola-se na Cidade das Artes uma programação que abarca a músicas e as artes visuais, com a criação de peças por Add Fuel, Finok e ±MaisMenos±. Espaço ainda para um Workshop de Stencil com Add Fuel, a projecção do filme “Have you Seen the Listers? ” E um debate sobre “Narrativas de Luta nas Ruas e nas Redes” que junta os brasileiros Media Ninja e o português ±MaisMenos±. Na música, Shaka Lion convidou Carlos do Complexo e DKVPZ para o acompanharem na selecção musical. Hiran + Majur, DJ Nigga Fox, Allen Halloween e DJ Marfox completam um alinhamento de luxo.   Ainda na área de entretenimento, o evento traz nomes conhecidos ao público brasileiro, como Carminho e o Antonio Zambujo, que sobem ao palco da Cidade das Artes para representar o festival do Fado de 2019.   Este ano, a programação cultural do Portugal 360, surpreende pela diversidade artística. Pela primeira vez no Brasil, Júlio Resende, um dos mais internacionais pianistas portugueses se apresenta no Portugal 360. Unanimemente aclamado pela crítica nacional e internacional, Júlio Resende conta já com um vasto caminho que vai do jazz ao fado, do fado ao rock e faz neste novo disco – Cinderella Cyborg – uma aproximação ao universo da música eletrónica.   Na última edição, cerca de 18 mil pessoas visitaram a Cidade das Artes para conhecer um pouco de um país autêntico, genuíno e diversificado, que não para de surpreender quem escolhe para passear, viver ou investir.   Como uma programação gratuita, serão realizadas palestras, workshops, cursos e outras atividades em diversos âmbitos, como turismo, cultura, gastronomia, empreendedorismo, setor imobiliário, negócios, esporte, educação, investir, viver em Portugal, cidadania, informações consulares e lazer vão fazer parte dos quatro dias de evento.   Ainda serão apresentados novos destinos de viagens em Portugal, programas de ensino das universidades portuguesas e muito entretenimento para todos os públicos.     Em breve, toda a programação e inscrições em: www.portugal360.com.br [+] saiba mais Festival Fado Rio de Janeiro | António Zambujo 08/06 Música A maior mostra de Fado mundial está de volta ao Brasil com dois dos nomes mais proeminentes do gênero, Carminho e António Zambujo se apresentam no Rio de Janeiro nos próximos dias 08 e 09 do mês de junho.   Carminho considerada a grande voz do fado e uma das artistas portuguesas com maior projeção internacional vai apresentar o seu novo álbum “Maria”, um trabalho profundo e de grandes emoções no dia 09 de junho.   António Zambujo, vencedor de prêmios como melhor intérprete masculino de Fado, pela Fundação Amália Rodrigues e uma carreira de sucesso na música portuguesa se apresenta no dia 08 de junho.   Dedicado ao tema "Fado e outras Músicas", o Festival pretende mostrar a permanente interação do Fado com outros gêneros poético-musicais nacionais e internacionais. O Festival de Fado vai por isso mesmo dedicar está sua edição a uma viagem por este percurso mágico de dois séculos de permanências e mudanças, feito de partilhas, trocas, cruzamentos e fascínios mútuos do Fado com as outras músicas.   O grande acontecimento cultural no Brasil, a globalização do Fado, iniciou-se no ano de 2013, com uma bem-sucedida primeira edição nas cidades do Rio e São Paulo e regressa agora com a promoção de novos espetáculos, uma conferência, uma masterclass de guitarra portuguesa, filmes e uma exposição com o selo de qualidade do Museu de Fado de Lisboa. O Festival do Fado, que nasceu em 2011 em Madrid realiza-se este ano em 12 metrópoles da Europa, África e da América Latina.     ANTÓNIO ZAMBUJO   De Casablanca a Sevilha, passando por Santiago do Chile, Buenos Aires, Rio de Janeiro, São Paulo, Bogotá, Madrid e Barcelona, em 2019 a música de António Zambujo viaja além-fronteiras, no âmbito do Festival do Fado. Acompanhado por Bernardo Couto na guitarra portuguesa, Diogo Aléxis no contrabaixo e Filipe Melo ao piano, António Zambujo revisita fados tradicionais e outros temas do seu repertório, convidando o público a celebrar os novos arranjos propositadamente pensados para estas nove cidades. O resto é aquilo que já sabemos e que esta caminhada singular nos vem permitindo fixar: que António Zambujo nasceu em Beja, Alentejo, a 19 de Setembro de 1975. Que atravessou uma auspiciosa e sólida infância musical – começou a estudar clarinete com apenas oito anos – e uma adolescência muito activa nesta actividade que se tornaria o seu ofício, que acabou por fixar-se em Lisboa, onde dividiu o tempo pela experiência diária do fado e pela investida em musicais, garantindo de imediato os primeiros dados que haveriam de o fazer chegar ao lugar, tão difícil como desinteressante de “localizar” onde hoje se encontra. Estreou-se nos discos em 2002 e começou uma impressionante série de prémios e outras distinções, com natural destaque para a comenda da Ordem do Infante D. Henrique, que lhe é entregue pelo Presidente da República (em 2015). Vai-se evidenciando a sua tendência, natural e não estratégica, para não escolher uma “via única” (nem rápida) nas suas abordagens musicais: se regista em disco o convite a um grupo (Angelite) de Vozes Búlgaras, nunca disfarça uma pulsão pela música do Brasil. A sua voz leva mesmo a uma declaração enlevada de Caetano Veloso: “Quero ouvir mais, mais vezes, mais fundo (...) É de arrepiar e fazer chorar”. Com as edições internacionais dos seus álbuns, vai marcando pontos no riquíssimo e infinito universo da world music, um caminho em que se privilegia o direito à diferença, mas nunca se afasta verdadeiramente do planeta Portugal, em que – como vimos – não estabelece nem pratica distinções académicas de género. O carinho do público e o reconhecimento da crítica vão crescendo, sem pressas mas com a cadência desejada pelo próprio cantor, que se desdobra em concertos e festivais, em Portugal e um pouco por toda a parte, com destaque para o Brasil, mas em destinos tão aparentemente improváveis como a Dinamarca, a Noruega, o Azerbeijão, Israel ou a Bulgária. Esta internacionalização justifica outros sabores para a rica “ementa” de António Zambujo – e aí fica, como paradigma, a nomeação do disco “Até Pensei Que Fosse Minha” para o Grammy Latino, em 2017, na categoria de Melhor Disco... de MPB.   O cancioneiro multifacetado, estimulante, tão tranquilo na forma como inquieto no conteúdo, de António Zambujo ganha um novo capítulo que, insiste-se, não precisa de rasgar para inovar, seguindo à risca as pulsões de um intérprete e autor que, a cada etapa, se tem valorizado – talvez por não se deixar prender demasiado a raízes óbvias mas limitadoras do talento e da vontade, e procurar, ao invés, dar sempre frutos sumarentos e de travo inesperado. É o oitavo disco de estúdio que o artista publica [“Do Avesso” foi editado em Novembro de 2018] e, sabendo que o oito é o número da sorte para os chineses, fica claro que, neste particular, a “sorte grande” ganha contornos muito mais globais, porque nos toca a todos. Mais: numa época em que aprendemos a estimar e defender os nossos direitos, ganhamos outro objectivo – fazer finca-pé pelo nosso direito ao (Do)Avesso. [+] saiba mais Festival Fado Rio de Janeiro | Carminho 09/06 Música A maior mostra de Fado mundial está de volta ao Brasil com dois dos nomes mais proeminentes do gênero. Carminho e António Zambujo se apresentam no Rio de Janeiro nos próximos dias 08 e 09 do mês de junho.   Carminho considerada a grande voz do fado e uma das artistas portuguesas com maior projeção internacional vai apresentar o seu novo álbum “Maria”, um trabalho profundo e de grandes emoções no dia 09 de junho.   António Zambujo, vencedor de prêmios como melhor intérprete masculino de Fado, pela Fundação Amália Rodrigues e uma carreira de sucesso na música portuguesa se apresenta no dia 08 de junho.   Dedicado ao tema "Fado e outras Músicas", o Festival pretende mostrar a permanente interação do Fado com outros gêneros poético-musicais nacionais e internacionais. O Festival de Fado vai por isso mesmo dedicar essa edição a uma viagem por este percurso mágico de dois séculos de permanências e mudanças, feito de partilhas, trocas, cruzamentos e fascínios mútuos do Fado com as outras Músicas.   O grande acontecimento cultural no Brasil, a globalização do Fado, iniciou-se no ano de 2013, com uma bem-sucedida primeira edição nas cidades do Rio e São Paulo e regressa agora com a promoção de novos espetáculos, uma conferência, uma masterclass de guitarra portuguesa, filmes e uma exposição com o selo de qualidade do Museu de Fado de Lisboa. O Festival do Fado, que nasceu em 2011 em Madrid se apresenta este ano em 12 metrópoles da Europa, África e da América Latina.     CARMINHO   Carminho é a grande voz do fado e uma das artistas portuguesas com maior projeção internacional.   Carminho nasceu no meio das guitarras e das vozes do fado, filha da conceituada fadista Teresa Siqueira, começou a cantar publicamente aos doze anos, no Coliseu. O Fado esteve sempre tão presente que nunca pensou que pudesse ser a sua profissão. Durante a faculdade cantava em casas de Fado, foram várias as propostas para gravar mas decidiu esperar. Licenciou-se em Marketing e Publicidade e percebeu que cantar exigia uma maturidade e um mundo que ainda não tinha.  Durante um ano viajou pelo mundo, participou em missões humanitárias e regressou a Lisboa decidida a entregar-se por inteiro a um percurso artístico.    “Fado”, o seu primeiro disco, é editado em 2009, que se tornou num dos mais aclamados álbuns do ano e da década. Alcança a platina – resultado invejável para uma estreia - e vê "Fado" abrir os corações de Portugal à sua voz, e as portas do mundo ao seu talento: melhor álbum de 2011 para a revista britânica "Songlines", atuações nas principais capitais europeias, no Womex 2011 em Copenhague e na sede parisiense da UNESCO no âmbito da candidatura do Fado a património mundial.    No mesmo ano, colabora com Pablo Alborán em “Perdoname” e torna-se na primeira artista portuguesa a atingir o número 1 do top espanhol. Em 2012, o segundo álbum, “ALMA”, estreia-se no primeiro lugar de vendas em Portugal e alcança posições de destaque em vários tops internacionais. Depois de passar pelas principais salas da Europa e do Mundo, em países como Finlândia, Suécia, Peru, Chile, Argentina, Colombia, China, India, Letónia, EUA, Alemanha, Reino Unido, Coreia do Sul, Polónia, França, Austria, Dinamarca, entre tantos outros, atua também no Brasil e realiza o sonho de gravar com Milton Nascimento, Chico Buarque e Nana Caymmi que resulta numa reedição de “Alma” com três novos temas. Carminho começa assim a conquistar o Brasil, com concertos esgotados no Rio de Janeiro e um pouco por todo o país.    Em 2013, Carminho afirmou-se como uma das mais internacionais artistas portuguesas, levando a sua voz aos quatro cantos do mundo, ao mesmo tempo que é distinguida em Portugal com um Globo de Ouro e o Prêmio Carlos Paredes, vendo ambos os seus álbuns atingirem a marca da dupla platina.    No final de 2014 edita “Canto”, e a sua relação com o Brasil ganha raízes ainda mais profundas, com a primeira parceria de Caetano Veloso com o seu filho mais novo Tom que lhe oferecem o inédito “O Sol, Eu e Tu”. “Canto” inclui também o dueto com Marisa Monte e participações especiais de Jaques Morelenbaum, António Serrano, Carlinhos Brown, Javier Limón, Naná Vasconcelos, Dadi Carvalho, Jorge Hélder e Lula Galvão.   Em 2016, na sequência de um convite endereçado pela família de um dos maiores compositores do mundo, grava “Carminho canta Tom Jobim”, com a última banda que o acompanhou ao vivo nos seus últimos dez anos, partilhando temas com Marisa Monte, Chico Buarque e Maria Bethânia. “Carminho canta Tom Jobim” é já platina e com este disco Carminho é galardoada com o Globo de Ouro de melhor intérprete.    Depois do grande êxito conquistado com o álbum “Carminho Canta Jobim”, a cantora portuguesa, considerada uma das maiores intérpretes da história da nossa música, está de regresso com um novo disco de originais.   “Maria” é o título que Carminho escolheu para o seu novo álbum, o quinto da sua carreira e o mais pessoal de sempre. Um álbum que assina a produção e inclui várias canções de sua autoria. Um disco verdadeiramente emocionante. Um diálogo constante, sempre sintonizado no respeito por tudo aquilo que Carminho aprendeu diretamente das suas raízes do fado, respeitando a verdade das palavras e da linguagem tradicional, mas ao mesmo tempo com um olhar livre e contemporâneo sobre o mundo que a inspira, reinterpretando muito do que aprendeu com o fado desde pequena.    Todo o seu percurso tem revelado em Carminho uma artista de decisões firmes e ponderadas, que nunca se esquece das suas origens, que transporta em si uma linguagem de vários séculos, mas que se revela atual na sua geração, com os olhos postos no mundo e no futuro.    Valeu a pena a espera!   Carminho regressa a América do Sul em 2019 com o Festival de Fado passando por Santiago do Chile, Buenos Aires, Lima, Rio de Janeiro, São Paulo, Bogotá, Quito e Panamá.   [+] saiba mais BBQ & Beer Festival 15/06 Festival BBQ & Beer Festival anuncia novidades gastronômicas para 3ª edição em junho   Evento que se destacou em 2018 terá edição com novidades que prometem levar o público ao delírio, além de renovado time de chefs e assadores e atrações que incluem forja de facas ao vivo   16/05/19 - Após levar mais de 5 mil pessoas para a Cidade das Artes em 2018, o BBQ & Beer Festival terá novidades para sua 3ª edição,  marcada para 15 de junho. O carro-chefe continua sendo as incríveis 10 horas de Open BBQ Premium, com mais de 30 estações de churrasco - além de duas opções de chope artesanal liberado em chopeiras self-service e Open Bar premium (vodka, whisky e gin).   Provando que o “premium” não fica só no nome, quatro estações são novidades que prometem deixar o público ansioso: Lula Recheada com farofa puttanesca - farofa com linguiça toscana, alicci, alcaparras, azeitona preta, purê de tomate, páprica, salsa, pimenta dedo de moça, alho, cebola e pimentões assados, servida com erva doce e maionese de sriracha (molho de pimenta originário da Tailândia), que será preparada pela chef Monique Gabiatti (Masterchef); o Sushi Moo - filé mignon recheado com queijo e cebola caramelizada, purê de wasabi e palha de batata, que será preparado pelo chef Gui Moraes; vermelha; o Texmex BBQ - lombo suíno preparado na parrilla, acompanhado com porção de mini-nachos e salsa mexicana. preparado por Bruno Bozaio (Cozinheiros em Ação); e o French Rack, parte nobre do cordeiro que será preparada pelo chef Roberto Ravioli (do quadro “Toque do Ravioli”, no programa Bem-Estar da Rede Globo).   Gabiatti e Ravioli inclusive serão duas das novidades no time de chefs e assadores, que terá grandes nomes do universo do churrasco como o mineiro Mário Portella (sensação no Instagram, que será responsável por assar um boi inteiro). Eles se juntam aos consagrados Jimmy Ogro (fundador da Ogrostronomia e Burgertopia), Jane Pereira, Larissa Morales (primeira youtuber de churrasco do Brasil com o canal Larica na Brasa), Rodrigo Barros (Masterchef) e Cadu Galuccio.   Bebidas também receberam “reforço de peso”   As torneiras self-service que fizeram sucesso na última edição, no dia 15 de junho estarão cheias com chope artesanal de duas marcas reconhecidas pelos cervejeiros: a Noi (com a Bionda, pilsen), vencedora de 4 medalhas no Concurso Brasileiro de Cervejas 2019, em Blumenau (SC); e a Overhop (com a Startup, lager), medalhista em edições passadas do Mondial de la Bièrre.   O Open Bar Premium, para quem não é adepto do lúpulo e da cevada, recebe a chegada do Rum Havana Club, unindo-se à Absolut Vodka, Beefeater Gin e Jameson Whiskey  para formar uma verdadeira seleção dos destilados, onde seis drinks já estão confirmados: Pink & Tonic , Pink & Orange Tonic (lançamentos Beefeater), B&T Original (Beefeater gin, limão siciliano, zimbro e tônica), B&T Allegro (Beefeater gin, twist de limão siciliano, alecrim e tônica), Jameson Tea Lime (Jameson Whiskey, chá de pêssego, gomo de limão taiti) e o Jameson Citrus (Jameson Whiskey, refrigerante citrus, alecrim), Cuba Libre e Mojito. E vem mais por aí!   Euforia na abertura da vendas reforça sucesso do modelo de festival   A programação não se restringe à gastronomia: o já tradicional workshop de cutelaria realizado pelo chef Rossano Mendonça + The Bife terá companhia da forja de facas ao vivo, realizada pela Vulcan Cutelaria, são duas das principais atividades para os amantes do churrasco. Para as crianças, Espaço Kids incluso no ingresso (menores de 12 anos não pagam, mas precisam ser acompanhados pelos pais ou responsáveis legais) com videogames, brinquedos infláveis, dentre outras distrações. Atrações musicais e outras atividades ainda serão divulgadas pela organização.   Os primeiros ingressos do lote promocional, no valor de R$200, esgotaram-se através do site do evento em menos de duas horas, demonstrando o sucesso do modelo de evento que atende a todos os públicos e traz a alta gastronomia para uma dupla tradição carioca - o churrasco com cerveja, mas sem perder a informalidade que o Rio tem em seu DNA.   Atualmente, os ingressos estão no 2º lote e é possível comprá-los no www.bbqbeerfestival.com.br/ingressos ou em um dos Pontos de Venda oficiais (veja mais abaixo a lista completa). Para o BBQ #3, além dos ingressos individuais (R$260 + taxas, preço do 2º lote), existem duas promoções em curso: os ingressos duplo e em grupo - que fizeram sucesso na última edição - também podem ser adquiridos pelo site. Ambos dão desconto no valor do ingresso para quem vai acompanhado (duplo - R$245 + taxas) ou para quem vai em grupos, de no mínimo 5 e máximo de 15 pessoas (grupo R$225 + taxas).   BBQ & BEER Festival #3 . Cidade das Artes – Av. das Américas, 5.300 – Barra da Tijuca . 15/06, das 12h às 22h . Menores de 18 anos só podem entrar acompanhado dos pais ou responsável legal . Estacionamento pago no local (750 vagas)   INGRESSOS . 2º lote à venda: Individual R$260 | Duplo: R$245 | Grupo: R$225 . Compre online: bbqbeerfestival.com.br/ingressos . Sympla: plataforma oficial de vendas . Crianças até 12 anos não pagam   PONTOS DE VENDA . Apenas ingressos individuais . Valor: R$ 230 (sujeito à disponibilidade em cada local) . Sem cobrança de taxa de conveniência . Dinheiro, cartão de débito ou crédito (sem parcelamento) [+] saiba mais Rio H2K 2019 | Festival Internacional de Dança 20/06 a 23/06 Dança Rio H2K 2019 FESTIVAL INTERNACIONAL DE DANÇA   Entre 20 e 23 de junho, o Rio H2K ocupa a Cidade das Artes com programação para todos os públicos e idades: workshops, competições, batalhas de danças, bate-papos, festas e feira.   Em sua nova edição, festival traz coreógrafos brasileiros e internacionais de cinco países: Estados Unidos, França, Itália, Portugal e República Checa   Entre 20 e 23 de junho, o Rio de Janeiro é palco do Rio H2K — Festival Internacional de Dança, que há nove edições consecutivas promove as danças urbanas e suas múltiplas vertentes de forma ampla e acessível. Mais de 400 mil pessoas já passaram pelo evento em quase uma década. Durante quatro dias, o festival vai levar para a Cidade das Artes workshops, batalhas de danças, bate-papos, festas, feira e até um acampamento. O Rio H2k tem direção de produção de Miguel Colker e direção artística de Bruno Bastos.   Nesta nona edição, o Rio H2K traz 15 coreógrafos nacionais e internacionais de cinco países (Estados Unidos, França, Itália, Portugal e República Checa) para ministrarem workshops para todos os públicos. São profissionais que já trabalharam com estrelas como Justin Timberlake, Rihanna, Anitta, Nicki Minaj, Pabllo Vitar, Black Eyed Peas, Beyoncé, Deborah Colker, Ciara, Jennifer Lopez, Selena Gomez, Karol Conka, Britney Spears e Alicia Keys.   Na programação também estão as apresentações do Showcase, uma mostra não competitiva com 20 grupos de dança do Brasil e de outros países, e o Rio H2K Battles, uma vibrante batalha entre 200 participantes que este ano vem com novidades. Dançarinos de diferentes estilos – sejam eles de hip hop freestyle, house, popping, locking, breaking, passinho, krumping, dancehall, jazz funk, vogue, experimental, entre outros, vão participar numa só categoria, avaliada por cinco jurados: Meech Onomo (França), Jaja Vankova (República Tcheca), André Rockmaster (Brasil), Dafne Bianchi (Itália) e JP Black (Brasil). Os prêmios chegam a R$ 3 mil.   “A ideia é proporcionar uma batalha livre de rótulos em que os dançarinos desafiem a si mesmos e seus oponentes por meio da criatividade, musicalidade e variaedade de ritmos e de estilos”, explica Bruno Bastos, diretor artístico do Rio H2k.   Para quem quiser ter a experiência de viver os quatro dias dentro do festival e acampar nos jardins da Cidade das Artes, o Kemp é uma oportunidade única. Há espaço para 165 barracas individuais e também é possível optar entre usar a barraca do festival ou levar a sua própria. O sistema de hospedagem dentro do evento está disponível com a compra do ingresso “passaporte + Kemp”, que inclui também vestiários com chuveiros, área de convivência (com pontos de energia), água potável e posto médico.   Desde a sua primeira edição, em 2011, o Rio H2K já recebeu 56 espetáculos, 196 coreógrafos, 997 workshops e um público aproximado de 415 mil pessoas. A essência do festival é a dança urbana e os seus diferentes gêneros, que vão desde os estilos originais que surgiram nos Estados Unidos, entre as décadas de 1960 e 1980 (breaking, hip hop, dance house, locking e popping) até as criações mais recentes (dancehall, krumping, stiletto e videodancing). Em 2014, o festival incorporou com sucesso aulas de sapateado e batalhas de passinho. Três anos depois, em 2017, o evento trouxe oficinas de afromix, coco de roda, jongo, samba e zouk.   OS COREÓGRAFOS   André Oliveira – passinho (Brasil) André Rockmaster - coaching/preparação física (Brasil) Cat Cogliandro – contemporary fusion (Estados Unidos) Dafne Bianchi – dancehall (Itália) Diana Matos – hip hop (Portugal) Filipi Ursão – hip hop (Brasil - RJ) Gabriel Braga – contemporary fusion (Brasil) Hollywood – hip hop (Estados Unidos) JC Seven – hip hop (Brasil) JP Black – locking e popping (Brasil) Jaja Vankova – krumping e robotting (República Tcheca) Juan Chi – vogue femme (Brasil) Meech Onomo – hip hop e house (França) ⠀⠀⠀⠀ Pedro Reis – jazz funk e heels (Brasil) Tony Tzar – hip hop (Estados Unidos)   RIO H2K NAS REDES: Site oficial: www.rioh2k.com.br Facebook: www.facebook.com/rioh2k Instagram: www.instagram.com/rioh2k     SERVIÇO Data: de 20 a 23 de junho Local: Cidade das Artes - Av. das Américas 5300, Barra da Tijuca. Tel.: 3325 0102. Bilheteria: de terça a domingo, das 10h às 18h.   SHOWCASE Local: Praça (Palco Principal) 21/06 às 19h   RIO H2K BATTLES Local: Teatro de Câmara 22/06 às 18h  23/06 às 16h30hs   FEIRA GASTRONÔMICA Local: praça De 20 a 23/06 das 12h às 22h.   FESTA Rio H2K Dance Party 22/06 às 23h às 6h   Ingressos: www.rioh2k.com.br/ingressos   Battles: valores entre R$ 10 (meia) e R$ 20 (inteira) - Todos os setores Workshops: R$ 180 (um dia de festival) e R$ 300 (pacote para todos de Rio H2k) Intensivos: valores entre R$ 150 e R$ 220     Assessoria de imprensa RioH2K 2019 Paula Catunda (paula.catunda@gmail.com) | (21) 98795-6583 Catharina Rocha (catharocha@gmail.com) | (21) 99205-8856   [+] saiba mais Peter Pan o Musical 20/06 a 18/08 Musical    ‘PETER PAN, O MUSICAL’ CHEGA AO RIO EM 21 DE JUNHO, NA CIDADE DAS ARTES   ESPETÁCULO FOI VISTO POR 160 MIL PESSOAS SÓ EM SÃO PAULO     Um dos grandes sucessos do teatro paulista em 2018, ‘Peter Pan, o musical’ finalmente chegará ao Rio, a partir de 21 de junho, na Cidade das Artes. A temporada do musical seguirá em cartaz até agosto.  A fábula do menino que se recusava a crescer, criada por J. M. Berrie, é cada vez mais atual e foi vista por mais de 160 mil pessoas, só em São Paulo. Esse clássico tornou-se referência na literatura, no cinema e também no teatro. A versão da Broadway de ‘Peter Pan’ finalmente ganhou uma montagem brasileira, com Mateus Ribeiro no papel título e Tuca Andrada como Capitão Gancho. O espetáculo tem direção de José Possi Neto, em uma produção da Touché Entretenimento, apresentação da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro -ISS e Bradesco Seguros, com patrocínio master do Bradesco e patrocínio Alelo, Multiplus, Drogarias Pacheco-SP, Nestlé, Apsen Farmacêutica, Premier Pet, ONS, Multiplan, BNY Mello e Outback.   Para interpretar o personagem, Mateus foi selecionado através de audições, que tiveram mais de 4000 candidatos. A escolha não poderia ter sido mais acertada, Mateus ganhou os principais prêmios de melhor ator do ano. Tuca Andrada se divide entre o Capitão Gancho e o Sr. Darling. No palco, estão também Karina Mathias (Wendy), Pedro Navarro (Smee), Giselle Lima (Sra. Darling), Carol Botelho (Tiger Lilly) e grande elenco. A direção musical é de Carlos Bauzys.   ‘Peter Pan, o musical’ foi o destaque das premiações no ano passado. Teve 10 indicações ao Prêmio Reverência (venceu melhor ensemble e Mateus Ribeiro foi eleito melhor ator), nove indicações ao Prêmio Bibi Ferreira (venceu Melhor cenário, melhor figurino e melhor coreografia). O espetáculo foi eleito um dos três melhores musicais do ano, pela Folha de São Paulo, e teve 14 indicações ao BroadwayWorld Brazil Awards 2018, além de vencer três categorias do Prêmio Destaque Imprensa Digital: Destaque Musical Estrangeiro, Destaque Ator (Mateus Ribeiro) e Destaque Coreografia (Alonso Barros).   A montagem de ‘Peter Pan’ é um sonho antigo da produtora Renata Borges, que já trouxe ao país outros clássicos, como ‘Cinderella’ (de Rodgers & Hammerstein´s), ‘Sim, eu aceito’ e ‘Como eliminar seu chefe’. “Fizemos uma montagem com toda a grandiosidade que o espetáculo pede e isso só foi possível graças ao aporte da Bradesco Seguros, que é uma empresa que investe na cultura do seu povo e com a qual temos parceria há mais de dez anos e”. Renata complementa: “é uma versão original, feita com nosso talento. Trouxemos os técnicos de efeitos especiais e voos da Broadway. Não poderia estar mais feliz, além do imenso sucesso de público, conquistamos os principais prêmios da temporada teatral paulista”   A ficha técnica traz ainda nomes como Alonso Barros (coreografia), Thanara Schonardie (figurinos), Renato Theobaldo (cenógrafo) e Roberto Rolnik (cenógrafo assistente). A versão nacional é de Bianca Tadini e Luciano Andrey.   ‘Peter Pan’ chegou à Broadway em 1954, e venceu três Tony Awards, incluindo melhor ator (Cyril Ritchard, o Capitão Gancho) e atriz (Mary Martin), que interpretou Peter Pan, seguindo uma tradição de mulheres no papel-título do espetáculo. No Brasil, porém, a montagem escolheu um homem para viver Peter Pan. O musical é uma adaptação da peça de J. M. Barrie, de 1904, (que gerou também o livro ‘Peter e Wendy’). A música do original da Broadway é de Mark Charlap (com música adicional de Jule Styne) e a letra é de Carolyn Leigh (com letra adicional de Betty Comden e Adolph Green).   Em 1979, houve uma remontagem na Broadway, indicada aos Tony´s de melhor atriz (Sandy Duncan) e melhor revival. Em 1990, o clássico retornou mais uma vez à Broadway, concorrendo ao Tony de melhor revival e melhor atriz, Cathy Rigby, que reassumiu o papel em uma montagem de 1998, também indicada ao Tony de melhor revival. ‘Peter Pan, o musical’ tem apoio da Verifone, Experimento (CVC), Abbraccio, Arysta, Windham, Dry Wash Lavanderia, Tomi Mobiliário Urbano e Caçula.   José Possi Neto Um dos encenadores mais respeitados do país, José Possi Neto já dirigiu espetáculos como ‘3 mulheres altas’, com Beatriz Segall, Nathalia Thimberg e Marisa Orth; ‘Tartufo’, com Paulo Autran; ‘De braços abertos’, com Irene Ravache e Juca de Oliveira;  além de inúmeros musicais, como ‘New York, New York’,  com Alessandra Maestrini e ‘Mamonas’; e shows de cantores como Gal Costa, Simone e Maria Bethânia.   Touché Entretenimento Tendo à frente Renata Borges, a Touché Entretenimento (antiga Fábula Entretenimento) vem se consolidando como uma das grandes produtoras de musicais do país: ‘Sim, eu aceito’ – com Diogo Vilela e Sylvia Massari; ‘Como eliminar seu chefe’, além da superprodução ‘Cinderella, o musical’, que foi visto por mais de 100 000 pessoas, entre Rio de Janeiro e São Paulo.   Sobre o Bradesco Cultura Com mais de 350 projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. O Banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do país, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte. Com apoio a eventos regionais, museus, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros, a instituição possui, ainda, uma plataforma de naming rights com o Teatro Bradesco, que conta com unidades em São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Passaram pela Temporada Cultural do Bradesco em 2017 as exposições Anita Malfatti, Antônio Gaudi, Steve Jobs, Van Gogh, Yoko Ono, e os espetáculos ‘Les Miserables’ e ‘O Homem De La Mancha’, entre outros.   Circuito Cultural Bradesco Seguros Manter uma política de incentivo à cultura é compromisso permanente do Circuito Cultural Bradesco Seguros. Nos últimos anos, o Grupo Bradesco Seguros orgulha-se de ter patrocinado e apoiado projetos nas áreas de música, dança, artes plásticas, teatro, literatura e exposições, além de outras manifestações artísticas. Dentre as atrações realizadas recentemente, destacam-se os musicais “Bibi - Histórias e Canções”, “Chacrinha, O Musical”, “Elis - A Musical”, “A Família Addams”, “O Rei Leão”,  “Bem Sertanejo”, “Les Misérables”, “60 – Década de Arromba”, “Cinderella” e “Wicked”, além da “Série Dell'Arte Concertos Internacionais”, “Ballet Zorba, O Grego” e a exposição “Cavaletes de Cristal de Lina Bo Bardi no MASP”. Para conhecer o calendário 2018 dos espetáculos patrocinados e apoiados pelo Circuito Cultural Bradesco Seguros, acesse www.bradescoseguros.com.br, clique na opção “Outros Portais” e “Circuito Cultural”.           Serviço ‘Peter pan, o musical’ Local: Cidade das Artes (Av. das Américas, 5300) Estreia: 21 de junho Temporada: até 18 de agosto   Horários: Sextas: 20h30 Sábados e domingos: 16h e 20h     Preços: Plateia 1- R$ 240,00 Plateia 2 – R$ 220,00 Fosso – R$ 240,00 Frisa lateral – R$ 160,00 Camarote 2º nível- R$ 50,00 Galeria Alta – R$ 50,00 Galeria Baixa – R$ 50,00   Classificação etária: livre   Vendas na bilheteria do teatro ou através do ingresso rápido (www.ingressorapido.com.br)   Ponto de Venda Sem Taxa de Conveniência: Bilheteria Cidade das Artes. Endereço:  Av. das Américas, 5300 Horário de Funcionamento: De Terça a domingo, das 13h às 19h.   Capacidade do Teatro: 1200 lugares.     Benefícios de Meia-Entrada:   ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela ANPG, UNE, Ubes, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos, conforme modelo único nacionalmente padronizado. Os elementos indispensáveis da CIE são: I - nome completo e data de nascimento do estudante; II - foto recente do estudante; III - nome da instituição de ensino na qual o estudante esteja matriculado; IV - grau de escolaridade; e V - data de validade até o dia 31 de março do ano subsequente ao de sua expedição. Consulte também: www.documentodoestudante.com.br - conforme Lei Federal 12.933/13, Decreto Federal 8.537/15 e Medida Cautelar Provisória concedida pelo STF em 29/12/2015.   Não serão aceitos boletos bancários, declaração de matrícula e carteirinhas fora do padrão acima. *A comprovação da meia entrada deverá ser apresentada no ato da compra e no dia do evento.      IDOSOS (pessoas com mais de 60 anos) mediante apresentação do documento de identidade oficial com foto. - conforme Lei Federal 10.741/03 e Decreto Federal 8.537/15. JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA, com idades de 15 a 29 anos, mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto. - conforme Lei Federal 12.933/13 e Decreto Federal 8.537/15.   PESSOAS COM DEFICIÊNCIA e acompanhante quando necessário mediante apresentação do Cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social - INSS que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto. - conforme Lei Federal 12.933/13 e Decreto Federal 8.537/15. MENORES DE 21 ANOS mediante apresentação da Carteira de identidade ou documento com foto válido. - conforme Lei Estadual n° 3.364/00. PROFESSORES E PROFISSIONAIS da rede pública municipal de ensino (apenas aqueles que atuam no município do Rio de Janeiro) mediante apresentação da Carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro. - conforme Leis Municipais n° 3.424/02 e 5.844/15.   Professores do Municipio: Carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro. (Leis Municipais nº 3.424/02 e 5.844/15)   Crianças de 2 anos ou mais pagam o valor de Meia-Entrada, menores que 2 anos não pagam mas ficam no colo, necessario estar com documento de comprovação. (RG ou Copia da certidão de nascimento)   O benefício de meia-entrada é assegurado para 40% do total de ingressos disponíveis para cada evento, conforme o Decreto nº 8.537/15. Nas compras na bilheteria deve-se apresentar os comprovantes de meia-entrada no ato da compra e no ato da entrada, conforme o Decreto nº 8.537/15.         Assessoria de Imprensa: Xavante Comunicação Alan Diniz alan@xavantecomunicacao.com.br (21) 99473.6974 [+] saiba mais