Fundação Cidade das Artes

Programação » Conversa Literária | Literatura e Liberdade

Evento Encerrado

Conversa Literária | Literatura e Liberdade



A Conversa Literária do dia 23/05 será sobre o tema "Literatura e Liberdade" com os escritores convidados Simone Ricco, Tom Farias, Otávio Cesar Jr., Henrique Rodrigues e os atores Jonathan Haagensen e Marcos Aurelio Ribeiro sobre como a Educação, a Arte e a Literatura podem levar à libertação de qualquer tipo de Escravidão. Para tanto, falarão sobre seus livros, projetos, trabalhos que são pra lá de excelentes e vêm fazendo a diferença em vários setores da sociedade.

 

Convidados

 

Henrique Rodrigues - nasceu no Rio de Janeiro, em 1975. É mestre e doutor em Letras pela PUC-Rio e trabalha na gestão de projetos literários no Sesc Nacional. Participou de várias antologias literárias, organizou algumas e é autor de 13 livros, entre poesia, infantis, juvenis romance. Site do autor: www.henriquerodrigues.net  

 

Jonathan Haagensen – nasceu em 1983 na comunidade do Vidigal, é fruto da companhia teatral "Nós do Morro", onde estudou interpretação, canto, cenografia, artes plásticas e dança desde os 15 anos de idade.

Em 2002, ao estrelar o filme brasileiro indicado ao Oscar "Cidade de Deus" com o personagem "Cabeleira", um dos protagonistas do longa de Fernando Meirelles, Jonathan ganhou reconhecimento internacional e sua carreira no cinema não parou mais.

Em 2009, formou, com amigos de profissão, o grupo "Melanina Carioca" e vem se apresentando em todo o Brasil.

Jonathan integra o elenco da nova série O Mecanismo do canal Netflix, e terminou há pouco as filmagens de outras duas séries: Rua Augusta, que estreia em breve no canal TNT e Carcereiros, para a Rede Globo.

 

 

Marcos Aurélio Ribeiro – Ator, diretor, músico, professor do Projeto Curta Escola, desde 2007, levando o cinema para as comunidades e para as escolas para inserir os alunos no mercado de trabalho e Diretor da Cultura Filmes.

 

Otávio Jr – nasceu em 1983, carioca do subúrbio do Rio de Janeiro, ator, performancer-literário, contador de histórias e produtor executivo teatral. Atua no segmento de entretenimento infantil desde 1998. É o coordenador-executivo do Projeto Ler é 10/Leia Favela, desenvolve programas e atividades de promoção de leitura, é pesquisador autodidata de literatura infantojuvenil. Escreve contos, roteiro de história em quadrinhos e poesias infantojuvenis.

 

Simone Ricco - Carioca, professora Mestra em Literaturas Africanas. Atua como articuladora em diferentes frentes da produção cultural negra – literatura. Curadoria, audiovisual e cineclubismo, colaborando com projetos e coletivos que dinamizam a vida cultural na periferia carioca e empreendem ações efetivas para implementar a educação das relações raciais e combate ao racismo.

 

Tom Farias – Jornalista, escritor, crítico literário, biógrafo de Cruz e Souza e Carolina de Jesus, lançado recentemente pela Editora Malê. Recebeu o Prêmio Sílvio Romero de crítica e história literária da Academia Brasileira de Letras (ABL), com o livro Reencontro com Cruz e Sousa (Editora Papa Livro, 1990). Finalista do Prêmio Jabuti/2009 com o livro Cruz e Sousa: Dante Negro do Brasil (Pallas Editora, 2008) é Assessor Especial da Presidência da FAETEC. Especialista em Literatura do século XIX, com destaque para os autores afro-brasileiros.

 

Mediação: Cintia Barreto – Professora, escritora, crítica literária e produtora cultural. Doutora em Literatura Brasileira pela UFRJ. Coordenadora do Curso de Pós-graduação em Leitura e Literatura Infantil e Juvenil na Universidade Católica de Petrópolis (UCP). Professora de Língua Portuguesa do Colégio Estadual André Maurois. Ministra Cursos de Formação para Professores. Atualmente, leciona o Curso Escrita Criativa no SESC em Três Rios e ministra aulas de Literatura na Universidade da Mulher na Universidade Cândido Mendes. Curadora dos projetos Conversa Literária na Cidade das Artes, Poetas do Maurois e da Festa Literária do André Maurois (FLAM).

Projetos CDA

Informações Gerais

Datas

23/05

Horários

Quarta - 15h 

Local

Cidade das Artes

Sala

Sala de Ensaio III

Classificação Etária

Livre

Programação Gratuita

Demais Eventos da Programação

Acompanhe nossa Programação On-line 17/04 a 28/12 Projetos CDA Você #ficaemcasa e a gente te entrega ao vivo: CULTURA, EMPREENDENDORISMO, CONHECIMENTO, ARTE, GASTRONOMIA, MÚSICA E MUITO MAIS.   Acompanhe a programação online que preparamos para você em nossas redes sociais: Facebook: cidadedasartes Instagram: cidadedasartes_ Twitter: fundcda Youtube: CidadedasArtes   Você é nosso convidado! Vem com a gente! [+] saiba mais Drive-in das Artes | Vendas Abertas 18/06 a 30/11 Outros Cine Drive-in das Artes é a mais nova opção de diversão para os cariocas A tela de mais de 200m² foi montada no estacionamento da Cidade das Artes e o local pode receber até 100 automóveis simultaneamente, com duas pessoas para sessões adultas e quatro, sendo duas crianças, para os filmes infantis. Todas as regras de segurança e higiene por causa da pandemia da Covid-19 serão seguidas e as vendas só acontecerão online. "A Palonvitas se uniu à Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Cidade das Artes para oferecer ao carioca mais uma opção de lazer em meio a esse momento delicado que vivemos. Queremos trazer de volta o prazer das pessoas verem um filme sem ser em casa. E tudo com a máxima segurança", explicou Felipe Palermo, um dos idealizadores do projeto e sócio da Palonvitas.  Para a prevenção de riscos à saúde de visitantes e funcionários, a novidade que se tornou símbolo da retomada das atividades culturais da pasta conta com um planejamento elaborado a partir de normas higiênico-sanitárias, como as Regras de Ouro e o protocolo específico para eventos criados pela Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses. "Desde o início das restrições nós refletimos com outros órgãos da Prefeitura, setor cultural e a sociedade civil, as formas de oferecer entretenimento e arte à população. Durante esse tempo, a secretaria realizou atividades online com um empenho incrível de nossas equipes. Só nas nossas redes, cerca de 370 mil pessoas curtiram projetos de sucesso como o Vira Rio Cultural no Dia do Trabalhador, ou o Cinema nas Janelas da RioFilme. A Cultura nunca parou, mas agora o Drive-In simboliza a retomada com todo o charme do cinema dos anos 70, em um momento que discutimos protocolos sanitários para a reabertura dos equipamentos com segurança", explicou o secretário municipal de Cultura, Adolfo Konder. A venda exclusiva de ingresso online é uma das medidas de prevenção e combate ao novo coronavírus. Na entrada do drive-in, um funcionário usando equipamentos de proteção individual (EPIs) vai orientar o público sobre a localização da vaga comprada pela internet. Os lanches serão entregues através da janela do carro e somente com a utilização das máscaras. E para ir ao banheiro, o visitante será transportado em um carrinho de golfe. Não haverá filas e os sanitários serão higienizados a cada uso. "Assim que saiu o decreto em março, nós pensamos que o Drive-In seria uma alternativa realmente viável porque o contato pessoal é zero, você não sai do carro. Começamos a buscar parcerias e hoje temos muita alegria de realizar esse projeto para a cidade do Rio de Janeiro. Idealizamos todos os detalhes para trazer o charme do drive-in dos anos 70, e agora a ideia é expandir e pensar em novas atrações ao ar livre, considerando o excelente espaço que temos", resume a presidente da Cidade das Artes, Renata Monteiro. [+] saiba mais