Fundação Cidade das Artes

Programação » Semana da Cultura Chinesa - Ano Novo Chinês

Evento Encerrado

Semana da Cultura Chinesa - Ano Novo Chinês



Com programação organizada pelo Consulado-Geral da República Popular da China no Rio de Janeiro e Associações Culturais Chinesas no estado, com o apoio da Fundação Cidade das Artes e da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura do Rio de Janeiro

 

Um grupo formado por 20 artistas de Guiyang, da província de Guizhou, no sudoeste da China, participará do evento com apresentações especiais inéditas no Brasil.

 

Em 2018, a cidade do Rio de Janeiro será palco da segunda edição de comemoração do Ano Novo Chinês (Ano do Cachorro) e da Semana da Cultura Chinesa no Rio. Após 2017 focar o centro (Lapa), a edição de 2018 será realizada logo após o Carnaval, dias 15 e 16  (16h às 22h), 17 (12h às 22h) e 25 de fevereiro (das 18h às 20h), na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca.

E como atração especial do evento, pela primeira vez no Brasil, haverá participação do Grupo Artístico Cultural de Guiyang, da província de Guizhou. Região com maior concentração de etnias chinesas, cerca de 48. E palco de grandes festivais culturais da China – mais de mil por ano.

É este celeiro de artistas de Guiyang que a Cidade das Artes receberá este grupo, que mostrará pela primeira vez no Brasil a “Dança artística com tambores de madeiras”, considerada como um Patrimônio Cultural da China.   

 

Guizhou

Localizado no sudoeste da China, esta província é adjacente a Sichuan e Chongqing ao norte, Yunnan ao oeste, Guangxi ao sul e Hunan a leste. É um lugar pitoresco com abundantes locais cênicos naturais e culturais. Muitas minorias étnicas chinesas vivem nesta terra há séculos. Os visitantes dessa área não só podem apreciar várias atrações, mas também descobrir os costumes e culturas populares ricas e distintas dos diferentes grupos étnicos.

Esta província é o lar de 48 grupos étnicos da China – segunda com maior concentração, após a província de Yunnan. Cada grupo étnico desenvolveu seus próprios costumes e culturas únicas, com hábitos de vida simples e originais, em moradias com estilos arquitetônicos exclusivos e vestimenta em trajes exóticos e coloridos. Mais de 1.000 festivais são celebrados por grupos étnicos a cada ano em Guizhou. Os festivais mais famosos incluemSanyuesan Festival e Sister's Meal Festival na primavera, Liuyueliu Festival no verão e Shui New Year Festival no outono.

 

A programação é organizada pelo Consulado-Geral da República Popular da China no Rio de Janeiro e Associações Culturais chinesas no estado, com o apoio da Fundação Cidade das Artes e da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura do Rio de Janeiro

 

Dois grupos da China, formados por 40 artistas, de Guiyang, da província de Guizhou, no sudoeste da China, participarão do evento com apresentações especiais inéditas no Brasil

 

Em 2018, a cidade do Rio de Janeiro será palco da segunda edição de comemoração do Ano Novo Chinês (Ano do Cachorro) e da Semana da Cultura Chinesa no Rio. Após 2017 focar o centro (Lapa), a edição de 2018 será realizada logo após o Carnaval, dias 15 e 16 (16h às 22h), 17 (12h às 22h) e 25 de fevereiro (das 18h às 20h), na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca.

 

E como atração especial do evento, pela primeira vez no Brasil, dois grupos da China desembarcarão no Rio, Grupos Artísticos Culturaias de Guiyang, da província de Guizhou. Região com maior concentração de etnias chinesas, cerca de 48. E palco de grandes festivais culturais da China – mais de mil por ano.

 

Dias 15/02 (Grande Sala) e 16/02 (palco Jardins), o evento recebe o grupo de dança e performances. E dia 25/02 será a vez do grupo de dança e acrobacias (ver programa abaixo).

 

Além dos grupos vindos da China, o festival terá apresentações culturais da comunidade chinesa no Rio, como a dança do Dragão e Leão.

 

Ano novo chinês

 

Desde 2017, a data é comemorada na cidade do Rio de Janeiro pelo Consulado-Geral da República Popular da China no Rio de Janeiro e pelas Associações existentes no estado, em parceria inédita com a Secretária de Cultura da Prefeitura do Rio de Janeiro/Fundação Cidade das Artes.

 

O Ano-novo chinês é uma comemoração adotada por diversas nações do Oriente que seguem um calendário tradicional distinto do Ocidental, o Calendário chinês. As diferenças entre os dois calendários fazem que a data de início de cada ano novo chinês caia a cada ano em uma data diferente do calendário ocidental. Os chineses relacionam cada novo ano a um dos doze animais que teriam atendido ao chamado de Buda para uma reunião. Apenas doze se apresentaram. Buda em agradecimento os transformou nos signos da Astrologia chinesa. Os doze animais do Horóscopo chinês a que correspondem os anos chineses são celebrados de acordo com a ordem que teriam se apresentado a Buda na lenda: rato, búfalo/boi, tigre, coelho, dragão, cobra, cavalo, cabra, macaco, galo, cão (cachorro) e o porco.

 

Ano do Cão (cachorro)

 

O Cão (戌) é um dos animais do ciclo de 12 anos que aparece no Zodíaco da Astrologia chinesa e no Calendário chinês.

 

Atributos

Leal, confiável, compassivo, protetor e sempre pronto para ajudar. Fortemente defensivo no que diz respeito à família e amigos, não se segura quando vê pessoas sendo difamadas; mas, por vezes, a recusa em ouvir avisos quanto ao comportamento de crianças ou outros entes amados, pode levar a sérios problemas domésticos. Está sempre pronto a ouvir as queixas alheias e tem sempre um ombro pronto para que chorem nele. Suas raras demonstrações de ira são quase sempre justificadas, mas erros são rapidamente esquecidos e ressentimentos só são mantidos contra aqueles fora do círculo íntimo da família e dos amigos.

 

 

ANO NOVO CHINÊS 2018 E SEMANA DA CULTURA CHINESA NO RIO

 

Data: fevereiro de 2018 - dias 15 e 16 (das 16h às 22h), 17 (12H às 22h) e 25 (das 18h às 20h).

 

Local: Cidade das Artes – Avenida das Américas, 5300 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro/RJ

 

Redes Sociais:  ANO NOVO CHINA RIO (Facebook, twitter e Instagram)

 

POR DENTRO DA PROGRAMAÇÃO - DIAS E HORÁRIOS

(Quinta) 15/02 e (sexta) 16/02 (16h às 22h);

(SÁBADO) 17/02 (12h às 22h) e (DOMINGO) 25/02 (18h às 20h).

 

Dia 15/02 o evento funcionará em dois ambientes:

1 - Palco e estrutura nos jardins da Cidade das Artes - Entrada gratuita!

2 - Grande Sala – Entrada paga!

 

Dias 16/02 e 17/02 o evento só funcionará como festival, nos jardins, com palco e barracas. Não haverá apresentação na Grande Sala.

 

Dia 25/02 o evento só terá uma única apresentação na Grande Sala (paga). Não haverá festival com barracas e shows no palco dos jardins.

 

ENTENDA O FESTIVAL - ENTRADA GRATUITA

Festival com barracas e apresentações culturais (MONTADO NOS JARDINS).

Barracas: gastronomia, artesanato, bebidas, massagem, moda, presentes, brindes, etc.

Palco: dança, música, artes, vídeos, desfiles, shows, etc.

Obs: as apresentações artísticas serão feitas durante todo o horário do festival, com intervalos de uma hora.

ATENÇÃO: dia 16/02, às 19h, haverá apresentação ESPECIAL no palco do festival (montado nos jardins), com entrada gratuita, do grupo artístico vindo da China.

Apresentações na Grande Sala. Entrada paga.

Dois grupos vindos da China! Um de dança e performances (dia 15/02) e outro de dança e acrobacias (dia 25/02)

Quinta 15/02 | Grande Sala | 19h às 20h30 
Domingo 25/02 | Grande Sala | 18h às 20h  

 

1 - Grupo de dança e acrobacias

A dança e arte chinesa são milenares. Artistas chineses são à base de muitos números famosos nas mais importantes companhias de circo e teatros no mundo. E a cidade do Rio de Janeiro vai receber numa apresentação única o espetáculo oriundo do “Festival of Spring”, um dos mais famosos da China, que ocorre na província de Guizhou – uma das mais importantes da China na área cultural.

 

E como uma das atrações especiais do evento, pela primeira vez no Brasil, haverá participação do Grupo de Dança e Acrobacias da Província de província de Guizhou (formado por 20 artistas). Região com maior concentração de etnias chinesas, cerca de 48. E palco de grandes festivais culturais da China – mais de mil por ano. Dentre eles, o famoso “Festival of Spring”, que reúne os melhores grupos étnicos da China e que traia milhares de pessoas da China e do mundo. Um patrimônio mundial da China.

 

É deste celeiro de artistas de Guiyang que a Cidade das Artes receberá este grupo, que mostrará, pela primeira vez no Brasil, várias performances de danças e acrobacias (ver abaixo roteiro do espetáculo). Um dos destaques é a performance “Festival de Luzes”, um símbolo da cultura étnica de Yi, que representa uma das tradições mais importantes pelo fato de ser uma cultura histórica e popular. É reconhecida na China e no exterior como o “Carnaval Oriental”.

 

Programação do Festival de Primavera – 2018

 

1) “Festival Feliz” – Performance misto

O Festival de Luzes é um símbolo da cultura étnica de Yi e é uma das tradições mais importantes pelo fato de ser uma cultura histórica e popular, tanto que é conhecida no país e no exterior como o “Carnaval Oriental”.

2) “Canto das folhas” - Performance acústico 

O assobio das folhas é muito praticado pelos jovens do grupo étnico Miao e é considerado como uma forma de transmitir amor e carinho mútuo.

3) “Tingir o céu de vermelho” - Performance feminina 

Por meio da dança cultural étnica originária da província de Guizhou podemos perceber a grandeza da passagem da puberdade de uma bela menina para a maternidade. 

4) “Dança do sino” - Performance masculino 

É uma espécie de dança realizada pelos guerreiros do grupo étnico Yi, da província de Guizhou, para representar as técnicas praticadas nos rituais de sacrifício. 

5) “Dança ” - Show interativo

Convida todos os presentes a participar de uma dança sob estilo da cultura minoritária étnica de Guizhou e a experiência de tocar o famoso instrumento de sopro da região.

6) “Dança artística com tambores de madeiras” – Dança e performance acústico 

Performance inspirado na cultura étnica da província de Guizhou, a qual a ação de dançar ao som da batida do tambor é uma atividade de adoração à natureza e aos seus antepassados. É considerado como um patrimônio cultural da China.

7) “Mulheres de Miao com joias de prata” – Performance feminina

Os bordados feitos pelas mulheres do grupo étnico Miao é considerado na China como um dos tesouros nacionais. Durante as comemorações do festival da Primavera na província de Guizhou, as mulheres desfilam com grandiosos vestidos tradicionais e junto a elas, os ornamentos feitos de prata originados da região do povo Miao. 

8) “Canto de Brinde” – Dueto de dança

Na grande festa da recepção de boas-vindas, em Guizhou, a cerimônia mais esperada pelo povo Miao é o momento em que todos os presentes fazem o brinde em conjunto. No ato da celebração é utilizado um chifre de boi para transformá-lo em uma taça de vinho para brindar todos os convidados e desejando-os paz e felicidade para todo o sempre. 

9) Desfile das vestimentas do grupo étnico de Guizhou

 

2 - Grupo de dança e performances 

Com duas apresentações, com 20 artistas, grupo de dança e performance de Guiyang mostrará pela primeira vez no Brasil a “Dança artística com tambores de madeiras”, considerada como um Patrimônio Cultural da China.

 

Espetáculo do Grupo Artístico Cultural de Guiyang

 

O espetáculo é dividido em oito partes, com a seguinte divisão:

1)“Dança artística com tambores de madeiras” – Dança e performance acústico

Performance inspirado na cultura étnica da província de Guizhou, a qual a ação de dançar ao som da batida do tambor é uma atividade de adoração à natureza e aos seus antepassados. É considerado como um patrimônio cultural da China. (Dança)

2) “Canto das folhas” - Performance acústico

O assobio das folhas é muito praticado pelos jovens do grupo étnico Miao e é considerado como uma forma de transmitir amor e carinho mútuo. (Instrumentos musicais)

3) “Tingir o céu de vermelho” - Performance feminina

Por meio da dança cultural étnica originária da província de Guizhou podemos perceber a grandeza da passagem da puberdade de uma bela menina para a maternidade. (Dança)

4) “Dança do sino” - Performance masculino

É uma espécie de dança realizada pelos guerreiros do grupo étnico Yi da província de Guizhou para representar as técnicas praticadas nos rituais de sacrifício. (Dança)

5) “Você é como uma flor” – Canção em dueto

A canção de amor cantada pelos jovens do grupo étnico Miao é considerada uma forma de intensificar os sentimentos de amor, carinho e parceria entre eles, favorecendo o entendimento mútuo, a reunião e a conversação. (Canção)

6) “Dança nacional” - Show interativo

Convida todos os presentes a participar de uma dança sob estilo da cultura minoritária étnica de Guizhou e a experiência de tocar o famoso instrumento de sopro da região. (Dança)

7) “Mulheres prateadas de Miao” – Performance feminina

Os bordados feitos pelas mulheres do grupo étnico Miao é considerado na China como um dos tesouros nacionais. Durante as comemorações do festival da Primavera na província de Guizhou, as mulheres desfilam com grandiosos vestidos tradicionais e junto a elas, os ornamentos feitos de prata originados da região do povo Miao. (Dança)

8) “Brinde” – Dueto de dança

Na grande festa da recepção de boas-vindas, em Guizhou, a cerimônia mais esperada pelo povo Miao é o momento em que todos os presentes fazem o brinde em conjunto. No ato da celebração é utilizado um chifre de boi para transformá-lo em uma taça de vinho para brindar todos os convidados e desejando-os paz e felicidade para todo o sempre. (Dança)

 

Guizhou

 

Localizado no sudoeste da China, esta província é adjacente a Sichuan e Chongqing ao norte, Yunnan ao oeste, Guangxi ao sul e Hunan a leste. É um lugar pitoresco com abundantes locais cênicos naturais e culturais. Muitas minorias étnicas chinesas vivem nesta terra há séculos. Os visitantes dessa área não só podem apreciar várias atrações, mas também descobrir os costumes e culturas populares ricas e distintas dos diferentes grupos étnicos.

 

Esta província é o lar de 48 grupos étnicos da China – segunda com maior concentração, após a província de Yunnan. Cada grupo étnico desenvolveu seus próprios costumes e culturas únicas, com hábitos de vida simples e originais, em moradias com estilos arquitetônicos exclusivos e vestimenta em trajes exóticos e coloridos. Mais de 1.000 festivais são celebrados por grupos étnicos a cada ano em Guizhou. Os festivais mais famosos incluem Sanyuesan Festival e Sister's Meal Festival na primavera, Liuyueliu Festival no verão e Shui New Year Festival no outono.

 

 

Festival

Informações Gerais

Datas

15/02 a 17/02

Horários

Quinta 15/02 | Praça Coberta | 16h às 22h 

Quinta 15/02 | Grande Sala | 19h às 20h30

Sexta 16/02 | Praça Coberta | 16h às 22h 

Sábado 17/02 | Praça Coberta | 12h às 22h

 

* Serão cobrados ingressos apenas para os eventos na Grande Sala.

* A entrada é gratuita para os eventos na Praça Coberta.

Local

Cidade das Artes

Sala

Classificação Etária

Livre

Preços

Inteira Grande Sala : R$ 40,00

Meia Grande Sala : R$ 20,00

Redes Sociais

ciadeborahcolker codeborahcolker

Em caso de compra de ingresso pelo call center ou pelo site é possível escolher somente o setor que você deseja. O próprio sistema identifica as cadeiras livres no setor escolhido e emite os ingressos referentes aos lugares vagos. Comprando o ingresso diretamente na bilheteria da Cidade das Artes é possível escolher setor e cadeira.

Demais Eventos da Programação

Maquete de LEGO® do Rio de Janeiro 01/01 a 31/01 Artes Visuais LEGO® doa ao Rio de Janeiro a maquete feita com 947 mil peças A maquete do Rio de Janeiro feita totalmente em LEGO foi construída para homenagear de forma criativa e inusitada a cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2016 e ficará exposta permanentemente na Cidade das Artes como legado cultural.   A construção destaca os 25 importantes ícones da cidade como o Pão de Açúcar, o Cristo Redentor, os Arcos da Lapa, o Maracanã, entre outros.   SOBRE A MAQUETE Com quase 1 metro de altura, cerca de 30 m², mais de uma tonelada e meia e com 947 mil peças, a LEGO® montou a sua maior construção já realizada para a América Latina, reproduzindo em blocos 25 ícones do Rio de Janeiro, escolhidos em conjunto com a Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Empresa Olímpica Municipal (EOM) em 2016.   Foi a primeira vez que uma construção desse tipo demandou esforços de três equipes de diferentes fábricas da LEGO de forma simultânea, localizadas nos Estados Unidos, Dinamarca e República Tcheca. Foram necessárias mais de 50 pessoas no projeto, comandado pelos Master Builders, designers especializados na criação de esculturas com os blocos da marca.   Durante os Jogos de 2016, a maquete recebeu mais de 85 mil pessoas de diversas nacionalidades e idades, com uma grande presença de famílias inteiras, que a visitaram no Boulevard Olímpico, local onde ficou exposta.   Os 25 ícones representados na maquete de LEGO da cidade do Rio de Janeiro: 1. Cristo Redentor 2. Pão de Açúcar 3. Copacabana Palace 4. Calçadão de Copacabana 5. Arpoador 6. Calçadão de Ipanema 7. Lagoa Rodrigo de Freitas 8. Jardim Botânico 9. Floresta da Tijuca 10. Morro Dois Irmãos 11. Pedra da Gávea 12. Parque Olímpico do Rio 13. Parque Radical 14. Parque Madureira 15. Estádio Olímpico Nilton Santos (conhecido popularmente por Engenhão) 16. Igreja da Penha 17. Avenida Brasil / BRT 18. Estádio do Maracanã 19.  Sambódromo da Marquês de Sapucaí 20. Praça Mauá 21. Arcos da Lapa 22. VLT 23. Aterro do Flamengo 24. Comunidade Dona Marta 25. Catedral Metropolitana   Sobre o Grupo LEGO® O Grupo LEGO® é uma empresa privada com sede em Billund, na Dinamarca, e tem atuação em mais de 140 países. Fundada em 1932, a empresa é de propriedade da família Kirk Kristiansen e, baseada nos blocos da marca, é uma das principais fabricantes mundiais em brinquedos de montar.   AGENDAMENTO ESCOLAR: Favor entrar em contato pelo e-mail saladeleitura.fca@gmail.com  ou pelo telefone 3325-0448 ENTRADA GRATUITA   [+] saiba mais Educativo | Cursos, Oficinas e atividades de Arte e Conhecimento 01/01 a 31/01 Arte e Conhecimento   ABRIL   LANÇAMENTO DO LIVRO ´SOU ADULTO AUTISTA! E DAÍ?` DA ESCRITORA E PEDAGOGA NANCÍLIA PEREIRA Data: 02/04  Horário: Quinta - 17h às 20h Classificação Etária: Livre Local: Sala de Leitura GRATUITO Saiba Mais     CURSOS E OFICINAS   MEDITAÇÃO E DEEKSHA | Janeiro a Dezembro Data: 08/01 a 16/12 Horário: Quarta - 19h30 Classificação Etária: Livre Local: Sala DIVAS GRATUITO Saiba Mais IN CONCERT | ESCOLA DE MÚSICA DA ASSOCIAÇÃO DE AMIGOS DA CIDADE DAS ARTES  Data: 06/01 a 22/12 Horário: Instrumentos | Segunda a Sexta - 10h às 19h  |  Sábado - 10h às 13h  |  Canto Coral | Terças - 19h às 21h Classificação Etária: Livre Local: Sala de Música Saiba Mais OFICINA DE PERCUSSÃO DU RIO Data: 09/01 a 17/12 Horário: Quintas - Turma iniciante - 18h45  |  Turma principal - 19h45  Classificação Etária: 12 Anos Local: Sala Divas 1 Saiba Mais   PROJETO JOVENS MUSICOS DA CIDADE DAS ARTES | TECLADO E VIOLÃO Data: 11/02 a 02/07 Horário: Terças ou Quintas de 09h às 11h ou 14h às 16h  Classificação Etária: 10 a 18 Anos Local: Sala de Música Saiba Mais   CURSO DE CANTO CORAL DA CIDADE DAS ARTES Data: 11/02 a 02/07 Horário: Terças - 16h às 17h - Turma A (10 a 17 anos)  |  17h às 18h - Turma B (18 em diante) Quintas - 17h às 18h - Turma C (10 a 17 anos)  |  18h às 19h - Turma D (18 em diante) Classificação Etária: 10 anos Local: Sala de Leitura Saiba Mais     [+] saiba mais X DANCE - Dança 27/01 a 02/02 Dança Chega a sua sexta edição o festival X Dance, Idealizado e produzido pelo Diretor e Coreógrafo Caio Nunes, o X DANCE tem importante papel no calendário nacional da dança do Brasil. Já com planos de internacionalizar as próximas edições do evento, hoje, já contamos com participações de artistas das 5 regiões do Brasil e de alguns integrantes da América do Sul. O X Dance reúne nomes importantes da dança, seu corpo docente conta com Ana Botafogo, Cecília Kerche, Nora Esteves, Adriana Villela, Gustavo Lopes, Beatriz de Almeida, esses em sua maioria vão estar dando aulas para o adulto (6 X Ballet) e para o X Ballet Jr (de 11 à 13 anos). Monique Paes, Jhean Alex, Tati Sanchis, Caio Nunes, Eliane Fetzer, Edy Wilson, Thiago Caetano, Soraya Bastos vão estar presente no 8 X Jazz e em sua maioria no X Jazz Jr (de 11 à 13 anos). Para a dança urbanas os incríveis profissionais: Julio Molina com o seu Hip Hop criativo (a partir dos 12 anos), Arielle Macedo, Tati Sanchis e o novo lançamento no X DANCE de K-POP de Thiago Miyamura. Nos cursos teóricos os grandes mestres e as suas aulas: Tati Sanchis – Gestão de carreira para professores Juliano Fonseca – Mais que dança Erica Mendes – Aulas Encantadoras Lú Braga – Coordenando-se Michell Baes – Metodologia de ensino aplicada em Danças Urbanas Carla Martins – Plano Curricular para Jazz Dance infantil E os Xspecials : Juliana De- Veccki – Broadway Class, Marcelo Pereira – Moderno Contemporâneo, Andrea Raw – Técnica de Lester Horton, Carlos Laerte – Composição Coreográfica, Richard Gonçalves – Preparação e fortalecimento para bailarinos, Rafael Gomes – Dança Contemporânea, Também para as crianças de 7 à 10 anos: Carlos Leça, Tatiana Estrella, Giu Malhem, Caio Nunes (4 X Litlle Jazz), uma maravilhosa oficina de montagem que já é sucesso pelo o Pais. No X Oriental vai ser abordado os seguintes temas: Samara Sanches - Quadril criativo -Leitura para percurso, Elementos de cena- Xale e Leque. Liane de Luna - Castanholas e corpo Flamenco para dança cigana - Rumba. Grandes novidades: Coaching com João Wlamir, X Jazz Sênior com Soraya Bastos e Marcia Albuquerque, X Ballet Sênior com Flavia Burlini. Com o alcance de mais de 1.500 pessoas em 2019. O evento oferece aos participantes uma experiência única de conhecimento e intercâmbio aos profissionais e artistas. Aos bailarinos o intercâmbio ocorre dentro e fora do país, trazendo oportunidades de conhecimento cultural e trabalho. “Para essa edição de 2020 eu quis transportar o evento para onde pudéssemos multiplicar mais ainda com a diversidade nos olhares, por isso eu implantei o Junior e o Sênior. O Junior para que essa galerinha de 11 à 13 anos que representam o nosso futuro possa ter a oportunidade de terem aulas com grandes Mestres e já aprendam como se comportar e como entender em seu corpos uma outra abordagem, e no Sênior para que cada vez possamos entender que não existe idade certa para dançar, que a dança é para todas as idades.” Afirma Caio nunes. O XDance fomenta o público com cursos práticos e teóricos, palestras, batalhas, debates, encontro de arte e educação, olhares diversificados, mostras de dança, workshop pagos, apresentações e oficinas gratuitas para todas as idades, proporcionando arte e cultura para sociedade. “A Cidade das Artes recebe o X DANCE de braços abertos e nesta edição o Palco X e a Mostra X vai ser uma grande explosão, além do Clube do Passinho, da Cypher e teremos as grandes Escolas de Dança do Rio de Janeiro com aulas publicas abertas aos interessados com grandes profissionais de dança e grandes apresentações, mostrando de forma natural que a Dança nos une e que juntos somos mais fortes! “Caio. [+] saiba mais Beethoven Fest 2020 | Concerto 08/02 Música BEETHOVEN FEST 2020   Em 2020 comemoram-se os 250 anos do nascimento do mais célebre compositor de todos os tempos, Ludwig Van Beethoven.   Homenageando seu jubileu, a ORQUESTRA RIO SINFÔNICA apresenta o “Beethoven Fest 2020”, o primeiro de uma série de concertos que acontecerão em todo o Brasil, idealizado e produzido pelo pianista Nivaldo Tavares, trazendo músicos nacionais e internacionais, como nos grandes festivais europeus. A Orquestra Rio Sinfônica inaugura esse grande momento cultural brasileiro na Cidade das Artes, trazendo uma opção cultural de excelência em um formato dinâmico e original.   Programa: Ludwig Van Beethoven - Abertura Coriolano - Concerto para piano e orquestra n° 5 op.73 em mi bemol maior "IMPERADOR" - Oratório Cristo no Monte das Oliveiras para coro e orquestra   Regência: Mário Barcelos Solista: Nivaldo Tavares - piano Coro de Câmara Carioca   Orquestra Rio Sinfônica Formada pelos mais importantes músicos do cenário nacional, a Rio Sinfônica faz sua estreia na Grande Sala da Cidade das Artes no primeiro concerto do Beethoven Fest 2020. A orquestra entra na vida cultural da cidade do Rio de Janeiro, ao mesmo tempo em que cria oportunidade para músicos brasileiros de formação internacional, de apresentarem um trabalho de alto nível. Sua formação é tanto sinfônica quanto camerística, o que possibilita uma abrangência de repertório clássico e contemporâneo.   Nivaldo Tavares Premiado em inúmeras competições nacionais e internacionais, obtendo oito vezes o primeiro lugar, Nivaldo Tavares é reconhecidamente um dos grandes pianistas da atualidade, merecendo elogios de críticos e artistas de renome internacional como Andrei Gavrilov, Nelson Freire, Maria João Pires, Antônio Guedes Barbosa, Robert Groslot e Martha Argerich, que se surpreendeu com sua técnica, imaginação e intuição.   Tem se apresentado por todo o Brasil, Estados Unidos, Bélgica, Holanda, Alemanha, Itália, Espanha, França, Argentina e Áustria, bem como em grandes festivais, como o Martha Argerich Festival (Buenos Aires), Folle Journeè (Rio de Janeiro), Festival de Inverno de Petrópolis, Festival Tchaikovsky (Brasília), Festival Beethoven (Brasília), Les Nuits Brésiliennes (Paris, Berlim e Madrid) e International Mozart Festival na Áustria. [+] saiba mais Curso de Canto Coral da Cidade das Artes | 2020 11/02 a 02/07 Arte e Conhecimento As aulas de Canto Coral na Cidade das Artes têm como primeiro objetivo aproximar as pessoas da vivência musical. É um curso de Canto que contém os elementos necessários para o desenvolvimento da técnica vocal, abordando respiração, postura, afinação, Repertório, exercícios vocais, utilização correta do microfone, técnicas de ensaio, técnicas de desenvolvimento de palco, aquecimento vocal e também a aprendizagem da leitura musical. Procura-se trabalhar de forma a atingir um autoconhecimento através do canto, com uma linguagem acessível a todas as idades, com enfoque dado ao timbre da voz, interpretação e demais suportes para que o aluno encontre uma maneira própria de cantar, bem como um repertório ideal. São atividades estimulantes que ensina como canalizar a energia do corpo para a voz permitindo que o aluno desenvolva uma técnica que o possibilita cantar como os grandes intérpretes.     AUDIÇÕES Para ingressar no curso, será feito uma AUDIÇÃO nos dias e horários abaixo, mediante distribuição de senhas por ordem de chegada: - 04/02 (terça-feira) das 16h às18h - 06/02 (quinta-feira) das 17h às 19h O aluno deve vir com uma música preparada, de sua preferência, para apresentar ao professor e ser avaliado. Se aprovado, faremos a inscrição no dia. As aulas desse semestre iniciam em 11 de fevereiro e terminam em 02 de julho, com uma apresentação final.   AULAS As aulas são realizadas às terças e quintas, com 1h de duração cada turma, e serão ministradas pelo maestro Adonias Lima, membro da Associação Brasileira de Regentes de Coros e do Fórum Latino Americano de Educação Musical. Terças -  Das 16h às 17h – Turma A (Coro Juvenil - 10 a 17 anos)                 Das 17h às 18h – Turma B (Coro Master Jovem/Adulto – 18 em diante) Quintas - Das 17h às 18h – Turma C (Coro Juvenil – 10 a 17 anos)                 Das 18h às 19h – Turma D (Coro Master Jovem /Adulto – 18 em diante) CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA A PARTIR DE 10 ANOS. Conteúdo a ser aplicado PRIMEIRO SEMESTRE (CONTEÚDO) Fisiologia da voz Conhecendo nosso Aparelho Respiratório; (Nariz, Faringe, Laringe, Traqueia, Brônquios, Pulmões e diafragma) Técnica Vocal I Respiração, Articulação, vocalização, Aquecimento e Desaquecimento, expressão rítmica, Dicção, Afinação / Ressonância e Projeção /Saúde vocal. Teoria aplicada ao Canto - (Escalas Musicais e leitura de Partitura) Classificação Vocal – Divisão das Vozes Harmonização - (Desenvolvimento de Repertório) Desenvolvimento do ouvido melódico e percepção auditiva (Afinação) REPERTÓRIO – (arranjos vocais simples para vozes mistas) Inclui Musica Popular Brasileira (Samba, Baião, Bossa Nova, maracatu) / Música Erudita  Afro/ Trechos de ópera / Requiém / Missa / Gospel e Rock.   [+] saiba mais Projeto Jovens Músicos da Cidade das Artes | Teclado e Violão 11/02 a 02/07 Arte e Conhecimento O Projeto Jovens Músicos da Cidade das Artes está com vagas abertas para o primeiro semestre de 2020.   Pensando na responsabilidade social unida ao poder transformador da arte, surgiu o Projeto Jovens Músicos da Cidade das Artes, que teve início em outubro de 2017.   O projeto faz parte do cronograma do setor de Arte e Conhecimento da Cidade das Artes, que vem ao longo desses cinco anos desenvolvendo oficinas, cursos, contação de histórias, cine debates, palestras e workshops, entre outros. Nossa proposta é contribuir na formação cultural desses jovens por meio da musicalidade voltada para o violão ou teclado, do erudito ao popular, e também aulas de percepção musical.   O aluno deverá se inscrever em apenas um dos instrumentos (violão ou teclado) e receberá aulas teóricas e práticas que serão ministradas nos seguintes dias e horários: •          Terças das 9h às 11h ou •          Terças das 14h às 16h ou •          Quintas das 9h às 11h ou •          Quintas das 14h às 16h CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA DE 10 a 18 ANOS. Em cada dia e horário escolhido haverá 1h de aula prática com o professor especializado no instrumento de escolha do aluno e 1h de aula teórica (percepção musical), que juntará os alunos de ambos os instrumentos. O curso é dividido em dois módulos com duração de um semestre cada. Em caso de reprovação, o aluno terá mais uma chance de fazer o módulo, se o repetir pela segunda vez, perderá a vaga no curso.   As aulas desse semestre iniciam em 11 de fevereiro e terminam em 02 de julho.   O projeto oferece para os alunos, durante o período do curso, vale transporte e lanche no local, além do material didático. O critério de seleção será por território aliado à ordem de inscrição, atendendo à demanda das comunidades do entorno da Cidade das Artes. Entraremos em contato com os selecionados até o dia 30/01 para matrícula presencial.   CORPO DOCENTE O responsável pela coordenação artística e musical do projeto é Lito Figueroa. Maestro, produtor fonográfico, produtor musical, pianista, compositor e cantor, com mais de 30 anos de carreira.     INSCRIÇÕES: A pré-inscrição deve ser feita AQUI até o dia 29/01. Entraremos em contato com os selecionados. INFORMAÇÕES cursos.cidadedasartes@gmail.com  ou 3325-0448   [+] saiba mais Bloco do Bita | Musical Infantil 16/02 Musical BLOCO DO BITA ANIMA O CARNAVAL DA CRIANÇADA Atração conta com show, atividades lúdicas e orquestra carnavalesca Podem preparar a fantasia, o confete e a serpentina. No Bloco do Bita, a criança é a grande protagonista, mas toda a família se diverte ao som das canções que conquistaram o Brasil pela originalidade, criatividade e foco na educação com inclusão. A experiência tem início em atividades lúdicas, coordenadas por brincantes do bloco. Não demora e lá vem o estandarte do Bigode Laranja, puxando o boneco gigante do Bita e uma orquestra que entoará grandes clássicos do Mundo Bita em ritmo carnavalesco para arrastar os pequenos por todo o espaço. A seguir, é hora da apoteose, com o Show do Bita Especial de Carnaval, em que a Lila, o Tito e o Dan, com suas fantasias preferidas, apresentam no palco, junto ao Bita, 15 músicas do repertório dos seis álbuns – Bita e os Animais, Bita e as Brincadeiras, Bita e o Nosso Dia, Bita e o Corpo Humano, Bita e a Natureza e Bita e o Nosso Mundo. Claro, não vai faltar a canção Carnaval do Bita, um hino à alegria e à valorização da cultura brasileira. A interpretação fica a cargo da personagem Flora, que guia a aventura e garante muita interação com a plateia. Para Chaps Melo, um dos criadores do Mundo Bita, “Estar junto às famílias em um momento de alegria como o carnaval é sempre motivo de muita satisfação. É uma forma de intensificarmos ainda mais a relação com os fãs, pequenos e grandes, em meio ao clima de alto astral que toma conta do nosso país. ” No evento, as famílias terão ainda praça de alimentação, espaço com trocador e cantinho da soneca.    Sobre o Mundo Bita Idealizado pela Mr. Plot, o Mundo Bita é o resultado de uma combinação mágica de músicas, cores, aprendizado e alegria. Por meio de clipes musicais autorais, modernos e educativos, se tornou conhecido em todo o Brasil e faz a alegria das famílias através de canais como Discovery Kids, Netflix, PlayKids e YouTube, onde já acumula mais de 2 bilhões de visualizações. Este ano, a empresa iniciou seu processo de expansão internacional, levando o Mundo Bita também para a América Latina e Portugal. Já são 30 vídeos publicados no canal Mundo Bita Español e onze com sotaque luso, lançados no canal Mundo Bita Portugal. A animação também foi indicada ao Grammy Latino 2018, sendo a única representante brasileira do universo infantil. [+] saiba mais