Fundação Cidade das Artes

Programação » Semana da Cultura Chinesa - Ano Novo Chinês

Evento Encerrado

Semana da Cultura Chinesa - Ano Novo Chinês



Com programação organizada pelo Consulado-Geral da República Popular da China no Rio de Janeiro e Associações Culturais Chinesas no estado, com o apoio da Fundação Cidade das Artes e da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura do Rio de Janeiro

 

Um grupo formado por 20 artistas de Guiyang, da província de Guizhou, no sudoeste da China, participará do evento com apresentações especiais inéditas no Brasil.

 

Em 2018, a cidade do Rio de Janeiro será palco da segunda edição de comemoração do Ano Novo Chinês (Ano do Cachorro) e da Semana da Cultura Chinesa no Rio. Após 2017 focar o centro (Lapa), a edição de 2018 será realizada logo após o Carnaval, dias 15 e 16  (16h às 22h), 17 (12h às 22h) e 25 de fevereiro (das 18h às 20h), na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca.

E como atração especial do evento, pela primeira vez no Brasil, haverá participação do Grupo Artístico Cultural de Guiyang, da província de Guizhou. Região com maior concentração de etnias chinesas, cerca de 48. E palco de grandes festivais culturais da China – mais de mil por ano.

É este celeiro de artistas de Guiyang que a Cidade das Artes receberá este grupo, que mostrará pela primeira vez no Brasil a “Dança artística com tambores de madeiras”, considerada como um Patrimônio Cultural da China.   

 

Guizhou

Localizado no sudoeste da China, esta província é adjacente a Sichuan e Chongqing ao norte, Yunnan ao oeste, Guangxi ao sul e Hunan a leste. É um lugar pitoresco com abundantes locais cênicos naturais e culturais. Muitas minorias étnicas chinesas vivem nesta terra há séculos. Os visitantes dessa área não só podem apreciar várias atrações, mas também descobrir os costumes e culturas populares ricas e distintas dos diferentes grupos étnicos.

Esta província é o lar de 48 grupos étnicos da China – segunda com maior concentração, após a província de Yunnan. Cada grupo étnico desenvolveu seus próprios costumes e culturas únicas, com hábitos de vida simples e originais, em moradias com estilos arquitetônicos exclusivos e vestimenta em trajes exóticos e coloridos. Mais de 1.000 festivais são celebrados por grupos étnicos a cada ano em Guizhou. Os festivais mais famosos incluemSanyuesan Festival e Sister's Meal Festival na primavera, Liuyueliu Festival no verão e Shui New Year Festival no outono.

 

A programação é organizada pelo Consulado-Geral da República Popular da China no Rio de Janeiro e Associações Culturais chinesas no estado, com o apoio da Fundação Cidade das Artes e da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura do Rio de Janeiro

 

Dois grupos da China, formados por 40 artistas, de Guiyang, da província de Guizhou, no sudoeste da China, participarão do evento com apresentações especiais inéditas no Brasil

 

Em 2018, a cidade do Rio de Janeiro será palco da segunda edição de comemoração do Ano Novo Chinês (Ano do Cachorro) e da Semana da Cultura Chinesa no Rio. Após 2017 focar o centro (Lapa), a edição de 2018 será realizada logo após o Carnaval, dias 15 e 16 (16h às 22h), 17 (12h às 22h) e 25 de fevereiro (das 18h às 20h), na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca.

 

E como atração especial do evento, pela primeira vez no Brasil, dois grupos da China desembarcarão no Rio, Grupos Artísticos Culturaias de Guiyang, da província de Guizhou. Região com maior concentração de etnias chinesas, cerca de 48. E palco de grandes festivais culturais da China – mais de mil por ano.

 

Dias 15/02 (Grande Sala) e 16/02 (palco Jardins), o evento recebe o grupo de dança e performances. E dia 25/02 será a vez do grupo de dança e acrobacias (ver programa abaixo).

 

Além dos grupos vindos da China, o festival terá apresentações culturais da comunidade chinesa no Rio, como a dança do Dragão e Leão.

 

Ano novo chinês

 

Desde 2017, a data é comemorada na cidade do Rio de Janeiro pelo Consulado-Geral da República Popular da China no Rio de Janeiro e pelas Associações existentes no estado, em parceria inédita com a Secretária de Cultura da Prefeitura do Rio de Janeiro/Fundação Cidade das Artes.

 

O Ano-novo chinês é uma comemoração adotada por diversas nações do Oriente que seguem um calendário tradicional distinto do Ocidental, o Calendário chinês. As diferenças entre os dois calendários fazem que a data de início de cada ano novo chinês caia a cada ano em uma data diferente do calendário ocidental. Os chineses relacionam cada novo ano a um dos doze animais que teriam atendido ao chamado de Buda para uma reunião. Apenas doze se apresentaram. Buda em agradecimento os transformou nos signos da Astrologia chinesa. Os doze animais do Horóscopo chinês a que correspondem os anos chineses são celebrados de acordo com a ordem que teriam se apresentado a Buda na lenda: rato, búfalo/boi, tigre, coelho, dragão, cobra, cavalo, cabra, macaco, galo, cão (cachorro) e o porco.

 

Ano do Cão (cachorro)

 

O Cão (戌) é um dos animais do ciclo de 12 anos que aparece no Zodíaco da Astrologia chinesa e no Calendário chinês.

 

Atributos

Leal, confiável, compassivo, protetor e sempre pronto para ajudar. Fortemente defensivo no que diz respeito à família e amigos, não se segura quando vê pessoas sendo difamadas; mas, por vezes, a recusa em ouvir avisos quanto ao comportamento de crianças ou outros entes amados, pode levar a sérios problemas domésticos. Está sempre pronto a ouvir as queixas alheias e tem sempre um ombro pronto para que chorem nele. Suas raras demonstrações de ira são quase sempre justificadas, mas erros são rapidamente esquecidos e ressentimentos só são mantidos contra aqueles fora do círculo íntimo da família e dos amigos.

 

 

ANO NOVO CHINÊS 2018 E SEMANA DA CULTURA CHINESA NO RIO

 

Data: fevereiro de 2018 - dias 15 e 16 (das 16h às 22h), 17 (12H às 22h) e 25 (das 18h às 20h).

 

Local: Cidade das Artes – Avenida das Américas, 5300 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro/RJ

 

Redes Sociais:  ANO NOVO CHINA RIO (Facebook, twitter e Instagram)

 

POR DENTRO DA PROGRAMAÇÃO - DIAS E HORÁRIOS

(Quinta) 15/02 e (sexta) 16/02 (16h às 22h);

(SÁBADO) 17/02 (12h às 22h) e (DOMINGO) 25/02 (18h às 20h).

 

Dia 15/02 o evento funcionará em dois ambientes:

1 - Palco e estrutura nos jardins da Cidade das Artes - Entrada gratuita!

2 - Grande Sala – Entrada paga!

 

Dias 16/02 e 17/02 o evento só funcionará como festival, nos jardins, com palco e barracas. Não haverá apresentação na Grande Sala.

 

Dia 25/02 o evento só terá uma única apresentação na Grande Sala (paga). Não haverá festival com barracas e shows no palco dos jardins.

 

ENTENDA O FESTIVAL - ENTRADA GRATUITA

Festival com barracas e apresentações culturais (MONTADO NOS JARDINS).

Barracas: gastronomia, artesanato, bebidas, massagem, moda, presentes, brindes, etc.

Palco: dança, música, artes, vídeos, desfiles, shows, etc.

Obs: as apresentações artísticas serão feitas durante todo o horário do festival, com intervalos de uma hora.

ATENÇÃO: dia 16/02, às 19h, haverá apresentação ESPECIAL no palco do festival (montado nos jardins), com entrada gratuita, do grupo artístico vindo da China.

Apresentações na Grande Sala. Entrada paga.

Dois grupos vindos da China! Um de dança e performances (dia 15/02) e outro de dança e acrobacias (dia 25/02)

Quinta 15/02 | Grande Sala | 19h às 20h30 
Domingo 25/02 | Grande Sala | 18h às 20h  

 

1 - Grupo de dança e acrobacias

A dança e arte chinesa são milenares. Artistas chineses são à base de muitos números famosos nas mais importantes companhias de circo e teatros no mundo. E a cidade do Rio de Janeiro vai receber numa apresentação única o espetáculo oriundo do “Festival of Spring”, um dos mais famosos da China, que ocorre na província de Guizhou – uma das mais importantes da China na área cultural.

 

E como uma das atrações especiais do evento, pela primeira vez no Brasil, haverá participação do Grupo de Dança e Acrobacias da Província de província de Guizhou (formado por 20 artistas). Região com maior concentração de etnias chinesas, cerca de 48. E palco de grandes festivais culturais da China – mais de mil por ano. Dentre eles, o famoso “Festival of Spring”, que reúne os melhores grupos étnicos da China e que traia milhares de pessoas da China e do mundo. Um patrimônio mundial da China.

 

É deste celeiro de artistas de Guiyang que a Cidade das Artes receberá este grupo, que mostrará, pela primeira vez no Brasil, várias performances de danças e acrobacias (ver abaixo roteiro do espetáculo). Um dos destaques é a performance “Festival de Luzes”, um símbolo da cultura étnica de Yi, que representa uma das tradições mais importantes pelo fato de ser uma cultura histórica e popular. É reconhecida na China e no exterior como o “Carnaval Oriental”.

 

Programação do Festival de Primavera – 2018

 

1) “Festival Feliz” – Performance misto

O Festival de Luzes é um símbolo da cultura étnica de Yi e é uma das tradições mais importantes pelo fato de ser uma cultura histórica e popular, tanto que é conhecida no país e no exterior como o “Carnaval Oriental”.

2) “Canto das folhas” - Performance acústico 

O assobio das folhas é muito praticado pelos jovens do grupo étnico Miao e é considerado como uma forma de transmitir amor e carinho mútuo.

3) “Tingir o céu de vermelho” - Performance feminina 

Por meio da dança cultural étnica originária da província de Guizhou podemos perceber a grandeza da passagem da puberdade de uma bela menina para a maternidade. 

4) “Dança do sino” - Performance masculino 

É uma espécie de dança realizada pelos guerreiros do grupo étnico Yi, da província de Guizhou, para representar as técnicas praticadas nos rituais de sacrifício. 

5) “Dança ” - Show interativo

Convida todos os presentes a participar de uma dança sob estilo da cultura minoritária étnica de Guizhou e a experiência de tocar o famoso instrumento de sopro da região.

6) “Dança artística com tambores de madeiras” – Dança e performance acústico 

Performance inspirado na cultura étnica da província de Guizhou, a qual a ação de dançar ao som da batida do tambor é uma atividade de adoração à natureza e aos seus antepassados. É considerado como um patrimônio cultural da China.

7) “Mulheres de Miao com joias de prata” – Performance feminina

Os bordados feitos pelas mulheres do grupo étnico Miao é considerado na China como um dos tesouros nacionais. Durante as comemorações do festival da Primavera na província de Guizhou, as mulheres desfilam com grandiosos vestidos tradicionais e junto a elas, os ornamentos feitos de prata originados da região do povo Miao. 

8) “Canto de Brinde” – Dueto de dança

Na grande festa da recepção de boas-vindas, em Guizhou, a cerimônia mais esperada pelo povo Miao é o momento em que todos os presentes fazem o brinde em conjunto. No ato da celebração é utilizado um chifre de boi para transformá-lo em uma taça de vinho para brindar todos os convidados e desejando-os paz e felicidade para todo o sempre. 

9) Desfile das vestimentas do grupo étnico de Guizhou

 

2 - Grupo de dança e performances 

Com duas apresentações, com 20 artistas, grupo de dança e performance de Guiyang mostrará pela primeira vez no Brasil a “Dança artística com tambores de madeiras”, considerada como um Patrimônio Cultural da China.

 

Espetáculo do Grupo Artístico Cultural de Guiyang

 

O espetáculo é dividido em oito partes, com a seguinte divisão:

1)“Dança artística com tambores de madeiras” – Dança e performance acústico

Performance inspirado na cultura étnica da província de Guizhou, a qual a ação de dançar ao som da batida do tambor é uma atividade de adoração à natureza e aos seus antepassados. É considerado como um patrimônio cultural da China. (Dança)

2) “Canto das folhas” - Performance acústico

O assobio das folhas é muito praticado pelos jovens do grupo étnico Miao e é considerado como uma forma de transmitir amor e carinho mútuo. (Instrumentos musicais)

3) “Tingir o céu de vermelho” - Performance feminina

Por meio da dança cultural étnica originária da província de Guizhou podemos perceber a grandeza da passagem da puberdade de uma bela menina para a maternidade. (Dança)

4) “Dança do sino” - Performance masculino

É uma espécie de dança realizada pelos guerreiros do grupo étnico Yi da província de Guizhou para representar as técnicas praticadas nos rituais de sacrifício. (Dança)

5) “Você é como uma flor” – Canção em dueto

A canção de amor cantada pelos jovens do grupo étnico Miao é considerada uma forma de intensificar os sentimentos de amor, carinho e parceria entre eles, favorecendo o entendimento mútuo, a reunião e a conversação. (Canção)

6) “Dança nacional” - Show interativo

Convida todos os presentes a participar de uma dança sob estilo da cultura minoritária étnica de Guizhou e a experiência de tocar o famoso instrumento de sopro da região. (Dança)

7) “Mulheres prateadas de Miao” – Performance feminina

Os bordados feitos pelas mulheres do grupo étnico Miao é considerado na China como um dos tesouros nacionais. Durante as comemorações do festival da Primavera na província de Guizhou, as mulheres desfilam com grandiosos vestidos tradicionais e junto a elas, os ornamentos feitos de prata originados da região do povo Miao. (Dança)

8) “Brinde” – Dueto de dança

Na grande festa da recepção de boas-vindas, em Guizhou, a cerimônia mais esperada pelo povo Miao é o momento em que todos os presentes fazem o brinde em conjunto. No ato da celebração é utilizado um chifre de boi para transformá-lo em uma taça de vinho para brindar todos os convidados e desejando-os paz e felicidade para todo o sempre. (Dança)

 

Guizhou

 

Localizado no sudoeste da China, esta província é adjacente a Sichuan e Chongqing ao norte, Yunnan ao oeste, Guangxi ao sul e Hunan a leste. É um lugar pitoresco com abundantes locais cênicos naturais e culturais. Muitas minorias étnicas chinesas vivem nesta terra há séculos. Os visitantes dessa área não só podem apreciar várias atrações, mas também descobrir os costumes e culturas populares ricas e distintas dos diferentes grupos étnicos.

 

Esta província é o lar de 48 grupos étnicos da China – segunda com maior concentração, após a província de Yunnan. Cada grupo étnico desenvolveu seus próprios costumes e culturas únicas, com hábitos de vida simples e originais, em moradias com estilos arquitetônicos exclusivos e vestimenta em trajes exóticos e coloridos. Mais de 1.000 festivais são celebrados por grupos étnicos a cada ano em Guizhou. Os festivais mais famosos incluem Sanyuesan Festival e Sister's Meal Festival na primavera, Liuyueliu Festival no verão e Shui New Year Festival no outono.

 

 

Festival

Informações Gerais

Datas

15/02 a 17/02

Horários

Quinta 15/02 | Praça Coberta | 16h às 22h 

Quinta 15/02 | Grande Sala | 19h às 20h30

Sexta 16/02 | Praça Coberta | 16h às 22h 

Sábado 17/02 | Praça Coberta | 12h às 22h

 

* Serão cobrados ingressos apenas para os eventos na Grande Sala.

* A entrada é gratuita para os eventos na Praça Coberta.

Local

Cidade das Artes

Sala

Classificação Etária

Livre

Preços

Inteira Grande Sala : R$ 40,00

Meia Grande Sala : R$ 20,00

Redes Sociais

ciadeborahcolker codeborahcolker

Em caso de compra de ingresso pelo call center ou pelo site é possível escolher somente o setor que você deseja. O próprio sistema identifica as cadeiras livres no setor escolhido e emite os ingressos referentes aos lugares vagos. Comprando o ingresso diretamente na bilheteria da Cidade das Artes é possível escolher setor e cadeira.

Demais Eventos da Programação

Acompanhe nossa Programação On-line 17/04 a 28/12 Projetos CDA Você #ficaemcasa e a gente te entrega ao vivo: CULTURA, EMPREENDENDORISMO, CONHECIMENTO, ARTE, GASTRONOMIA, MÚSICA E MUITO MAIS.   Acompanhe a programação online que preparamos para você em nossas redes sociais: Facebook: cidadedasartes Instagram: cidadedasartes_ Twitter: fundcda Youtube: CidadedasArtes   Você é nosso convidado! Vem com a gente! [+] saiba mais Drive-in das Artes | Vendas Abertas 18/06 a 30/11 Outros Cine Drive-in das Artes é a mais nova opção de diversão para os cariocas A tela de mais de 200m² foi montada no estacionamento da Cidade das Artes e o local pode receber até 100 automóveis simultaneamente, com duas pessoas para sessões adultas e quatro, sendo duas crianças, para os filmes infantis. Todas as regras de segurança e higiene por causa da pandemia da Covid-19 serão seguidas e as vendas só acontecerão online. "A Palonvitas se uniu à Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Cidade das Artes para oferecer ao carioca mais uma opção de lazer em meio a esse momento delicado que vivemos. Queremos trazer de volta o prazer das pessoas verem um filme sem ser em casa. E tudo com a máxima segurança", explicou Felipe Palermo, um dos idealizadores do projeto e sócio da Palonvitas.  Para a prevenção de riscos à saúde de visitantes e funcionários, a novidade que se tornou símbolo da retomada das atividades culturais da pasta conta com um planejamento elaborado a partir de normas higiênico-sanitárias, como as Regras de Ouro e o protocolo específico para eventos criados pela Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses. "Desde o início das restrições nós refletimos com outros órgãos da Prefeitura, setor cultural e a sociedade civil, as formas de oferecer entretenimento e arte à população. Durante esse tempo, a secretaria realizou atividades online com um empenho incrível de nossas equipes. Só nas nossas redes, cerca de 370 mil pessoas curtiram projetos de sucesso como o Vira Rio Cultural no Dia do Trabalhador, ou o Cinema nas Janelas da RioFilme. A Cultura nunca parou, mas agora o Drive-In simboliza a retomada com todo o charme do cinema dos anos 70, em um momento que discutimos protocolos sanitários para a reabertura dos equipamentos com segurança", explicou o secretário municipal de Cultura, Adolfo Konder. A venda exclusiva de ingresso online é uma das medidas de prevenção e combate ao novo coronavírus. Na entrada do drive-in, um funcionário usando equipamentos de proteção individual (EPIs) vai orientar o público sobre a localização da vaga comprada pela internet. Os lanches serão entregues através da janela do carro e somente com a utilização das máscaras. E para ir ao banheiro, o visitante será transportado em um carrinho de golfe. Não haverá filas e os sanitários serão higienizados a cada uso. "Assim que saiu o decreto em março, nós pensamos que o Drive-In seria uma alternativa realmente viável porque o contato pessoal é zero, você não sai do carro. Começamos a buscar parcerias e hoje temos muita alegria de realizar esse projeto para a cidade do Rio de Janeiro. Idealizamos todos os detalhes para trazer o charme do drive-in dos anos 70, e agora a ideia é expandir e pensar em novas atrações ao ar livre, considerando o excelente espaço que temos", resume a presidente da Cidade das Artes, Renata Monteiro. [+] saiba mais Festival de Música On-line da Cidade das Artes 20/07 a 27/09 Festival FESTIVAL DE MÚSICA ON-LINE DA CIDADE DAS ARTES   O Festival de Música On-Line é um concurso cultural organizado pela Cidade das Artes em parceria com a Associação Cultural Maré do Amanhã, e tem como intuito dar visibilidade ao artista por meio do incentivo à música autoral. O projeto visa estimular a produção musical, bem como revelar talentos e valorizar os profissionais que estão entre as classes mais atingidas economicamente nesse momento de isolamento social. Durante os últimos meses, artistas de diferentes vertentes vêm buscando nas redes uma forma de se reinventar, procurando novos mecanismos para levar a sua arte. Dentro desse cenário, convidamos você, músico, a participar conosco.    OBJETIVO: Trata-se de concurso para a seleção das melhores propostas de música autoral a serem apresentadas em conformidade com o estabelecido no regulamento. O festival será de âmbito local e ocorrerá em etapa única.    INSCRIÇÕES: As inscrições são gratuitas e serão realizadas entre os dias 20 de julho e 06 de setembro de 2020. Pode participar do processo qualquer pessoa de nacionalidade brasileira, residente na cidade do Rio de Janeiro, com idade acima de 18 anos.  Serão aceitas somente inscrições de músicas autorais, ou seja, que não tenham sido oficialmente lançadas e publicadas comercialmente sob o formato físico ou digital de âmbito nacional, com letras em português e temática livre.  Para participar, é necessário preencher a ficha de inscrição e enviar um vídeo apresentando a música escolhida. Não existem restrições a gêneros musicais.   RESULTADO E APRESENTAÇÕES: O resultado do julgamento será divulgado no dia 14 de setembro, conforme cronograma:  De 20 de julho a 06 de setembro – Inscrições; Dia 14 de setembro – Publicação dos 20 candidatos selecionados; Dia 18 de setembro – Início do Festival – 1a eliminatória; Dia 19 de setembro – 2a eliminatória; Dia 22 de setembro – 3a eliminatória; Dia 25 de setembro – Semifinal; Dia 27 de setembro– Final e premiação.   PREMIAÇÃO: Os três primeiros colocados receberão troféus, além da premiação em dinheiro. Ao vencedor caberá, ainda, uma pauta para fazer um show em um dos teatros da Cidade das Artes. A premiação se dará da seguinte forma: - 1º classificado: R$ 10 mil - 2º classificado: R$ 5 mil  - 3º classificado: R$ 3 mil     *Antes de fazer sua inscrição leia o regulamento clicando AQUI. *Agora que já leu o regulamento, é só se inscrever AQUI.     Te desejamos sorte e esperamos você! [+] saiba mais PROJETO @CESSO 2020 05/08 a 28/10 Projetos CDA Em parceria com a Cidade das Artes, o maior festival internacional de webséries do mundo - Rio WebFest, apresenta a chamada para terceira turma do projeto @cesso, um curso de qualificação com o objetivo de instrumentalizar pessoas com noções inicias de produção em eventos culturais através dos princípios do empreendedorismo digital.  Todos os alunos receberão passaportes para os eventos do festival que acontece aqui na Cidade das Artes em novembro. Os alunos receberão certificado de participação que será entregue na Abertura Oficial do evento, além de haver uma seleção de jovens talentos para integrar a equipe do Rio WebFest 2020. Esses jovens terão a oportunidade de experimentar as mais diversas funções e receberão ajuda de custo e alimentação.  O Projeto atenderá prioritariamente jovens provenientes das comunidades carentes da Zona Oeste do município do Rio de Janeiro. É importante informar se houver casos de alunos com necessidades especiais para avaliarmos e nos prepararmos para uma possível adaptação das aulas.   O fundador do Rio Webfest, Sp WebFest e Brasil Web Awards, Daniel Archangelo, estará à frente do @cesso. Daniel também é proprietário da Dendrobates Cultura, é Diretor em Artes Cênicas formado pela UFRJ e ator formado pela Escola de Teatro Martins Pena, sócio da Charlote Produções Culturais e da Tentáculos Espetáculos. Equipe Auxiliar à definir - Assistência de conteúdo à definir - Assistência de produção PALESTRANTES Leandro Silva - Conteúdo Digital Douglas Costa - Plataformas de Gerenciamento à definir - Ações em equipe Deuza Souza - Formação de Equipe   CONTEÚDO  Aula 1 - Realização  Aula 2 - Formação de uma equipe Aula 3 - Comunicação Aula 4 - Princípios da produção Aula 5 - Home Office: pós quarentena Aula 6 - Frentes Técnicas Aula 7 - Planilhas Aula 8 - Produtos e linguagens culturais  Aula 9 - Rodada de Negócios Aula 10 - Inovação     *INSCRIÇÕES ENCERRADAS*     [+] saiba mais