Fundação Cidade das Artes

Programação » Rolé Rio | O encontro das tribos

Evento Encerrado

Rolé Rio | O encontro das tribos



ROLÉ RIO - O ENCONTRO DAS TRIBOS 

 

Exposição de carros, tatuagem, música e fotografia

 

Em sua terceira edição e tornando-se referência como um ponto de encontro alternativo para diferentes tribos, o “Rolé Rio” já é moda na cidade. Ao todo, foram 150 carros expostos no último encontro, além de estúdio de tatuagem, música ao vivo, stand de expositores e food trucks.

 

O evento terá uma exposição de carros, oficina de fotografia, música e gastronomia. O objetivo é criar um local de descontração com um toque de informalidade.

 

Sobre nossas tribos:

Somos apaixonados por música, carros, tattoo e fotografia. Trazemos um público fiel e apaixonado por carros antigos e novos. Nos antigos e raros, buscamos a nostalgia e o cuidado com uma paixão. Nos novos, atuamos nos modificados, trazendo tecnologia e inovação.

 

Dia 11 de junho, terça-feira, de 17h às 23h.

 

A entrada é GRATUITA.

 

Artes Visuais

Informações Gerais

Datas

11/06

Horários

Terça - 17h às 23h

 

ENTRADA GRATUITA

Local

Cidade das Artes

Sala

Praça

Classificação Etária

Livre

Demais Eventos da Programação

Maquete de LEGO® do Rio de Janeiro I Exposição em Manutenção 01/01 a 31/12 Artes Visuais LEGO® doa ao Rio de Janeiro a maquete feita com 947 mil peças A maquete do Rio de Janeiro feita totalmente em LEGO foi construída para homenagear de forma criativa e inusitada a cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2016 e ficará exposta permanentemente na Cidade das Artes como legado cultural.   A construção destaca os 25 importantes ícones da cidade como o Pão de Açúcar, o Cristo Redentor, os Arcos da Lapa, o Maracanã, entre outros.   SOBRE A MAQUETE Com quase 1 metro de altura, cerca de 30 m², mais de uma tonelada e meia e com 947 mil peças, a LEGO® montou a sua maior construção já realizada para a América Latina, reproduzindo em blocos 25 ícones do Rio de Janeiro, escolhidos em conjunto com a Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Empresa Olímpica Municipal (EOM) em 2016.   Foi a primeira vez que uma construção desse tipo demandou esforços de três equipes de diferentes fábricas da LEGO de forma simultânea, localizadas nos Estados Unidos, Dinamarca e República Tcheca. Foram necessárias mais de 50 pessoas no projeto, comandado pelos Master Builders, designers especializados na criação de esculturas com os blocos da marca.   Durante os Jogos de 2016, a maquete recebeu mais de 85 mil pessoas de diversas nacionalidades e idades, com uma grande presença de famílias inteiras, que a visitaram no Boulevard Olímpico, local onde ficou exposta.   Os 25 ícones representados na maquete de LEGO da cidade do Rio de Janeiro: 1. Cristo Redentor 2. Pão de Açúcar 3. Copacabana Palace 4. Calçadão de Copacabana 5. Arpoador 6. Calçadão de Ipanema 7. Lagoa Rodrigo de Freitas 8. Jardim Botânico 9. Floresta da Tijuca 10. Morro Dois Irmãos 11. Pedra da Gávea 12. Parque Olímpico do Rio 13. Parque Radical 14. Parque Madureira 15. Estádio Olímpico Nilton Santos (conhecido popularmente por Engenhão) 16. Igreja da Penha 17. Avenida Brasil / BRT 18. Estádio do Maracanã 19.  Sambódromo da Marquês de Sapucaí 20. Praça Mauá 21. Arcos da Lapa 22. VLT 23. Aterro do Flamengo 24. Comunidade Dona Marta 25. Catedral Metropolitana   Sobre o Grupo LEGO® O Grupo LEGO® é uma empresa privada com sede em Billund, na Dinamarca, e tem atuação em mais de 140 países. Fundada em 1932, a empresa é de propriedade da família Kirk Kristiansen e, baseada nos blocos da marca, é uma das principais fabricantes mundiais em brinquedos de montar.   AGENDAMENTO ESCOLAR: Favor entrar em contato pelo e-mail saladeleitura.fca@gmail.com  ou pelo telefone 3325-0448 ENTRADA GRATUITA   [+] saiba mais Arte e Conhecimento 01/01 a 31/12 Arte e Conhecimento AGOSTO   Imagem e Gestão: conversas para quem trabalha para si mesmo Data: 24/08  Horário: Sábado - 10h Classificação Etária: Livre Local: Sala de Leitura Inscrições: saladeleitura.fca@gmail.com  ou 3325-0448 GRATUITO Saiba Mais LANÇAMENTO DE LIVRO Escreve(Dor) E Suas Dores Data: 25/08  Horário: Domingo - 16h Classificação Etária: Livre Local: Sala de Leitura GRATUITO Saiba Mais COMIDA, DIVERSÃO E ARTE Receita de Iogurte Vivo | Alimentação Viva Data: 03/09  Horário: Terça - 16h Classificação Etária: Livre Local: Café das Artes GRATUITO Saiba Mais PALESTRA CONVERSA LITERÁRIA | LITERATURA E FOLCLORE Data: 28/08  Horário: Quarta-feira - 15h às 17:30h Classificação Etária: Livre Local: Sala de Leitura GRATUITO Saiba Mais SETEMBRO   PALESTRA PROJETO LÍNGUA VIVA | CRIAR E FRUIR DA ARTE Data: 18/09  Horário: Quarta-feira - 18h às 20h Classificação Etária: Livre Local: Sala de Leitura GRATUITO Saiba Mais   CURSOS E OFICINAS MEDITAÇÃO E DEEKSHA | Janeiro a Dezembro Data: 09/01 a 18/12 Horário: Quarta - 19h30 Classificação Etária: Livre Local: Sala VIP GRATUITO Saiba Mais IN CONCERT | ESCOLA DE MÚSICA DA ASSOCIAÇÃO DE AMIGOS DA CIDADE DAS ARTES  Data: 07/01 a 20/12 Horário: Instrumentos | Segunda a Sexta - 10h às 19h  |  Canto Coral | Terças - 19h às 21h Classificação Etária: Livre Local: Sala de Música Saiba Mais OFICINA DE PERCUSSÃO DU RIO Data: Maio/2019 a Fevereiro/2020 Horário: Quintas - 19h45 às 21h45  Classificação Etária: 12 Anos Local: Sala Divas 1 Saiba Mais CURSO BÁSICO DE FOTOGRAFIA COM ARIEL SUBIRÁ | NOVA TURMA Data: 05/08 até 21/10 Horário: Segundas - 19 às 21h Classificação Etária: 14 Anos Local: Sala de Leitura Saiba Mais CURSO DE ESCRITA CRIATIVA Data: 06/08 a 29/08 Horário: Terças e Quintas - 9h às 13h | 14h às 18h Classificação Etária: Livre Local: Sala de Leitura Saiba Mais PROJETO JOVENS MÚSICOS Data: 20/08 a 12/12 Horário: Terças e Quintas - 9h às 11h | 14h às 16h Classificação Etária: 10 a 18 anos Local: Sala de Música GRATUITO Saiba Mais CURSO DE LÍNGUA E CULTURA ÁRABES Data: 17/08 a 14/12 Horário: Sábados - 9h às 12h Classificação Etária: Livre Local: Sala de Música Saiba Mais CURSO DE CANTO CORAL DA CIDADE DAS ARTES AUDIÇÕES Para ingressar no curso, será feito uma AUDIÇÃO nos dias e horários abaixo, mediante distribuição de senhas por ordem de chegada:  • 13/08 (terça-feira) das 16h às 18h • 15/08 (quinta-feira) das 17h às 19h O aluno deve vir com uma música preparada, de sua preferência, para apresentar ao professor e ser avaliado. Se aprovado, faremos a inscrição no dia. AULAS Data: 20/08 a 12/12 Saiba Mais   PROJETO @CESSO 2019 | CIDADE DAS ARTES E RIO WEBFEST 2019 Data: 26/08 a 28/10 Horário: Segundas - 19h às 22h Classificação Etária: 16 anos Local: Sala de Leitura Saiba Mais [+] saiba mais Borderline | Drama 02/08 a 01/09 Teatro “Para mim foi uma das melhores surpresas em teatro dos últimos tempos. Conta com uma boa direção, traz um excelente texto, e o melhor de tudo, nos apresenta um ator simplesmente fantástico”! Gilberto Bartholo – Crítico de Teatro Monólogo Borderline comemora 5 anos em cartaz, pela Cia Arte Nova, reestreando nova temporada na Cidade Das Artes. Rutras, personagem vivido por Bruce Brandão, indicado ao 3º Prêmio Botequim Cultural em 2015, como melhor ator, retrata artística e poeticamente um ser com transtorno de personalidade. Bipolaridade, esquizofrenia, desejos, loucura e lucidez. Esses são os temas de “Borderline”, monólogo de Junior Dalberto. Destaque literário potiguar Troféu Cultura em 2014, montagem dirigida por Marcello Gonçalves é estrelada pelo ator Bruce Brandão. Borderline traz o drama de Rutras, numa linguagem metafórica, atemporal numa viagem mitológica acerca do personagem inspirado no livro O Cangaço e o Carcará Sanguinolento, posicionando-se diante de questões íntimas relacionadas à família, sexualidade homo afetiva, incesto, HIV, mundo cibernético, dependência química e sua relação com a geração dos anos 90. “O desafio de dirigir proposto pelo ator Bruce Brandão, me acendeu em algo que é inerente a todos nós, homens da arte: a necessidade e o comprometimento de levar aos palcos uma obra singular e plural. Suponho que aonde quer que eu vá, levarei comigo os ventos das mudanças, eu estou na onda, no ritmo, marchando nele. O registro, a interpretação, a produção e a direção”. Marcello Gonçalves – Diretor. Para o ator Bruce Brandão, as leituras sobre o tema Borderline foram fruto do contato com o autor Junior Dalberto em Natal. Encantado com esse universo, fez suas pesquisas e se familiarizou com o tema. “No início eu estava motivado em visitar clínicas psiquiátricas, manicômios, mas após muita pesquisa estudos, percebi que o manicômio estava dentro de cada indivíduo, que esse jeito borderline era um labirinto, um lugar extremamente difícil ser desvendado. O entendimento sobre o transtorno Borderline me fez galgar outros degraus: É o jeito de ser. Quem já não teve medo de rejeição, impulsividade, ciúmes, sensação de abandono? Porém quando se trata de um Border, o olhar é outro. Tudo tem intensidade! Olhar poeticamente a doença é mergulhar no desconhecido”. Bruce Brandão - Ator. A nova temporada que comemora os 5 anos da Cia. Arte Nova é produzida pela Rayes Produções Artísticas, sob a direção de produção de Viviani Rayes, diretora executiva da produtora que já acumula em seu currículo sucessos como BLACKBIRD, PARA ONDE IR e POR ELAS, espetáculos, assim como Borderline, que abordam questões da condição humana em situações limite. “É um enorme prazer produzir essa edição comemorativa do monólogo “Borderline”, que marcou a fundação da Cia Arte Nova, não só pela importância da data, mas pelo conteúdo contundente do espetáculo e pela forma generosa que o ator Bruce Brandão se entrega ao seu personagem”. Viviani Rayes – Diretora de Produção e Coach do ator.   Sobre a Cia. Arte Nova A Cia. nasce do encontro entre os atores Marcello Gonçalves e Bruce Brandão, com a necessidade de gerar cultura, arte e o comprometimento com o trabalho de pesquisa, para criar novas formas de se pensar o teatro. Fomentando uma nova economia de gestão e transmissão de conhecimento, a Cia. criada em julho de 2014 pretende ser um centro integrado de arte onde os atores e as equipes formam e constroem um novo olhar sobre o teatro. A 2ª peça da Cia foi encenada em 2015: “O Senador”, baseada na obra de Victor Hugo.   Sobre o Ator e Diretor Bruce Brandão iniciou sua carreira em Natal-RN pela Cia Monicreques e Grupo Estalo de Teatro. Motivado pelo o universo cinematográfico, o ator potiguar deixou sua cidade em 2009, com o seu figurino de Carlitos na mala, se mandou para o Rio de Janeiro em busca de novos desafios. A sua arte de rua não demorou muito para ficar conhecido como o “Chaplin da Zona Sul", no qual foi título da página de cultura do extinto jornal do Brasil, foram quase três anos fazendo performance nas ruas da Cidade. No cinema Bruce participou de diversos longas, ano passado foram mais de oito participações no cinema nacional como: Tô Ryca, O Palestrante, O riso de Ariano, entre outros. "Divaldo o mensageiro da paz" dirigido por Clóvis Melo, é o quarto trabalho de Bruce Brandão, com direção do Clóvis Melo, a estreia do longa já tem data prevista para 12 de setembro de 2019. No audiovisual, Bruce deu vida ao cooperado "Raulino" em velho Chico, a série de terror da rede globo "Super Max" Bruce viveu o colibri, o câmera man "Maciel" em "O tempo não para" novela das 19hs, entre outras participações. Bruce Brandão é figura carimbada em filmes publicitários, são mais de 50 campanhas nacionais, institucional. Bruce Brandão é um ator autodidata, porém frequentou o curso de interpretação no Tablado, oficina teatral na Casa da Gávea, ministrada pelo diretor Marcello Gonçalves, no cinema foi aluno do renomado Walter Lima Jr, teve aulas de dublagem na Voice Brazil, além de um ano de oficina na ONG Palco Social, com o diretor teatral Ernesto Píccolo. A oficina culminou com o espetáculo “Sorria, Você Está Sendo Roubado, tudo foi bolsa ofertada pelos profissionais. Os trabalhos em séries estão a todo vapor para o ator: 1 contra todos, Sob pressão, DPA , Os dias eram assim, Os suburbanos, Procurando Casseta e Planeta, Onde nascem os fortes, entre outros, mas o destaque está na próxima série " A dona da banca", dirigida por Marton Olympio.   Marcello Gonçalves - Ator e diretor carioca, é no cinema onde sempre chama mais a atenção, como em “Tropa de Elite 2″, “Xingu”, “Assalto ao banco central” e “Não se pode viver sem amor” na série “Filhos do carnaval” com direção do Cao Hamburger entre outros. No teatro fez “Capitães da Areia, de Jorge Amado”, “Cuba Libre” direção de Roberto Bomtempo, “A Mãe”, de Bertold Brecht e direção de Luis Fernando Lobo, “Aonde Está Você Agora? ”, de Regiana Antonini e direção de Rafael Ponzi, “D’Artagnan e os Três Mosqueteiros”, “Romeu e Julieta”, de William Shakespeare, Direção de Pedro Vasconcelos. “O Noviço”, de Martins Pena e “Ângelo, Tirano de Pádua”, de Victor Hugo e direção de Marcos Afonso Braga. “Superiores” texto e direção de Miguel Thiré, “Dona Flor e seus Dois Maridos”, de Jorge Amado e direção de Pedro Vasconcelos e “Meu Ex-Imaginário” de Regiana Antonini e direção de Michel Bercovicht entre outros.   A montagem de Borderline marcou sua estreia como diretor de teatro.       FICHA TÉCNICA Texto: Junior Dalberto Direção e Concepção: Marcello Gonçalves Elenco: Bruce Brandão Iluminador: Felipe Lourenço Trilha Sonora: Bruce Brandão, Marcello Gonçalves e Loan Langowski Diretor de Movimento: Márcio Vieira Direção de Arte: Alex Brollo, Rafael Ronconi Direção de Produção: Viviani Rayes Programação Visual: Carol Vasconcellos Preparação de Elenco (Coach): Viviani Rayes Assistente de Direção: Karini Pallavi Maquiagem: Vitor Martinez Fotografia: Lu Valiatti Assessoria de Imprensa: Minas de Ideias Produção: Rayes Produções Artísticas Co-Produção: Bruce Brandão Realização: Cia Arte Nova       ASSESSORIA DE IMPRENSA Minas de Ideias Comunicação Integrada Carlos Gilberto (21) 98249 6705 carlos@minasdeideias.com.br [+] saiba mais Exposição Norberto Noschang Grandes Formatos 15/08 a 15/09 Artes Visuais A mostra tem como principal objetivo chamar atenção para a geologia do planeta Terra, através de Artes abstratas.   O artista plástico Norberto Noschang apresentará a exposição “Norberto Noschang Grandes Formatos” na Cidade das Artes. A mostra contará com nove obras abstratas de grandes dimensões e vinte obras pequenas, todas inspiradas em ambientes litorâneos de praia e nos costões rochosos.  A convite de Norberto, também estarão expondo, um a cada semana, os artistas Gilberto Rosado, Gustavo Gouvea, Dig Dutra e Rodrigo Brazil. Norberto pretende transmitir arte e conhecimento para todos através de suas obras. Todas fazem referência a geologia do planeta e como ela influencia a vida cotidiana e vice versa, em um tempo em que a sociedade enxerga a Terra e seus recursos como importantes e finitos. Com mais de 20 anos de carreira, o artista já foi premiado diversas vezes, como com o Troféu Cidade Maravilhosa, que recebeu pela Sociedade Brasileira de Belas Artes. Além disso, já realizou mostras individuais em alguns países, como Paris, Miami, Bogotá, Punta Del Este e Colônia. Ao final da exposição, as peças pequenas serão sorteadas.   Sobre Norberto Noschang Norberto Noschang formou-se na Escola de Artes Visuais do Parque Laje e, desde o início dos anos 90, desenvolve seu trabalho com influência de grandes mestres da arte contemporânea brasileira. Com obras abstratas, coloridas e em grandes dimensões, influenciadas por ambientes litorâneos e por sua formação como geólogo, o artista plástico possui uma galeria própria no Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca, e já expôs suas obras em diversos países. [+] saiba mais Metallica | OPES toca Black Album 21/08 Música Orquestra Petrobras Sinfônica inaugura Série Playlist interpretando Metallica e Los Hermanos Concertos de “Black Album” e “Ventura” acontecem nos dias 21 e 23 de agosto Nos últimos anos, a Opes realizou concertos dos mais diversos estilos, indo do Pop ao Clássico, passando pelo heavy metal e MPB. Para reviver um pouco desses sucessos, a OPES cria a Série Playlist, levando alguns desses concertos para a Grande Sala da Cidade das Artes. “Black Album” (Metallica) e “Ventura” (Los Hermanos) abrem as apresentações, que terão regência de Felipe Prazeres, nos dias 21 e 23 de agosto, respectivamente. “Black Album”, o disco de maior sucesso na trajetória da banda norte-americana Metallica, lançado em 1991, abrirá a série de apresentações na Cidade das Artes no dia 21/08, quarta-feira, às 20h30. Quinto álbum de estúdio da banda, “Black Album” vendeu mais de 40 milhões de cópias ao redor do mundo, e imortalizou faixas como “The Urforgiven”, “Enter Sandman” e “Nothing Else Matters”. Como nas apresentações anteriores – todas esgotadas, no Rio e em São Paulo - o concerto apresentará o álbum na íntegra, por um conjunto de 50 músicos. O segundo concerto será “Ventura Sinfônico”, que inaugurou a série Álbuns em 2016 e realizou apresentações lotadas no Rio, Porto Alegre e São Paulo. O disco é um dos mais conceituados da banda Los Hermanos e possui hits como “Cara Estranho”, “O Vencedor”, “Último Romance”, entre outros. A apresentação acontecerá no dia 23/08, sexta-feira, também às 20h30, e contará com 40 músicos. As apresentações, que integram um grande conjunto de iniciativas da Opes para popularizar a música clássica e renovar o público do gênero, já reuniram mais de 40 mil pessoas. Modelo de gestão: A Associação Orquestra Pró Música do Rio de Janeiro, entidade que administra a orquestra, possui uma proposta administrativa inovadora, sendo a única orquestra do país gerida por seus próprios músicos. Outros apoios e patrocínios: A Petrobras Sinfônica conta ainda com os apoios culturais de: UCI, ABGC, Consulado da Argentina, Windsor Hotéis, Rádio MEC FM e JLT Brasil. Mantenedora: Petrobras Programação Black Album Felipe Prazeres, regente "Enter Sandman"  "Sad but True"  "Holier Than Thou"  "The Unforgiven"  "Wherever I May Roam"  "Don't Tread on Me"  "Through the Never"  "Nothing Else Matters"  "Of Wolf and Man"  "The God That Failed"  "My Friend of Misery"  "The Struggle Within"  Informações para a imprensa MNiemeyer Assessoria de Comunicação http://www.mniemeyer.com.br Tatiana Carvalho - tatiana@mniemeyer.com.br (21) 2178-2104 / (21) 99192-7239 Andrea Pessoa - andrea@mniemeyer.com.br (21) 2178-2112 / (21) 99802-6622  [+] saiba mais Los Hermanos | Opes toca Ventura Sinfônico 23/08 Música Orquestra Petrobras Sinfônica inaugura Série Playlist interpretando Metallica e Los Hermanos Concertos de “Black Album” e “Ventura” acontecem nos dias 21 e 23 de agosto Nos últimos anos, a Opes realizou concertos dos mais diversos estilos, indo do Pop ao Clássico, passando pelo heavy metal e MPB. Para reviver um pouco desses sucessos, a OPES cria a Série Playlist, levando alguns desses concertos para a Grande Sala da Cidade das Artes. “Black Album” (Metallica) e “Ventura” (Los Hermanos) abrem as apresentações, que terão regência de Felipe Prazeres, nos dias 21 e 23 de agosto, respectivamente. “Black Album”, o disco de maior sucesso na trajetória da banda norte-americana Metallica, lançado em 1991, abrirá a série de apresentações na Cidade das Artes no dia 21/08, quarta-feira, às 20h30. Quinto álbum de estúdio da banda, “Black Album” vendeu mais de 40 milhões de cópias ao redor do mundo, e imortalizou faixas como “The Urforgiven”, “Enter Sandman” e “Nothing Else Matters”. Como nas apresentações anteriores – todas esgotadas, no Rio e em São Paulo - o concerto apresentará o álbum na íntegra, por um conjunto de 50 músicos. O segundo concerto será “Ventura Sinfônico”, que inaugurou a série Álbuns em 2016 e realizou apresentações lotadas no Rio, Porto Alegre e São Paulo. O disco é um dos mais conceituados da banda Los Hermanos e possui hits como “Cara Estranho”, “O Vencedor”, “Último Romance”, entre outros. A apresentação acontecerá no dia 23/08, sexta-feira, também às 20h30, e contará com 40 músicos. As apresentações, que integram um grande conjunto de iniciativas da Opes para popularizar a música clássica e renovar o público do gênero, já reuniram mais de 40 mil pessoas. Modelo de gestão: A Associação Orquestra Pró Música do Rio de Janeiro, entidade que administra a orquestra, possui uma proposta administrativa inovadora, sendo a única orquestra do país gerida por seus próprios músicos. Outros apoios e patrocínios: A Petrobras Sinfônica conta ainda com os apoios culturais de: UCI, ABGC, Consulado da Argentina, Windsor Hotéis, Rádio MEC FM e JLT Brasil. Mantenedora: Petrobras Programação Ventura Felipe Prazeres, regente "Samba a Dois" "O Vencedor" "Tá Bom" "Último Romance" "Do Sétimo Andar" "A Outra" "Cara Estranho" "O Velho e o Moço" "Além do Que Se Vê" "O Pouco Que Sobrou" "Conversa de Botas Batidas" "Deixa o Verão" "Do Lado de Dentro "Um Par" "De Onde Vem a Calma"     Informações para a imprensa MNiemeyer Assessoria de Comunicação http://www.mniemeyer.com.br Tatiana Carvalho - tatiana@mniemeyer.com.br (21) 2178-2104 / (21) 99192-7239 Andrea Pessoa - andrea@mniemeyer.com.br (21) 2178-2112 / (21) 99802-6622  [+] saiba mais Guilherme Pimenta Quarteto | Show Catopê 24/08 Música Guilherme Pimenta vem se destacando na cena instrumental por fazer parte de uma nova geração de violinistas que estão trazendo o instrumento para o meio da música popular e da improvisação no Brasil. O show "Catopê" traz ao público o repertório do do CD lançado agora em 2019. O espetáculo apresenta composições inéditas que passeiam por diversos estilos como Choro, Frevo Xote, Baião e Rock interpretadas com intensidade e criatividade por este quatro expoentes da atual geração de instrumentistas brasileiros. O Guilherme Pimenta Quarteto lançou em 2018 o EP "Violino na Roda" apresentando um trabalho relevante para a efervescente cena da música instrumental e elogiado por grandes violinistas do Jazz. Em 2019 o quarteto se prepara para lançar o CD "Catopê". Formado por Guilherme Pimenta (violino), Pablo Arruda (contrabaixo) e Daniel Ganc (violão) e Lourenço Vasconcellos (bateria), o grupo faz um show descontraído e dançante com destaque para as composições autorais. Eles já passaram por palcos importantes como Casa do Choro, do Circo Voador, Teatro Municipal de Niterói e participaram de festivais como "Verão Arte Contemporânea" em Belo Horizonte e "Acordes do Amanhã". [+] saiba mais Suor Angelica | Ópera em um ato de Giacomo Puccini 31/08 Música A ópera “Suor Angelica”, composta por Giacomo Puccini em 1917, é uma das mais belas do compositor italiano. Por conta da sua curta duração e enredo cativante, apresenta uma oportunidade não só do fomento do consumo de ópera, mas também da projeção de jovens artistas no mercado lírico.  “Suor Angelica” será encenada pelo Coro de Câmara Lírico Feminino e o Núcleo de Ópera da ACC. Esse título se destaca em relação aos demais do repertório lírico por possuir um elenco totalmente feminino. Além disso, seu enredo pode ser lido atualmente, à luz do feminismo, por abordar o tema da repressão à sexualidade das mulheres. Angelica, a protagonista, é uma mulher que tem relações sexuais enquanto solteira, o que era um escândalo para a moral vigente no início do século XX — e, ainda, em alguns setores conservadores do XXI. Por este “delito”, ela é encarcerada num convento, um lugar de penitência, o que leva muitos estudiosos da arte lírica a compararem esta ópera ao “Purgatório”, de Dante Alighieri. Para criar esse ambiente claustrofóbico e punitivo, o diretor cênico Antonio Ventura optou por uma cenografia parca e pouco iluminada. O destaque será a forte presença do símbolo da vela, não só uma constante na iconografia e culto católicos, mas também alusiva à purificação das almas luxuriosas através do fogo na obra dantesca. A Associação de Canto Coral desenvolve, desde 1941, um trabalho de apresentações de corais – já ultrapassando a marca de 750 performances em diversos locais do Rio de Janeiro, como o Centro Cultural do Banco do Brasil, o Museu de Belas Artes, a Cidade das Artes, além de promover palestras e cursos sobre ópera. Este espetáculo tem a parceria do diretor cênico Antonio Ventura, formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Alguns de seus trabalhos: “O Estupro de Lucrécia” (2016), “Muito Barulho por Nada” (2017) e, seu mais recente, “Romeu e Julieta” (2018), todos baseados na obra de William Shakespeare.   Ficha técnica Direção de cena: Antonio Ventura Direção musical e pianista: Cláudio Ávila Diretor musical da ACC: Jésus Figueiredo Elenco:   Suor Angelica: Paola Soneghetti La Zia Principessa : Carolina Faria La Badessa: Elizabeth Babo La Suor Zelatrice: Helena Lopes Suor Genovieffa: Karla Araújo   Cenografia e figurino: Comitê de Artes Cênicas da ACC Fotógrafo: Comitê de Audiovisual da ACC Operador de luz: Bernardo Pimentel Design gráfico: Victor Borborema Produção: Celeste Figueiredo   Andréa Shad Assessora de Comunicação Tel: 21-981879871 [+] saiba mais A Cor Púrpura | O Musical 06/09 a 03/11 Musical Ministério da Cidadania e Bradesco Seguros apresentam "A Cor Púrpura - O Musical". Baseado no premiado livro de Alice Walker, vencedor do Prêmio Pulitzer, e no inesquecível filme de Steven Spielberg. Texto de Marsha Norman, música de Brenda Russell, Allee Willis e Stephen Bray, e versão brasileira de Artur Xexéo. O espetáculo chega ao Brasil nas mãos do aclamado diretor Tadeu Aguiar, com direção musical de Tony Lucchesi, produção de elenco de Marcela Altberg, cenário de Natalia Lana, figurinos de Ney Madeira e Dani Vidal, coreografias de Suely Guerra, coordenação de produção de Norma Thiré e produção de Tadeu Aguiar e Eduardo Bakr da "Estamos Aqui Produções Artísticas". A Cor Púrpura é uma saga familiar inspiradora que conta a história de uma mulher que, através do amor, encontra a força para triunfar sobre a adversidade e descobrir sua voz no mundo. Por trás da história de Celie, há uma crítica à relação entre homens e mulheres, ao poder dado ao homem em uma sociedade que ainda luta por igualdade entre gêneros, etnias e classes sociais. Um espetáculo que retrata um pedaço do mundo no início do século XX, mas que nos mostra a atualidade dessas questões. No elenco, enormes talentos do teatro musical brasileiro como Letícia Soares, Sérgio Menezes, Lilian Valeska, Flavia Santana, Jorge Maia, entre outros. Ficha técnica: Texto: Marsha Norman Músicas: Brenda Russell, Allee Willis e Stephen Bray Versão brasileira:  Artur Xexéo. Direção Geral: Tadeu Aguiar Direção Musical: Tony Lucchesi Elenco: Letícia Soares, Sérgio Menezes, Lilian Valeska, Flavia Santana, Jorge Maia, entre outros. Assistência de direção: Flavia Rinaldi Produção de elenco: Marcela Altberg Cenário: Natalia Lana Figurino: Ney Madeira e Dani Vidal Desenho de luz: Rogério Wiltgen Desenho de som: Gabriel D’Angelo Coreografia: Sueli Guerra Visagismo: Ulisses Rabelo Assistência de cenografia: Gisele Batalha Assistência de Coreografia: Olivia Vivone Assistência de direção musical: Thalyson Rodrigues Assessoria de Imprensa: barata Comunicação Registro Videográfico: Paulo Severo Comunicação em redes sociais: Rafael Nogueira Projeto gráfico: Alexandre Furtado Coordenação de produção: Norma Thiré Produção Geral: Eduardo Bakr [+] saiba mais 7º Show de Corais da ACIJA 07/09 Música 7º Show de Corais da ACIJA   O evento será 07/09, sábado, às 18 horas no Teatro de Câmara.    Os Corais Irão Homenagear ELIS REGINA. O 7º Show de Corais da ACIJA já é tido, como um dos melhores Show de Corais do Brasil. Os Regentes são conceituados Maestros de Canto Coral do Brasil.      Teremos sete Corais selecionados:   1-Chorus Lux, que representa a ACIJA, Regente Paulo da Hora; 2-Amantes da Música, Regente Fátima Mendonça; 3-Coral SERVIER, regente Thiago Garcia; 4-Coral Vozes de FAR, da Farmanguinhos - Fiocruz, Regente Leônidas Barbosa; 5-Coral da FEIC, da Fraternidade Espirita Irmãos de Cascais, Regente Gabriel Szántó; 6-Coral da A.A.B.B- Rio, da Associação Atlética Banco do Brasil, Regente Yan Guimarães 7-Coral ASBOCAS DA ASBAC- Regente Marcos Dantonio [+] saiba mais Festival Cervejeiro Carioca realiza edição especial | + Música 13/09 a 15/09 Festival A receita que une cervejas locais, gastronomia, moda, arte e design terá dedicação especial na parte musical   O Festival Cervejeiro Carioca está de volta à Cidade das Artes com a edição especial “+ Música”, nos dias 13, 14 e 15 de setembro. O principal evento gratuito de cervejas artesanais do Rio promete não deixar ninguém parado com grandes atrações musicais de estilos variados, além da melhor seleção de rótulos e opções de gastronomia de rua.   O line-up já está confirmado: na sexta-feira (13), quem vier à Cidade das Artes terá um happy hour de luxo com uma das maiores referências da atualidade em black music: o Baile Black Bom, com o coletivo Consciência Tranquila, participantes do programa Super Star (Globo) e do calendário cultural oficial nas comemorações dos 450 anos do Rio de Janeiro.   No sábado (14), um mini-festival de rock vai agitar o FCC, com quatro shows incríveis! Fred Chico Homem Banda, com uma seleção de blues e rock (13h); a Jack’n Coke Rock Band traz grandes clássicos do gênero e também algumas surpresas do pop rock (17h30); o multi-instrumentista Gui Lopes, que já passou pela “International Beatleweek”, em Liverpool (ENG), faz um show que passa pelos Beatles e outros clássicos com arranjos originais (19h30); e a banda Grecco encerra o dia com astral lá no alto, com repertório de sucessos do rock internacional (21h30). Ainda no sábado, teremos o DJ Daniel Faria (Retropicália) entre 15 e 17h, com um extenso cardápio de ritmos: vai rolar reggae, surf music, funky soul e versões de rock para embalar o fim de tarde.   O domingo (15) do Festival Cervejeiro Carioca + Música não fica atrás, com o super show do Afrojazz (18h), seguido do encerramento com DJ Saddam (Transamérica), com mais de 20 anos de pista e um dos grandes nomes do hip hop no Rio! Mais cedo, o Jazz vai invadir a Cidade das Artes com Vitor Vieira Trio e a cantora Luana Mallet, (14h), e o Pajezz vai despejar seu repertório de “brasilidades sedutoramente adulteradas”, incluindo seu novo single “Do It Again”, lançado em agosto nas plataformas digitais.    Para embalar toda essa qualidade, as cervejas não poderiam ser menos selecionadas. Até o momento, estão confirmadas as premiadas em 2019 no Concurso Brasileiro de Cerveja (Blumenau-SC): Capa Preta, Noi e Old School, além de outros destaques do cenário local como Fractal, Odin, Thirsty Hawks Farm Brewery, Colonus, Backbone, Nossa Artesanal e Criatura. Mais cervejarias ainda serão confirmadas até o evento.   Acompanhando os chopes, o melhor da gastronomia de rua estará presente com uma atração especial: o lançamento do Braseiro No Quintal, novo evento de churrasco premium, em edição pocket. O Festival Cervejeiro Carioca preza pela diversidade e qualidade de opções e por isso os visitantes encontrarão desde os tradicionais hambúrgueres artesanais, passando por frutos do mar, crepes, doces e outras opções de culinárias típicas de várias regiões do Brasil e do mundo. O público presente contará ainda com infraestrutura para toda a família, incluindo serviço de Espaço Kids e estacionamento pago no local. O FCC também é pet friendly. Moda independente, design e arte Realizado em paralelo ao FCC, o Silo Criativo reúne produtores independentes de moda, design e arte do Rio. Sob a curadoria da empresária e designer de estampas Tatiana Ribeiro de Castro – fundadora da marca Pano –, o evento apresenta as tendências vistas pelas ruas da cidade através de marcas autorais, com forte identidade. O Silo e sua grande diversidade de produtos são uma ótima oportunidade para os visitantes renovarem o guarda-roupa, atualizarem a decoração da casa ou mesmo comprarem aquele presente cheio de originalidade - roupas, sapatos e acessórios, entre os expositores de moda, e pinturas, serigrafias, ilustrações, cerâmicas e objetos de decoração, entre os de arte e design. Além disso, brechós valorizam o aspecto sustentável da moda, ao dar um ciclo maior de vida às peças selecionadas. //////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// Q! Conteúdo . Matheus Quelhas: matheus@qconteudo.com.br  / (21) 99839-8756 . Gabriella Telles: gabriella@qconteudo.com.br / (21) 97012-2892   [+] saiba mais Canções de Amor | Concerto 05/10 Música O soprano Marina Cyrino apresenta a canções compostas pelo compositor Cláudio Santoro e com letra de Vinícius de Moraes em celebração dos 100 anos do compositor. Apresentará os ciclos das 10 Canções de Amor e o Três Canções Populares. Será companhada pelo piano de Flávio Augusto. O concerto terá a direção cênica de Menelick de Carvalho e direção de arte do artista visual Marc Kraus. Os ciclos Canções de Amor e Três Canções Populares são canções compostas entre 1957 e 1960, fruto da parceria entre Cláudio Santoro e Vinícius de Moraes a partir de um encontro entre os dois em Paris e que possuem uma clara influência da bossa-nova. As canções falam de um amor perdido, trazendo as fases porque passamos quando um amor se vai. Falam de negação, desespero, até chegarmos à aceitação e contarmos a história que vivemos. Todos que já viveram um grande amor irão se encantar com o espetáculo. A artista lançará, na Cidade das Artes, seu novo EP, Três Canções Populares em homenagem aos 100 anos de Claudio Santoro, envolto com toda a elegância do canto da cantora, a beleza da música e a letra envolvente de Vinicius de Moraes. PROGRAMA Série I 1. Ouve o Silêncio 2. Acalanto da Rosa 3. Bem pior que a morte 4. Balada da Flor da Terra 5. Amor que partiu Série II 1. Jardim Noturno 2. Pregão da Saudade 3. Alma Perdida 4. Em algum lugar 5. A mais dolorosa das histórias Três Canções Populares 1. Luar do meu bem 2. Amor em lágrimas 3. Cantiga do Ausente   Ficha técnica Intérprete Soprano: Marina Cyrino Piano: Flavio Augusto Direção geral: Marina Cyrino Direção cênica: Menelick de Carvalho Direção de arte: Marc Kraus Contato: marinacyrino.soprano@gmail.com [+] saiba mais