Fundação Cidade das Artes

Notícias » "A melhor versão", filme da peça, estreia dia 27/3

Março de 2021

dia 22, Segunda

"A melhor versão", filme da peça, estreia dia 27/3

Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc apresentam

A MELHOR VERSÃO


Texto inédito de Julia Spadaccini escrito na pandemia aborda os segredos e a angústia que muitas pessoas passam na busca desmedida para serem aceitas “A melhor versão”, texto inédito de Julia Spadaccini, foi concebido para ser exibido de forma remota e conta com dois diretores, Luis Felipe Sá, com larga experiência no audiovisual, e Daniel Herz, consagrado diretor de teatro e fundador da Cia Atores de Laura - eles repetem a parceria iniciada no final do ano passado, quando dirigiram juntos o espetáculo ‘Fronteiras Invisíveis’ -. No elenco, Ana Paula Secco, Armando Babaioff e Michel Blois, idealizador do projeto, contemplado pelo edital Retomada Cultural RJ, da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, através da Lei Aldir Blanc.

O filme da peça foi gravado na Cidade das Artes (Teatro de Câmara e Sala Eletroacústica), onde equipe se reuniu por nove dias (de acordo com os protocolos de segurança, todos foram testados para a COVID) e será exibido, a partir do dia 27 de março, às 21h, na plataforma on-line YouTube através do link http://www.sympla.com.br/amelhorversao , gratuito, até 30 de maio. Para garantir maior acessibilidade a filmagem terá a inclusão de libras. Após a sessão de estreia (27 de março) será realizado um bate papo com os criadores do projeto. Duas oficinas gratuitas, uma de produção, ministrada pela produtora Liliana Mont Serrat, e outra de atuação, ministrada pelo ator Michel Blois, também compõe o projeto.

A montagem retrata uma família carioca representativa de uma tradição e moral que atravessa décadas, desde os anos 50 até 2020. Com inspiração no universo do dramaturgo Nelson Rodrigues, mestre em expor as contradições dos setores conservadores da sociedade brasileira, Julia Spadaccini alia aos contornos da peça as sutilezas psicológicas do sistema que sustenta tal estrutura.

O texto percorre cinquenta anos da história da família composta por Osmarindo (Babaioff), Gilda (Ana Paula) e Gilsinho (Michel), destacando os anos de 1976, 1985 e 2020. Somos levados a refletir sobre como cada personagem se concebeu como persona para saciar a busca desmedida por um padrão, para ser aceito. Um mergulho profundo na psique da tríade que nos revela que cada membro da família tem um segredo. Eles são frutos e motores da opressão que vivem. Um ambiente onde a moral, os bons costumes, a religião e a idealização do eu criam a atmosfera perfeita em que mentiras e aparências precisam ser mantidas para o todo parecer coeso e perfeito.

Segundo Julia, esse texto tem o intuito de fazer o espectador se questionar sobre a validade dessa “melhor versão” e a quem ela atende. Nessa investigação, ficou evidente que é uma pressão que atinge a todos e que não tem só a ver com papéis, mas com uma ordem social que pretende regular comportamentos. “A narrativa de pai, mãe e filho como fonte inesgotável de reflexões ainda atrai o público nacional”, afirma a autora.

“Depois do ‘Fronteiras Invisíveis’, com os Atores de Laura, estou numa segunda parceria com o Luis Felipe Sá nessa pesquisa do teatro com o audiovisual. Como pensar essas duas linguagens de forma que se possa potencializar ao máximo a sua fusão?

Aqui vamos usar o teatro, sua geografia, sua estrutura (plateia, camarim, palco) para contar essa história. Cada espaço ‘conta’ a história. Plateia é o prédio vizinho, camarim é a praia, a equipe de filmagem são os transeuntes...”, explica Daniel Herz.

Já Michel Blois, idealizador do projeto, completa: "Qual seria a nossa "melhor versão"? Aquela que esperam de nós ou a que intimamente desejamos ser? E, se desejamos ser, por que nem sempre conseguimos ser? Em 2020 os teatros fecharam, muitos sonhos, histórias e discursos ficaram confinados. Somos artistas transformados pela reclusão e ávidos por novas ferramentas e linguagens. Neste filme/peça ganho o reencontro com aquela que julgo ser a melhor versão de mim, o teatro. Para Luis Felipe Sá, "mergulhar nas paixões nos coloca num lugar de prazer e realização, mas também de medo. O texto A Melhor Versão, de Julia Spadaccini, apresenta as três personagens principais nesse conflito entre seguir a paixão ou reprimi-la. Escolhemos então a paz dos códigos sociais ou vamos à rua beber a tempestade? Qual a melhor versão de nós mesmos?"

Julia Spadaccini, autora de renome na cena teatral, escreveu espetáculos como “A porta da frente”, “Aos Domingos” e “Os Estonianos”, e as séries da Rede Globo “Segunda Chamada” e “Tapas e beijos”.

Luis Felipe Sá, com larga experiência em TV, dirigiu várias as novelas e programas da TV Globo, como “Bom Sucesso” e “Espelho da Vida”, e “A Grande Família, “Força Tarefa” e “Junto e Misturado”, onde trabalha desde 1996. Além de quadros para o Fantástico.

Daniel Herz, diretor, professor, ator e autor, fundador e diretor artístico da Companhia Atores de Laura, em 2020, assinou a preparação de elenco no filme ‘Um casal Inseparável’, de Sergio Goldenberg e George Moura, e dirigiu, ‘Cosi Fan Tutte’, de Mozart, na CAL. Destaque ainda para espetáculos como, “As artimanhas de Scapino” (‘Prêmio Qualidade Brasil’ na categoria de melhor direção e indicação para o ‘Prêmio Shell’ de melhor direção); “Adultério” (indicação para o ‘Prêmio Shell’ de melhor direção); “O filho eterno” (Prêmio Orilaxé de melhor direção); entre tantos outros.

Na atuação temos Michel Blois, ator, produtor, diretor e dramaturgo, com mais de 30 peças no currículo, indicado aos prêmios Cesgranrio e Botequim Cultural por seu último solo “Euforia”, espetáculo escrito também por Spadaccini, tendo atuado nos espetáculos “Pterodátilos” (ao lado de Marco Nanini), “Relações Aparentes” (ao lado de Tato Gabus Mendes e Vera Fischer), “O que você vai ver” (com a Cia dos Atores), “Super Night Shot” e “Dolce & Copacabana” (com a Companhia Anglo-Germânica “Gob Squad”), “Os Inocentes” (baseado no filme “Os Sonhadores” de Bernardo Bertolucci), “Adorável Garoto” de Nicky Silver e “O Médico e o Monstro” (uma adaptação do clássico da literatura de Robert Louis Stevenson); Armando Babaioff, ator, produtor, tradutor, que tem entre seus principais trabalhos os espetáculo “A Primeira Noite de um Homem”, com a direção de Miguel Falabella, “A Gota D’água” e “O Santo e a Porca” ambas com a direção de João Fonseca, “Tom na Fazenda” sob a Direção de Rodrigo Portella, onde assina também a produção e com o qual recebeu os maiores prêmios de teatro do Rio de Janeiro (Shell, Cesgranrio, Botequim Cultural e APTR). No exterior ganhou o Prix de la Critique como Melhor Espetáculo Estrangeiro em Montréal no ano de 2018 no FTA - Festival TransAmerique. Na TV, recentemente interpretou o personagem Diogo Cabral, na novela “Bom Sucesso” na Rede Globo; e Ana Paula Secco, integrante e fundadora da Cia Atores de Laura e do Grupo Pedras e com 28 espetáculos de teatro como atriz, 10 como autora e 1 como diretora, além de algumas participações em TV e cinema, com destaque para recentes trabalhos como, “As Comadres” sob direção de Ariane Mnousckine, e “Ubu Rei”, com Marco Manini e a Atores de Laura, direção de Daniel Herz.

FICHA TÉCNICA
Criado e escrito por Julia Spadaccini
Direção: Luis Felipe Sá e Daniel Herz
Elenco: Ana Paula Secco, Armando Babaioff e Michel Blois
Coordenação de Projeto e idealização: Michel Blois
Direção de Fotografia e montagem: Pedro Murad
Direção de Produção: Claudia Marques
Produção Executiva: Liliana Mont Serrat
Assistência de Direção: Camila Sokolowski
Direção de Arte: Clivia Cohen e José Cohen
Iluminação: Wagner Azevedo
Visagista e Maquiador: Diego Nardes
Assessoria de Imprensa: Daniella Cavalcanti
Projeto Gráfico: Raquel Alvarenga - Studio Janela Aberta
Pesquisa Dramatúrgica: Marcia Brasil
Som Direto: Tiago Picado
Preparação vocal (música tema cantada): Letícia Carvalho
Contrarregra: Marcio Gomes
Cenotécnico: André Salles
Costureiros: Selma Mantovani e Paulo Barbosa
Assistente de Visagista: Lucas Souza
Cabeleireira Assistente: Carine Ferreira
Assistente de Iluminação: Juca Barbalho
Catering – Cezarin Sabor e Saúde
Coordenação administrativa/Prestação de Contas: Fomenta Consultoria
Música Tema: ‘Chamado’ – Almério e Valdir Santos
Co-Produção: Eu e Ele Produções Artísticas Ltda e Fábrica de Eventos Produções Artísticas Ltda
Realização: Eu e Ele Produções Artísticas Ltda


SERVIÇO
Estreia dia 27/03, às 21h
O filme da peça ficará disponível gratuitamente até 30 de maio na Plataforma Digital YouTube pelo link http://www.sympla.com.br/amelhorversao
Classificação Indicativa: 12 anos
Duração: 70 minutos (estimada)


BATE PAPO E OFICINAS
- Bate papo após o fim da sessão de estreia dia 27/3, do público com os criadores do projeto (Dramaturga, Diretor, Ator e Produtora)

- Oficina de Produção
Ministrante: Liliana Mont Serrat
Data: 11/03
Horário: 14h às 16h
Duração: 2 horas
Inscrição gratuitas, através do link http://www.sympla.com.br/amelhorversao
Muitas vezes nos deparamos com burocracias que nos tomam um tempo pensando na melhor estratégia para atacar o edital. Nesta oficina, pensaremos na simplificação do olhar e em formas de deixar o seu conteúdo artístico mais claro e objetivo sem perder a poesia inerente a cada artista.


- Oficina Atuação
Ministrante: Michel Blois
Data: 18/03
Horário: 14h às 18h
Duração: 4 horas
Inscrição gratuitas, através site http://www.sympla.com.br/amelhorversao
A partir do roteiro do filme "A melhor versão", debateremos sobre as formas de atuação para o meio audiovisual sem perder a teatralidade.

Demais notícias

Abril de 2022

dia 19
Terça

O que muda na Cidade das Artes durante o RIO2C

VACINAÇÃO Entre os dias 21/04 e 01/05, a vacinação SERÁ INTERROMPIDA por conta do evento RIO2C . As atividades retornarão normalmente no dia 02/05

[+] leia mais

Fevereiro de 2022

dia 11
Sexta

Para crianças de 0 a 100: ‘Bichos dançantes’ estreia na Cidade das Artes

"Bichos Dançantes" . Em cartaz na Cidade das Artes até o fim do mês Foto: Divulgação/Manu Tasca Aventura guiada pela dança, que levou duas mil pessoas ao Municipal, terá quatro apresentações na Barra O Globo - 11/02/2022 - 04:00 RIO — O bailarino, coreógrafo e diretor artístico Alex Neoral, da Focus Cia de Dança, sempre sonhou em criar um espetáculo infantil

[+] leia mais

Fevereiro de 2022

dia 08
Terça

Abry Gastrobar: viva uma experiência única na Cidade das Artes

Diário do Rio - Por Alan Victor O clima aprazível, uma vista única da Barra da Tijuca e um menu completo que vai do brunch ao jantar, faz do Abry Gastrobar um destino para aqueles que buscam não só por uma excelente gastronomia, mas também por uma experiência diferenciada e intimista . Localizado na Cidade das Artes, complexo cultural carioca, o gastrobar apresenta um salão charmoso e aconchegante, um cardápio completo e diverso, além de uma carta de drinks e vinhos perfeitos para todas as ocasiões

[+] leia mais

Janeiro de 2022

dia 11
Terça

Aviso de Seleção F-ARTES - Nº 01/2022

Aviso de Seleção Fundação Cidade das Artes  F-ARTES - Nº 01/2022 Processo Nº: 12/800 . 291/2021 Data: 25/01/2022 HORÁRIO: 11h

[+] leia mais

Janeiro de 2022

dia 07
Sexta

Nova Vanguarda Carioca reúne trabalhos de artistas emergentes

Mulambö: artista é um dos que têm reprodução de obra na mostra Mulambô/Reprodução Matéria publicada na Veja Rio Por Kamille Viola Atualizado em 7 jan 2022 - Publicado em 6 jan 2022 Exposição com curadoria de Gringo Cardia reúne 20 painéis com reproduções de obras de talentos das periferias brasileiras As periferias brasileiras sempre foram um dos principais polos criativos da música popular no Brasil, influenciando toda a história de nossa produção na área . Nos últimos tempos, alguns nomes vêm furando o bloqueio das artes plásticas, um meio sempre muito restrito

[+] leia mais

Janeiro de 2022

dia 02
Domingo

Artistas periféricos da exposição 'Nova Vanguarda Carioca' mostram talentos, contradições e inquietudes de um Brasil pulsante

Mostra organizada por Gringo Cardia reúne painéis de 6 metros de altura, chega à Cidade das Artes no próximo sábado e fica em cartaz até 20 de março O GLOBO - Eduardo Vanini - 02/01/2022 - 03:30 / Atualizado em 02/01/2022 - 17:28 Minutos depois de conceder uma entrevista sobre o seu trabalho, Wallace Pato decide enviar um áudio pelo WhatsApp para arrematar as falas . “Na arte, só fica o que o povo carrega no colo”, diz, com voz grave

[+] leia mais

Dezembro de 2021

dia 04
Sábado

Dezembro de clássicos no Rio tem volta da Osesp à Cidade das Artes e festival que une música e arquitetura

Osesp na Sala São Paulo, em novembro: formação volta à Cidade das Artes depois de cinco anos Foto: Isadora Vitti/Divulgação Temporada terá ainda apresentação de Bruce Liu, pianista canadense vencedor do 18º Concurso de Piano Frédéric Chopin, acompanhado pela OSB Nelson Gobbi - 04/12/2021 - 03:30 / Atualizado em 04/12/2021 - 09:09 Além das obrigatórias músicas natalinas saindo das caixas de som das lojas de departamento, os sons do Rio em dezembro vão do batuque das rodas de samba, já antecipando o carnaval em alguns meses, à MPB e ao pop rock das (agora reabertas) casas de show . Em 2021, a música de concerto também disputará os ouvidos e a atenção do público da cidade, em uma temporada que seguirá durante o mês, marcando não só as festas de fim de ano, mas também o reencontro das orquestras com o público, após quase dois anos de restrições causadas pela pandemia de Covid-19

[+] leia mais

Novembro de 2021

dia 24
Quarta

Rio Webfest 2021 exibe mais de 200 séries e outros projetos desenvolvidos para a internet

Criadores de conteúdo expõem trabalhos em rodas de conversa Foto: Divulgação   Cidade das Artes recebe entre quinta (25) e domingo (28) a sétima edição do evento, que também terá atrações virtuais Ana Beatriz Marin - 24/11/2021 - 04:00 / Atualizado em 24/11/2021 - 13:08 RIO — Entre os dias 25 e 28, a Cidade das Artes recebe a 7ª edição do Rio Webfest, evento que celebra e premia produções desenvolvidas para a internet e as redes sociais . O público terá acesso gratuito à exibição de 237 projetos inscritos na mostra competitiva, além de palestras, masterclass e oficinas de roteiro, monetização de conteúdo e fotografia e tecnologia

[+] leia mais

Novembro de 2021

dia 05
Sexta

Um dos principais festivais de cultura digital do país terá atrações presenciais e gratuitas neste fim de semana

Parte presencial do Hacktudo acontece neste sábado e domingo na Cidade das Artes Foto: Bruno Lopes Full / Divulgação Quem for ao Hacktudo, na Barra da Tijuca, poderá acompanhar conferências, corridas de drones, batalhas de robôs e exposições O Globo - 05/11/2021 - 17:14 / Atualizado em 05/11/2021 - 17:19 RIO – A Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, recebe neste fim de semana, os eventos presenciais do Hacktudo, um dos dos principais festivais de cultura digital do país, que voltou esse ano de forma híbrida . Os eventos virtuais ocorreram entre 15 e 24 de outubro

[+] leia mais

Outubro de 2021

dia 06
Quarta

Novo espetáculo de Deborah Colker, 'Cura' estreia na Cidade das Artes

Cena do espetáculo 'Cura' da Companhia de Dança Deborah Colker Foto: Leo Aversa / Agência O Globo   Coreografia inédita, apresentada apenas em transmissão ao vivo no Globoplay, tem dramaturgia do rabino Nilton Bonder O Globo - 06/10/2021 - 04:30 Depois de lançar a coreografia "Cura" em transmissão ao vivo no Globoplay, a Companhia de Dança Deborah Colker estreia o espetáculo, a partir desta quarta-feira (6/10), na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio . A temporada se estende até o fim de outubro, e depois segue para a cidade de São Paulo

[+] leia mais